Home / Listas / 25 Répteis Em Extinção No Brasil e No Mundo

25 Répteis Em Extinção No Brasil e No Mundo

A extinção ou mesmo o risco eminente de extinção é um problema muitas vezes negligenciado pela maioria das pessoas.

Apesar de ignorado e pouco debatido muitos animais atualmente, principalmente devido à ação do homem sobre a natureza, corre o risco de simplesmente desaparecer.

Para que você consiga visualizar a extensão do problema, há animais que certamente você conheceu e que os seus netos nunca poderão fazer o mesmo.

Vamos conversar um pouco sobre este sério problema?

Ainda que o risco de extinção não poupe nenhum animal em relação a outro, focaremos aqui sobre os répteis que estão a um fio de desaparecerem completamente e o que eventualmente pode ser feito para reverter este quadro.

Répteis Em Extinção
Répteis Em Extinção

Os Répteis: Uma Pequena Introdução Sobre A Classe

Antes de partirmos diretamente para as espécies, vamos entender um pouco mais sobre esta classe, os répteis. São animais que constituem uma classe de tetrápodes (animais que possuem quatro membros) e ectotérmicos (que não possuem temperatura corporal própria e constante, dependendo do ambiente para tal). São todos animais amnióticos, ou seja, os embriões são protegidos por uma membrana denominada de amniota que separou a sua reprodução da água, diferenciando-os dos anfíbios.

Atualmente os répteis existentes se dividem em quatro ordens destintas. São elas: os Testudines, Rhynchocephalia, Crocodyla e Squamata.

Ainda sobre suas características físicas não apresentam mucosas em sua pele que caracteristicamente é seca.

Sua pele é muito resistente a agentes externos e eventuais danos. Sendo composta (a depender da espécie) por placas ósseas (de origem dérmica) ou por escamas (que neste caso é de origem epidérmica).

A maioria dos répteis são espécies ovíparas. Nos animais ovíparos o embrião se desenvolve em um invólucro sem ligação alguma com a fêmea. Apesar desta prevalência, há espécies vivíparas e ovovivíparas. Nos ovovivíparos, os ovos se desenvolvem diretamente no interior da mamãe réptil. Os vivíparos apresentam o desenvolvimento embrionário dentro do interior da fêmea mas sem a presença de um ovo. O filhote fica alojado em uma placenta sendo nutrido pela mãe.

Por falar em maioria das espécies, a maioria dos répteis são carnívoros e estão presentes em todos os continentes.

Ainda que apresente uma boa densidade geográfica estão alocados em regiões tropicais e semi tropicais devido à sua característica ectotérmica.

Os Répteis Ameaçados De Extinção No Brasil

Aqui fizemos uma pequena relação dos répteis que estão ameaçadas de extinção em nosso país e a região onde são encontrados.

Atualmente dentro da classificação de réptil há vinte espécies com ameaça de extinção. São elas:

  1. cagado de hoge (encontrado nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e parte do Espírito Santo)
  2. lagartixa de Abaeté (presente no litoral baiano),
  3. camaleãozinho (espécie encontrada no Rio Grande do Sul)
  4. cobra de vidro (Minas Gerais),
  5. jiboia de cropan (São Paulo),
  6. lagartinho do cipó (Minas Gerais),
  7. dormideira da queimada grande (São Paulo),
  8. jararaca (Bahia),
  9. jararaca de alcatrazes (litoral paulista),
  10. lagartinho de Linhares (estado da Bahia e Espírito Santo),
  11. lagartinho da Vacaria (próximo a cidade de Vacaria, no Rio Grande do Sul),
  12. lagarto de cauda verde (Rio de Janeiro),
  13. lagartinho da areia (litoral carioca),
  14. lagartinho da praia (Santa Catarinas e Rio Grande do Sul),
  15. jararaca ilhoa (São Paulo),
  16. tartaruga de pente (região Sudeste e Nordeste do país)
  17. tartaruga de couro (nas regiões Sul e Nordeste),
  18. tartaruga verde de Aruanã (Nordeste e região Sul)
  19. tartaruga oliva (região Nordeste e Sudeste do país)
  20. tartaruga meio pente cabeçuda (presente nos estados de Alagoas, Rio de Janeiro, Sergipe, Bahia, Rio Grande do Norte, do Sul, Pernambuco, Ceará, Espírito Santo e Maranhão).

São muitas espécies não é? Isso porque ainda nem mesmo descrevemos as espécies em extinção no mundo, e não podemos negligenciar que estamos aqui a nos referir apenas aos répteis sem contar os outros animais que também estão ameaçados.

Répteis Em Extinção No Mundo

Os répteis em extinção no mundo são os mais exóticos encontrados no planeta e reunimos aqui apenas algumas destas espécies.

  1. O jacaré de papo amarelo é uma espécie encontrada na América do Sul e como o seu nome dá a entender o seu papo é amarelo e pode atingir mais de três metros de comprimento.
  2. O dragão de Komodo é outra espécie que também corre o risco de desaparecer. Habita as ilhas da Indonésia, as chamadas ilhas de Komodo e o nome “dragão” vem de sua semelhança com os dinossauros do período pré histórico.
  3. Por falar em pré história outra espécie que está criticamente amaçada de extinção é a tartaruga de cabeça grande de Madagascar. É uma especie pré histórica que, segundo estudos, está no planeta Terra a mais de oitenta milhões de anos, tendo vivido com os dinossauros. Como o seu nome sugere, sua cabeça é maior do que o seu corpo, dando lhe um aspecto engraçado.
  4. Tartaruga de cabeça grande, diferente da anterior, a sua cabeça não é apenas grande, mas totalmente desproporcional para o corpo que possui. Está no planeta a mais de cento e quarenta milhões de anos e pode ser encontrada na China, Vietnã, no Miamar e no Cambodia.
  5. Por último, dentre as espécies que possuem sérios riscos de extinção no mundo, temos a inigualável tartaruga Mary Rivers. Ela parece um exemplar de punk moderno com seus peculiares cabelos verdes. Pode passar mais de setenta e duas horas embaixo da água e estes aparentes fios de cabelo são na verdade algas desenvolvidas sobre sua cabeça devido ao grande tempo em que passa embaixo da água. Durante todo este tempo, respira por meio de glândulas presente em seu órgão reprodutor.

Como Evitar A Extinção Destes Animais

As ações que podemos adotar para evitar a extinção destes animais podem ser simples e muitas vezes você pode até mesmo nos fazer pensar que não fazem realmente a diferença. Mas fazem.

Toda e qualquer boa ação com o intuito de preservar o meio ambiente é válida.

Separamos aqui algumas iniciativas que ajuda a preservar esta e outras espécies.

Evite a exploração dos recursos naturais e evite empresas que fazem o uso excessivo dos meios naturais. Não apoie e não consuma animais vítimas do tráfico ilegal e da caça esportiva.

Busque a preservação do habitat natural de todos os seres vivos. Não incentive ou faça incêndios em áreas verdes ou o corte de árvores desnecessariamente e de modo massivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *