Home / Informações / Tudo Sobre Minhocas: Fertilizante, Espécies e Reprodução

Tudo Sobre Minhocas: Fertilizante, Espécies e Reprodução

As minhocas são cegas, surdas, mudas, só podem rastejar e nem sequer têm um corpo com forma definida. Na verdade, elas são apenas um traço na paisagem. Mas …  elas produzem os melhores fertilizantes do mundo!

A minhoca é um dos animais mais fortes da terra. No século 16, a minhoca ainda era chamada de “verme rápido” porque trabalha e come constantemente. Seu nome atual vem dessa atividade ativa.

As espécies mais conhecidas
Existem mais de 3.000 espécies em todo o mundo. As mais conhecidas espécies do Brasil são:

  • Amynthas gracilis, popularmente conhecida como minhoca louca;
  • Pontoscolex corethrurus, a minhoca-mansa;
  • Glossoscolex;
  • Fimoscolex;
  • Urobenus brasiliensis;
  • Dichogaster gracilis.

O melhor fertilizante é o das minhocas

Dificilmente se pode desejar um melhor inquilino no jardim do que uma minhoca: ​​ela cava voluntariamente, come a folhagem velha e fertilizava o jardim com seus excrementos ricos em nutrientes.

Através de sua escavação constante, a minhoca também areja o solo e nutre as camadas de baixo para cima. Em um terreno com muitos cursos de minhocas, nenhuma umidade se acumula, mas a terra absorve a chuva como uma esponja. Também as raízes das plantas e os importantes organismos do solo facilitam o contato.

Uma minhoca escava e alimenta-se de folhas, restos de plantas mortas e microorganismos. Ele come cerca de metade do seu próprio peso por dia. E uma noite, a minhoca puxa até 20 folhas em seu tubo e cola-o com seu muco. Mas antes que o verme desdentado possa comer, fungos e bactérias devem destruir as partes da planta para ele. E isso significa: a folha apodrece como uma pilha de compostagem.

Quando o verme absorve a folha decomposta, também absorve grandes quantidades de solo. No intestino, a coisa toda é misturada com cogumelos e bactérias. Os biólogos descobriram que as fezes da minhoca produz um excelente fertilizante.

Minhocas se regeneram

Apenas a parte frontal com os órgãos vitais é considerada “viva”, desde que o intestino ainda seja longo o suficiente. A extremidade traseira pode se regenerar, mas não é tão espessa quanto a extremidade dianteira. Apesar dessa capacidade de se regenerar, esses vermes reparados raramente são encontrados, pois uma minhoca ferida facilmente contrai uma infecção fatal de fungos ou bactérias.
Minhocas: as mais fortes do mundo
Você pode pensar em uma minhoca como um tubo elástico cheio de água e cercado por músculos longitudinais e circulares. Pelo alongamento alternado e contração de seções individuais do corpo, ele rasteja. Quatro pares de cerdas curtas em cada segmento impedem que ele deslize para trás.

As minhocas são ótimas operárias e escavadeiras de perfuração. Para construir um corredor, elas juntam os músculos circulares da frente do corpo e perfuram a parte frontal fina em uma abertura no chão.

Minhocas
Minhocas

Então os vermes usam os músculos longitudinais e empurram a terra com a parte dianteira mais espessa separada. Os corredores têm até 20 metros de comprimento por metro quadrado e às vezes chegam a profundidades de até sete metros.

As minhocas direcionam uma força considerável para fora quando cavando. Elas podem elevar de 50 a 60 vezes seu próprio peso corporal, tornando-os os animais mais fortes do mundo em relação à sua altura.
Hibernação de verão
Em média, 100 minhocas vivem em um metro quadrado de solo e estes animais adoram solo úmido e solto. O pH do solo não deve ser inferior a 3,5, porque senão o ácido destrói a camada de limo que envolve o verme.

Temperaturas quentes não as favorecem. Uma temperatura ótima para as minhocas está entre 10 e 15 graus Celsius. É por isso que as minhocas são mais ativas na primavera e no outono. Se ficar muito seco no verão ou muito frio no inverno, elas vão cavar fundo na terra, enrolar e cair em uma espécie de verão ou hibernação.

Reprodução

As minhocas são hermafroditas, portanto cada uma delas tem testículos e ovários. Os animais sexualmente maduros possuem um espessamento da pele no terço frontal do corpo, o chamado cinturão.

As minhocas continuam a crescer principalmente na primavera e no outono, quando as condições de temperatura e umidade no solo são favoráveis ​​para elas. Geralmente após a chuva, no crepúsculo ou à noite, os vermes reprodutíveis chegam ao acasalamento à superfície do solo.

Fertilização

O verme então forma um anel de limo no cinto, do qual ele vai se retirando lentamente. Ao passar pela genitália feminina, alguns óvulos são liberados no anel mucoso. Quando o anel passa pelos sacos de sementes, os ovos são fertilizados.

O verme afasta o anel de muco que se endurece rapidamente no solo e termina perto de um casulo amarelo claro, em forma de limão, mais ou menos do tamanho de um grão de trigo. O número de casulos formados varia entre 20 e 90.
Para proteger contra influências ambientais negativas, muitas espécies de vermes cercam os casulos com uma espessa camada de excremento de minhoca. Nesta camada protetora pré-digerida, a minhoca recém-nascida também encontra seu primeiro alimento.

O tempo de desenvolvimento varia de espécie para espécie. Se o verme do composto chocar a 25 graus já após 16 dias, a minhoca precisa de mais de quatro meses a doze graus no solo. As minhocas têm uma média de dois anos de idade na natureza. No laboratório, alguns vermes viveram por dez anos.

A vida perigosa das minhocas

Na natureza, a longevidade das minhocas é raramente alcançada porque a minhoca tem muitos predadores. Acima de tudo, ele é uma cobiçada por pássaros, toupeiras e outros predadores. Isso inclui também o ser humano.

As minhocas preferem solos com um pH superior a 3,5, pois em solos muito ácidos, a camada protetora de muco do verme é destruída com consequências fatais para o animal. Temperaturas frias ou muito altas, bem como fertilizantes e pesticidas artificiais, podem ter um efeito negativo na expectativa de vida das minhocas. Para minimizar sua exposição à desidratação e predadores, as minhocas só vêm à superfície ocasionalmente, como na época do acasalamento, mas farão isso somente na parte da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *