Home / Informações / Tudo Sobre O Chimpanzé: Habitat E Nome Científico

Tudo Sobre O Chimpanzé: Habitat E Nome Científico

Quando falamos em chimpanzé podemos pensar que existe somente uma espécie do animal, que seria o chimpanzé comum, mas o curioso é que na realidade existe mais uma espécie sobrevivente do primata, ela é menos conhecida mas muito parecida comparada a primeira espécie, com algumas diferenças peculiares muito curiosas também.

Chimpanzé
Chimpanzé

Inteligência E Capacidades De Aprendizagem Do Chipanzé

Tanto o chimpanzé comum como o bonobo são do gênero pan e sendo assim seus nomes científicos antecedem o termo do seu gênero, que respectivamente são, pan troglodytes e pan paniscus. Ambos são da família e subfamília homininae e assim como a nomeação na classificação biológica sugere, são os primatas mais próximos a nós, homens, com cerca dos incríveis noventa e nove porcento do DNA aproximado ao nosso. Este fato inclui a sua inteligência, como sua capacidade de aprendizagem de linguagens para conseguir se comunicar com os humanos, como há registros de casos de chimpanzés que foram ensinados a língua de sinais e assim conseguiram se comunicar em cativeiro com criadores, com veterinários, dentre outras capacidades incomuns no mundo animal e mais aproximada de nós, como a capacidade de reconhecimento do seu reflexo no espelho.

Há a teoria de que os chimpanzés têm a inteligência compatível a de uma criança de três anos de idade e assim como as mesmas estão cada vez mais acompanhando o desenvolvimento tecnológico e têm a capacidade de aprendizagem mais avançada, com os primatas não é muito diferente e há registro da espécie se aventurando no mundo das tecnologias, como nos jogos, por exemplo.

Chimpanzés Onívoros

Como o imaginado por serem primatas, atualmente ambas as espécies se encontram em ameaça crítica de extinção e como na maioria dos casos de tal estado de classificação, o principal motivo é o desmatamento. Engraçado pensarmos que em uma das ideias humanas, de que nós viemos dos macacos e somos os seres mais evoluídos na terra, somos os mesmos que colocamos a vida dos nossos ancestrais em risco.

Há espécies de animais que têm a capacidade adaptativa diante do egoísmo humano na natureza e chegam ao ponto de serem consideradas pragas por nós, por sobreviverem mesmo diante de ações que já teriam extinguido outras espécies menos adaptativas, mas não é o caso da maioria dos animais, entre eles os chimpanzés.

O principal motivo da sua ameaça de extinção, o desmatamento, causa o esgotamento de sua fonte de vida. De onde conhecidamente retiram seus alimentos, descansam e passam boa parte do seu tempo livre em que não estão caçando. Isto porque são mamíferos onívoros arborícolas.

Chimpanzé Filhote
Chimpanzé Filhote

Árvores estas em que característicamente se penduram com seus braços longos e fortes, pulam de galho em galho com o impulso de suas pernas mais dobradas e retiram a sua principal alimentação, as folhas, as flores, os frutos e as sementes dos frutos.

Como animais onívoros que são, também se alimentam de pequenos insetos como as formigas, os cupins e as larvas, mas o mais curioso quanto a alimentação dos chimpanzés é que caçam seus predadores maiores. Os bovídeos, outra espécie de macaco como o colobus, dentre suas presas mais comuns estão os porcos selvagens, os cabritos e entre os menores estão os roedores.

Terrestres E Arborícolas Estes Tais Chimpanzés

Como o esperado de primatas, ambas as espécies de chimpanzés são oriundos da África Central e Ocidental, onde habitam bosques e florestas tropicais de matas, savanas e montanhas. Atualmente existem cerca de cento e cinquenta mil chimpanzés sobreviventes na natureza e diante do principal fator de sua ameaça de extinção, há a teoria de que alguns indivíduos se adaptaram a grutas, que apesar da muita altitude em que se encontram, superam a extinção das queridas árvores.

Os chimpanzés são quadrúpedes, ou seja, caminham com seus pés e mãos apoiadas no chão e portanto também são terrestres além de arborícolas, Especialmente quando vão atrás da caça a suas presas, mas quando estão com suas mãos ocupadas, têm a capacidade de andar de forma bípede como nós, somente com seus pés apoiados ao chão.

Se o fato de chimpanzés caçarem pequenos, médios e grandes mamíferos te assustou, o registro de que a espécie de bonobo já praticou a canibalismo, vai te assustar mais ainda. Mas se uma informação tão peculiar quanto a espécie logo de cara te causou uma impressão ruim, saiba que os bonobos são conhecidos por serem mais tranquilos que os chimpanzés comuns, principalmente no que diz respeito ao seu comportamento.

Sexualidade Peculiar Não É Mesmo?

A primeira espécie citada no último parágrafo são matriarcais, ou seja, as fêmeas são mais dominantes que os machos, enquanto a segundo é patriarcal, sendo assim, o contrário da primeira.

Os bonobos, assim como os humanos, têm a característica de terem relações sexuais não só para se reproduzirem, como é o mais comum no mundo animal, mas por prazer também. Tanto as relações sexuais heterossexuais como homossexuais são comuns entre os bonobos, especialmente entre as fêmeas, envolvendo uma ou mais parceiras. Mas o comportamento dos chimpanzés comuns não é menos curioso. O que seria denominado de promiscuidade é mais comum entre esta espécie, para se ter uma ideia há o registro de uma fêmea ter tido cinquenta relações sexuais com quatorze machos diferentes em apenas um dia.

Mas não só estes comportamentos mais libertinos que são culturais das espécies, como os mais usuais também, como o fato de poderem formar casais para viverem juntos durante as suas sobrevivências.

Chimpanzé Caraterísticas
Chimpanzé Caraterísticas

Quando reproduzem, seu tempo de gestação é de oito meses, a amamentação dos filhotes dura longos três anos até o desmame e a puberdade dos pequenos ser atingida entre os oito e os dez anos.

Após seu desenvolvimento e maturidade, têm a expectativa de vida de cinquenta anos. Curiosamente um chimpanzé adulto tem a força compatível a de dois a três homens adultos, força esta que pode ser usada entre os machos da espécie dos chimpanzés caso o macho dominante do grupo com o número de cinco a cem indivíduos entre fêmeas e machos mais jovens, seja ameaçado por outro macho querendo roubar o seu posto.

Nestes grupos as culturas podem variar dependendo da região em que se encontram, assim como nós mais uma vez, cultura esta que é passada de geração para geração nos anos mais dependentes durante suas puberdades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *