Home / Informações / Tudo Sobre Lagartos

Tudo Sobre Lagartos

Existem mais de 3 mil espécies de lagartos em todo o mundo. Pertencentes ao grupo dos répteis, os lagartos possuem o corpo coberto por escamas e são animais de sangue frio. Por esse motivo, muitas espécies habitam regiões tropicais úmidas ou desertos secos.

No Brasil, são conhecidas aproximadamente 248 espécies de lagartos pertencentes à 14 famílias. Eles apresentam geralmente dois pares de patas e ocupam os mais variados ambientes e substratos. Os lagartos podem ser terrícolas (atividade sobre o chão), arborícolas (sobre a vegetação), fossoriais (galerias no subsolo) e semi-aquáticos (ambientes aquáticos e adjacências).

Tudo Sobre Lagartos
Tudo Sobre Lagartos

Em algumas partes do mundo, os lagartos fazem parte do cardápio de certas populações. Em caso extrema pobreza, até os calangos são caçados para consumo humano. O couro fino do lagarto é transformado em carteiras, sapatos, sacolas, bolsas, maletas e outros objetos.

Características dos Lagartos

Os lagartos variam mais de tamanho e de forma que qualquer outro grupo de répteis. Enquanto alguns medem apenas alguns centímetros, outros chegam a medir três metros de comprimento e pesar aproximadamente 140 kg, como é o caso do dragão-de-komodo.

A maioria dos lagartos possui quatro pernas fortes, mas há espécies que não desenvolveram seus membros inferiores, assemelhando-se às cobras. Eles possuem pálpebras e aberturas auriculares, ou seja, orelhas. E, geralmente, também apresentam uma cauda longa.

A maioria dos lagartos tem escamas secas cobrindo o corpo, as quais são pequenas placas lisas ou rugosas nas cores marrom, verde ou cinza.

Muitos lagartos possuem características singulares. Algumas espécies possuem chifres ou espinhos enquanto outros têm uma placa óssea em volta do pescoço. Tais características ajudam o animal a amedrontar seus inimigos e a mantê-los a distância.

Algumas espécies possuem pregas de pele adicional nas laterais do corpo. Ao abri-las, quando elas atuam como asas, fazendo com que esses lagartos consiam planar de uma árvore para outra.

Características dos Lagartos
Características dos Lagartos

Alimentação

Os lagartos são caçadores naturais que capturam suas próprias presas. Eles caçam uma variedade de insetos e vermes. Esses animais precisam de fontes de cálcio e proteína em suas dietas e o consumo de frutas e legumes oferece esses nutrientes.

Certos lagartos, como os camaleões, têm uma língua que podem disparar bem além dos limites de sua boca. Dessa forma, eles capturam insetos com a ponta da língua, que é revestida de muco. Outros lagartos capturam a vítima com a boca as suas vítimas e as engolem assim que ela para de se debater.

Lagartos Alimentação
Lagartos Alimentação

Reprodução dos Lagartos

A maioria dos lagartos se reproduz botando ovos. Na maioria das espécies, as fêmeas botam vários ovos de uma vez. Mas há alguns tipos de lagartos que põem apenas um ou dois ovos por temporada reprodutiva.

De casca bastante resistente, os lagartos costumam enterrar seus ovos ou escondê-los debaixo de folhas de árvores. Em algumas espécies, as fêmeas têm o hábito de vigiar seus ovos até eles eclodirem. Entretanto, a maioria dos lagartos abandona seus filhotes após o nascimento.

Há também algumas exceções de lagartos que, em vez de botar ovos, dão à luz a seus filhotes já vivos.

Lagartos Reprodução
Lagartos Reprodução

Algumas espécies de lagartos do gênero Cnemidophorus são famosas pelo fato de suas fêmeas conseguirem se reproduzir sem a necessidade de ter um parceiro macho. Esse tipo de reprodução é chamado de partenogênese, que se refere ao crescimento e desenvolvimento de um embrião sem fertilização.

Os lagartos da espécie Cnemidophorus uniparens são conhecidos por este tipo de reprodução. Nesses casos, as fêmeas-clones forjam um acasalamento, estimulando a ovulação. Entretanto, cientistas comprovaram que a origem desses lagartos é resultado da reprodução entre uma fêmea e um macho de espécies diferentes do gênero Cnemidophorus, o que gera descendente triploides (com três cromossomos).

A habilidade desses animais gerou o mito que os machos da espécie simplesmente pararam de existir. Isso, na verdade, não acontece. Esse tipo de reprodução é associada a ambientes isolados, como ilhas. Na maioria dos casos, a partenogênese é apenas uma possibilidade eventual, sendo a reprodução com contribuição gênica paterna a mais comum. Logo, as fêmeas da espécie não abandonaram os machos.

Filhote de Lagarto
Filhote de Lagarto

Em 2006 foi registrado, pela primeira vez, um caso de partenogênese em uma fêmea de dragão-de-komodo, no zoológico de Chester, no Reino Unido. O caso foi revelado em uma reportagem do jornal britânico The Guardian. Até então, casos de partenogênese não haviam sido registrados em dragões-de-komodo.

Defesa

Os lagartos defendem-se de muitas maneiras. Assim como as cobras, eles recorrem habitualmente a truques que iludem seus inimigos. Algumas espécies de lagartos, quando capturadas pela cauda por algum predador, desprendem seu corpo da cauda e rastejam para um lugar seguro. Porém, a cauda continua se retorcendo como se estivesse viva, enquanto o inimigo luta com ela. No devido tempo, o lagarto desenvolve-se uma nova cauda.

Lagartos Defesa
Lagartos Defesa

Outras maneiras comuns de enganar seus inimigos consistem em inchar o corpo, assobiar e bater a cauda. O grande lagarto australiano da espécie Chlamydosaurus kingii é considerado um dos melhores enganadores. Este lagarto empina-se sobre as suas pernas traseiras, expande um enorme pedaço de pele de cada lado do pescoço, escancara a sua boca e assobia. Esses recursos extravagantes fazem com que o lagarto da espécie Chlamydosaurus kingii pareça várias vezes maior e mais feroz do que é na realidade. Um desses grandes lagartos australianos mede cerca de 80 centímetros de comprimento.

Alguns lagartos não são tão inofensivos. Certas espécies utilizam suas caudas como chicotes e desferem golpes cortantes.

 Sapo-de-chifres
Sapo-de-chifres

Os sapos-de-chifres (Phrynosoma) dispõem de um truque bastante peculiar. Eles podem esguichar um jato fino de sangue de seus olhos a uma distância de 90 cm. Essa espécie faz isso quando qualquer animal ou pessoa tenta algum gesto hostil logo após terem se livrado de sua pele velha. O sapo-de-chifres não é um sapo verdadeiro, mas sim um lagarto de cauda curta. Uma série de ferrões aguçados na cabeça e numerosos espinhos no dorso fornecem proteção extra a esse animal contra os seus inimigos.

Já os camaleões são famosos pela capacidade de mudar de coloração. Essas modificações ajudam o animal a se proteger. As diferentes espécies apresentam combinações variadas de tons verde, vermelho, cinza, pardo, branco e preto.

Ao contrário das cobras, são poucos os lagartos venenosos. Os únicos lagartos venenosos são o gila (Gila monster), presente no sudoeste dos EUA e no norte do México, e seu parente próximo, o lagarto-de-contas do México.

Fotos de Lagartos

Dúvidas dos Leitores – Portal dos Animais Responde:

 

Qual o ciclo de vida dos lagartos?

A diversidade do ciclo de vida dos lagartos é bem grande. A maioria deles se reproduzem colocando ovos, alguns colocam vários de uma vez, outros apenas 1 ou 2. As fêmeas escondem os ovos no mato, perto de árvores ou enterram. Poucos exemplos de lagartos se reproduzem dando a luz ao próprio filhote.
Tem espécies de lagartos que não passam de 5 centímetros, mas alguns podem passar de 3 metros, como o dragão-de-komodo.

 

 

Ciclo de Vida dos Lagartos
Ciclo de Vida dos Lagartos

 

Gostaria de saber se há lagartos de gola naturais do Brasil?

Não existem lagartos-de-gola no Brasil, nem na América. Eles podem ser encontrados nos outros quatro continentes.

Lagartos de gola
Lagartos de gola

 

4 comentários

  1. Gostaria de saber se há lagartos de gola naturais do Brazil?
    Ja li qué estes tipos de lagartos so existem na Australia e Nova Guine. Porem, por duas vezes avistei em minhas caminhadas pelo area verde perto de minha casa um lagartos de corpo verde e cabeça marron avermelhado que ao chegar perto abriu uma especie de leque em volta do pescoço.
    Gostaria de saber mais sobre esta especie.

    • Bom dia Julie.
      Não existem lagartos-de-gola no Brasil, nem na América. Eles podem ser encontrados nos outros quatro continentes.
      Abraços.

  2. Eu quero saber o ciclo da vida dos lagartos não a reprodução deles.

    • Bom dia Ângelo.
      A diversidade do ciclo de vida dos lagartos é bem grande. A maioria deles se reproduzem colocando ovos, alguns colocam vários de uma vez, outros apenas 1 ou 2. As fêmeas escondem os ovos no mato, perto de árvores ou enterram. Poucos exemplos de lagartos se reproduzem dando a luz ao próprio filhote.
      Tem espécies de lagartos que não passam de 5 centímetros, mas alguns podem passar de 3 metros, como o dragão-de-komodo (https://www.portaldosanimais.com.br/informacoes/dragao-de-komodo/).
      Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *