Home / Produtos / Comprar Antiparasitas Para Cachorro Barato Online

Comprar Antiparasitas Para Cachorro Barato Online

Parasitas comuns do cão

Você pode tentar fazer tudo o que puder para proteger seu animal de estimação e mantê-lo feliz e saudável, mas, de acordo com o Conselho de parasitas de animais de companhia, muitos cães serão afetados por parasitas em algum momento de suas vidas. Esses pequenos organismos – às vezes microscópicos – transmitem doenças e podem causar doenças graves em nossos familiares de quatro patas, se não forem tratados rapidamente.

“Os parasitas podem causar muitos problemas de saúde perigosos, incluindo anemia, distúrbio gastrointestinal, perda extrema de peso e cegueira”, diz a Dra. Ashley Rossman.

Para proteger seu cão, familiarize-se com parasitas comuns em cães e aprenda a prevenir e tratar cada uma dessas pragas perigosas.

Tipos de parasitas em cães

Existem duas categorias de parasitas em cães que os pais devem conhecer: parasitas internos e externos.

Os parasitas internos, geralmente na forma de vermes, podem ser transferidos de várias maneiras, mas vivem no interior do corpo e podem afetar vários órgãos. Parasitas externos – como pulgas e carrapatos – pousam ou se arrastam pelo corpo de um cachorro e se alimentam do sangue de um cão.

Anti Parasitas Para Cachorro
Anti Parasitas Para Cachorro

Parasitas intestinais em cães

Considerado um parasita interno, os parasitas intestinais são geralmente ingeridos por cães e afetam o trato gastrointestinal de um cão. Os tipos mais comuns de parasitas intestinais em cães são lombrigas e ancilóstomos.

Os vermes são transmitidos principalmente pela via fecal-oral, o que significa que são transmitidos pela ingestão de material fecal. Os ancilostomídeos são frequentemente transmitidos aos filhotes no leite da mãe. Os ancilóstomos também podem ser transmitidos através de um ambiente infectado ou entrar em contato com material fecal. 

Ambos os parasitas intestinais em cães podem causar efeitos colaterais sérios, e os pais dos animais não devem adiar ou atrasar o tratamento. Anemia, cegueira e possível morte são apenas alguns resultados da infestação parasitária.

Os parasitas intestinais, diz Rossman, são normalmente transmitidos quando um cão inconscientemente ingere ovos ou esporos de parasitas em alimentos contaminados, fezes de animais, água ou solo. Alguns parasitas intestinais, incluindo ancilostomídeos e lombrigas, também podem ser transmitidos às pessoas e causar doenças. Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças aconselha: “Evitar o contato da pele com areia ou solo, e os cuidados veterinários regulares com seus animais de estimação – incluindo desparasitação – ajudarão a garantir animais de estimação saudáveis ​​e pessoas saudáveis”.

Segundo o FDA, os vermes do coração podem viver dentro de um cão por cinco a sete anos e crescer de 10 a 30 cm de comprimento.

Parasitas externos em cães

Pulgas e carrapatos são o tipo mais comum de parasitas externos que afetam os cães.

“Os cães podem ser infectados com carrapatos quando vão para áreas com muita floresta, áreas com grama alta ou áreas com veados”, diz Rossman. “Os cães podem obter pulgas de outros animais afetados, ou ambientes que apresentam uma carga pesada de pulgas”.

Os carrapatos podem transmitir uma variedade de doenças perigosas e com risco de vida, incluindo:

  • Doença de Lyme
  • Erliquiose
  • febre maculosa
  • Babesiose
  • Paralisia do carrapato

As pulgas – além de deixar um cão desconfortável e com coceira – podem criar problemas mais sérios para os cães. “A infestação por pulgas pode causar anemia e dermatite grave”, diz Rossman.

Se os animais trazem pulgas e carrapatos para sua casa, também é possível que esses parasitas afetem os membros da família humana e transmitam desconforto e doença. Os pais de animais devem estar vigilantes quanto à verificação de pulgas e carrapatos e ao uso de medicamentos prescritos por veterinários para prevenir infestações. Também existem muitos medicamentos eficazes contra pulgas e carrapatos que não exigem receita médica.

Sintomas de parasitas em cães

Os sintomas de uma infecção parasitária em cães dependerão do tipo de parasita.

Os pais de animais de estimação devem sempre inspecionar visualmente e depois passar os dedos pelos cabelos do animal depois de sair para se certificar de que nenhum carrapato tenha residido em seu cão. Os pais devem consultar um veterinário se seus cães apresentarem os seguintes sintomas:

  • Diarreia com duração superior a 24 horas
  • Tosse
  • Perda de peso
  • Letargia
  • Queda de cabelo, manchas quentes na pele ou prurido intenso

“Se um dos pais de estimação sente que seu cão simplesmente não está se comportando normalmente, certamente deve consultar seu veterinário”, acrescenta Rossman.

Tratamento e prevenção de parasitas em cães

Prevenir um problema do parasita antes que ele comece é sempre ideal. Por ter seu animal de estimação em um método que protege contra dirofilariose, pulgas e carrapatos, você pode mantê-lo fora de perigo e evitar problemas maiores posteriormente. O tratamento para parasitas dependerá do tipo de infecção parasitária, e os pais devem consultar seu veterinário para identificar a opção de tratamento correta para seus cães.

Para parasitas internos, como lombrigas, ancilostomídeos e tênias, seu veterinário pode prescrever um produto para desparasitação. Muitos vermífugos podem ser administrados por via oral e são prescritos por veterinários ou encontrados sem receita médica.

O tratamento para vermes cardíacos é mais complexo e geralmente envolve um período estabilizador de esteróides, preventivos e antibióticos contra vermes cardíacos antes do início do tratamento real para matar os vermes.

Em casos graves de dirofilariose, a cirurgia pode ser recomendada pelo seu veterinário. Por causa do tratamento muito envolvido, e muitas vezes caro, da dirofilariose, é muito importante que os pais consultem o veterinário sobre o preventivo apropriado da dirofilariose para o cão.

Os medicamentos preventivos contra pulgas e carrapatos são a melhor maneira de proteger seu animal de estimação, pois são eficazes no tratamento de certas infecções por parasitas intestinais em cães, uma vez administrados. Esses medicamentos podem ser administrados por via oral, aplicados topicamente ou administrados por meio de produtos tipo colar. Ao administrar medicamentos de prevenção em andamento, você pode manter seu animal de estimação seguro e evitar tratamentos de vermifugação potencialmente muito caros.

Os exames veterinários regulares podem detectar parasitas precocemente e até potencialmente ajudar a prevenir infecções parasitárias em cães.

É muito importante que seu veterinário avalie a amostra de fezes do cão uma a duas vezes por ano civil. Os testes de dirofilariose também devem ser realizados anualmente, e mais frequentemente se houver alguma interrupção na prevenção. É sempre melhor pegar uma infecção parasitária cedo antes que ela comece a causar sinais clínicos. 

Se o seu cão está mostrando sinais de um parasita ou é hora de agendar o exame anual, consulte seu veterinário hoje.

Como comprar os melhores remédios antiparasitas para o meu cão?

Uma ótima dica é comparar os remédios pela internet. O site da Amazon, por exemplo, mostra diversos remédios, marcas e preços diferentes. Isso te ajuda a fazer uma pesquisa mais eficaz e escolher o melhor para o seu animal, se forma barata e online.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *