Home / Listas / 13 Curiosidades Sobre os Macacos 

13 Curiosidades Sobre os Macacos 

Dentre os animais mais falados e conhecidos na fauna, sem dúvida nenhuma não podemos nos esquecer do macaco. Principalmente porque, segundo o DNA, eles são os parentes mais próximos do seres humanos, sendo um dos poucos indivíduos com dedo opositor, ou seja, dedão. Que faz com que eles tenham, assim como a gente, a capacidade de segurar coisas na mão, seja comida ou objetos. 

A seguir, falaremos mais sobre esses nossos familiares. 

  1. Sobre o macaco 

Atualmente, esse grupo conta com 264 espécies, e eles normalmente são divididos em dois “lados”: os do novo e do velho mundo. O primeiro conjunto vive em regiões da África e da Ásia. Já o segundo é visto aqui na América do Sul. Por exemplo, o babuíno é um ser do velho mundo, enquanto o sagui é do novo. 

Obviamente por contar com uma diversidade tão grande de seres, o comportamento muda, entre um grupo e outro. Por exemplo, enquanto uma parcela mora no chão, a outra prefere tirar seus cochilos em alguma árvore por aí. O mesmo vale para a alimentação. Apesar disso, essa dieta se baseia basicamente em frutas, flores, folhas, répteis e insetos.
A maioria deles detém cauda.
Um grupo desse seres é chamado de tribo ou tropa. 

Macaco
Macaco
  1. Astrologia 

Além de ser uma criatura, ele também aparece na astrologia, mas precisamente no zodíaco chinês, sendo o nono animal. Em 2016, ele deu as caras como signo. No calendário chinês, todo ano é representado por um bicho. No citado acima, foi o do macaco. 

  1. Grande e pequeno 

Você sabe qual deles é o menor do grupo? Esse posto pertence ao sagui-pigmeu. Os adultos pesam algo em torno de 120 a 140 gramas, no máximo. Aliás, ele é brasileiro, mora na Amazônia.
Já o maior é o gorila, endêmico das florestas do centro da África. Ele pode ter dois metros de altura e uma massa de 230 quilos. Porém, essa colocação pertencia ao Gigantopithecus, mas há 5 milhões de anos atrás. Esse ser morava na China, Índia e Vietnã e tinha 3 metros e podia pesar até meio tonelada. 

  1. O mais inteligente 

Os estudiosos acreditam que o macaco-prego é um dos mais inteligentes da espécie do novo mundo. Esse indivíduo é capaz de usar ferramentas, aprender novas habilidades e até mostra vários sinais de autoconsciência. Ou seja, aparentemente está ciente da sua existência. 

Lembra do Marcel, o macaco de estimação do Ross, em Friends? Ele é dessa espécie. Inclusive, é comum como pet para aqueles que gostam de primatas. Claro, mediante a autorização do Ibama. Mas o preço de um exemplar não é nada convidativo. 

Marcel Ross
Marcel Ross
  1. Macaco-aranha, macaco-aranha

Não é porco aranha, é macaco-aranha. E você sabe por que ele recebe nome? Devido as suas pernas, braços e cauda longa, como a aranha. 

  1. Sexo por diversão

Nós somos um dos únicos animais que fazem sexo por diversão, enquanto a maioria realiza isso com o intuito de se reprodução. Pois os bonobos também curtem um rala e rola só para “descontrair”. É comum vê-los neste ato para aliviar o estresse, assim como para melhorar a posição social no grupo. E não para por aí, todos os machos do conjunto fazem sexo entre si, inclusive em grande número. E todos eles são bissexuais. O mesmo não acontece com os chimpanzés, por exemplo. Não ligam muito para isso e quando o fazem, não passa de 3 segundos. Coitada das fêmeas. 

  1. Parentes 

Como falamos, os macacos são os parentes mais próximos dos humanos. Quem está no topo dessa lista é o bonobo e o chimpanzés. Ambos tem o código genético mais parecido com o nosso. A semelhança é tanta que chega próximo aos 100%, na verdade o número exato é 99,4%. 

  1. Meliante 

E quando a gente acha que o ser humano não consegue se superar, ele vai lá e nos mostra que sim. Em 2011, um macaco foi preso no Paquistão por ter cruzado a fronteira entre esse país e a Índia de forma ilegal. Ah, fala sério.
Depois de fazer os guardas de idiotas – nada mais justo -, o primata foi capturado e levado para o zoológico de Bahawalpur, onde recebeu o nome de Bobby. Mesmo sendo absurdamente ridículo, isso ocorreu devido a briga que existe entre os dois países. Isso que é não ter o que
fazer. 

Bobby
Bobby
  1. Novo e velho mundo 

Como já comentamos aqui, esse grupo é dividido em dois, os do novo e velho mundo. Mas não é apenas a região de moradia que os diferencia. Por exemplo, aqueles que moram no continente americano, enxergam apenas em preto e branco, já os africanos são capazes de distinguir cores. Mas não é só isso que separa os dois conjunto. Os primeiros contam com 36 dentes, enquanto o segundo exibem apenas 32. 

Os americanos também conseguem se balançar árvores, ao contrário dos africanos. 

  1. Filho único 

Não vai só achando que apenas nós temos filhos únicos, o orangotango pongo também costuma gerar apenas um bebê durante toda a sua vida. E assim como acontece com os humanos, a mãe mima muito seu primogênito. Aliás, esse bebê também tem a infância mais longa do mundo. Ele é carregado e alimentado pela mãe até os seis anos de idade. E fica com ela até sua adolescência. Eles são mais parecidos com a gente do que imaginamos. 

  1. Muito barulho 

O indivíduo mais barulhento do grupo é o bugio, inclusive muito comum no Brasil e na América do Sul em si. Esse ser produz um ronco que alcança até 90 decibéis e pode ser ouvido em até cinco quilômetros de distância. Isso é possível graças à grande quantidade de ossos hióide. Normalmente a criatura utiliza tal habilidade para espantar invasores e outras ameaças. 

Macaco barulhento
Macaco barulhento
  1. O cardápio de hoje é: cérebro de macaco 

Pois é, acredite se quiser, as pessoas matam macacos para comer seus cérebros. Esse é um prato encontrado na Ásia e na África. 

  1. Soldado 

Também já teve macaco soldado. Era um babuíno chamado Jackie que serviu na Primeira Guerra Mundial com seu dono, na África do Sul. Ele ajudava a vigiar o regimento e até batia continência. Na época, quando a guerra acabou, o primata até ganhou uma medalha de honra por bravura. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *