Home / Informações / Wallaby: Características e Alimentação

Wallaby: Características e Alimentação

Pertencente a família Macropodidae e do gênero Macropus, o mamífero wallaby é, muitas vezes, confundido com o canguru. Apesar deste fazer parte de sua família, o animal tem uma estatura muito pequena para ser considerado um deles. Existem cercas de 30 espécies que levam o mesmo nome e, a seguir, vamos conhecer mais esse parente próximo do canguru.

Comportamento do wallaby

O wallaby é um animal curioso e bem tímido. Geralmente é quieto, mas muito desconfiado. Também não é do tipo agressivo, a não ser quando se sente ameaçado. Neste caso, ele usa suas patas traseiras para desferir fortes chutes. O mamífero costuma viver na selva, áreas rochosas, na savana ou na montanha. Ele pode ser encontrado na Austrália, principalmente, na Tasmânia e na Nova Guiné em menor número. 

Wallaby
Wallaby

Com hábitos noturnos, o animal dorme durante o dia, principalmente nas horas mais quentes, e sai para se alimentar na parte da noite. Em estações de seca, eles se reúnem em torno de uma fonte de água. 

E, apesar de tímidos, essa espécie vive em grupo e é bem sociável. Quando está em perigo, ele procura abrigo para se esconder. Mas, se tiverem que lutar, farão sem descanso. É um animal que demonstra muita emoção também. Eles conseguem expressar dor quando passam por situações dolorosas, como quando perdem seus filhos, por exemplo. 

Quando percebem alguma ameaça, eles avisam seus companheiros, emitindo ruídos estridentes feitos com sua cauda ou suas patas traseiras. 

Características físicas 

Agora que conhecemos mais sobre a personalidade do wallaby, falaremos sobre suas características físicas. Como dito anteriormente, ele é comumente confundido com o canguru, mas devido ao seu tamanho ele não pode ser considerado um membro desse grupo. Ele mede de 70 a 90 centímetros, somente o seu torso, sua cauda adiciona mais 70 centímetros ao seu corpo. O seu peso varia de 25 a 35 quilos. Mas ambos podem variar de acordo com sua localização geográfica. Normalmente os machos são maiores que as fêmeas. 

Wallaby
Wallaby

Esse marsupial é dotado de pelagem preta, branca, marrom ou cinza. A frente do seu torso é quase sempre de tom branco, já os olhos, pernas e orelhas costumam ser mais escuras. O wallaby possui uma cabeça alongada e a fêmea tem a bolsa em sua parte dianteira que usada para carregar seus filhotes. 

Suas patas traseiras são grandes e contam com 4 dedos. E é graças a essas patas enormes que eles conseguem saltar longas distâncias e dar chutes durante as brigas, como dito anteriormente. Já as dianteiras são bem menores e curtas, com possuem 5 dedos com garras. E sua cauda não é maior que seu torso apenas por acaso, esse tamanho maior ajuda o animal a se equilibrar quando ele está se movimentando. 

É dotado de um sistema digestivo (estômago) bem diferente, que conta com vários compartimentos onde ocorre a fermentação. 

Alimentação 

Esse marsupial é herbívoro, ou seja, sua dieta é basicamente baseada em consumo de folhas, ervas, frutas legumes, raízes e pequenos arbustos. Por morarem em regiões secas, esses animais precisam viajar longas distâncias para encontrar água, mas eles também conseguem se hidratar por meio da comida. 

Apesar de viverem em lugares afastados, como as montanhas, em algumas regiões é muito comum ver o wallaby de alimentando em áreas urbanas. O que acabou gerando uma fama de praga para esses animais, já que eles destroem as plantações de forma repetida. 

Reprodução

Essa espécie começa a acasalar a partir do primeiro ano de vida, entre os meses de dezembro e fevereiro. O período de gestação dura cerca de 30 dias e, normalmente, a mãe gera um filhote por vez. Os bebês nascem frágeis e de imediato, procuram a bolsa da mãe para se protegerem. Permanecem nesse local por cerca de 7 meses, no máximo. Mas é muito comum ver eles saindo e retornando quando estão com medo ou se sentem ameaçados. 

A relação entre mãe e filho é tão forte que as fêmeas permitem que seus filhos mais velhos fiquem próximos a ela, mesmo que está esteja com crias recém-nascidas. Uma das coisas que mais chamam a atenção nas mamães é que seu corpo consegue produzir dois tipos de leite: um para os filhos mais velhos e outro para o recém-nascido. Incrível! 

Qual a diferença entre o canguru e o wallaby 

Como já comentados, muita gente acredita que o wallaby nada mais é uma versão menor do canguru, mas não é verdade. São animais diferentes e com características que os diferem. 

Por exemplo, o canguru possui pernas mais longas e também detêm dentes diferentes desse seu parente. Enquanto este perde seus pré-molares na vida adulta e a fila dos molares ganha mais curvatura, permitindo que eles cortem ramos de ervas altas, o wallaby tem pré-molares achatados que ajudam na hora de esmagar e triturar as folhas. 

Eles também se diferem na coloração. Enquanto o canguru é mais uniforme, o seu parente tem uma pelagem muito mais viva e em diferentes tonalidades, podendo ter listras coloridas nas bochechas e no nível dos quadris. 

Eles também se diferenciam na hora de se movimentarem. Com patas mais longas, o canguru consegue saltar em alta velocidade em descampados, podendo se locomover de 20 a 50km/hora. Enquanto o torso deste outro facilita sua movimentação nos bosques. 

Wallaby
Wallaby

Os cangurus vivem de forma mais harmoniosa, já entre os Wallabies é comum ver eles lutando entre si. Mas ambos vivem em pequenos grupos, normalmente composto de um macho dominante, seu amontoado de fêmeas e seus filhos. Às vezes também é possível encontrar um macho submisso e imaturo vivendo entre eles. 

Outra característica que os separam, além do tamanho, é seu tempo de vida. O canguru consegue viver de 20 a 25 anos, enquanto os wallabies vivem de 11 a 15 anos. Ou seja, apesar de certa semelhança, esses dois animais apresentam características que os diferenciam e os caracterizam dentro do seu grupo. 

Se um dia cruzar com alguma dessas duas espécies, agora você conseguirá diferenciá-los. Lembre-se, é só olhar para seu tamanho que logo você saberá se trata-se de um wallaby ou um canguru. 

Você já conhecia o wallaby? Gostou de conhecer mais sobre esse “Parente” do canguru? Nós conte nos comentários e não esqueça de compartilhar nas redes sociais com seus amigos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *