Home / Informações / Tudo Sobre Dinossauros: Tamanho e Fotos

Tudo Sobre Dinossauros: Tamanho e Fotos

É engraçado como coisas que nunca fizeram parte do nosso cotidiano acabam virando uma espécie de mito. Como é o caso dos Deuses, por exemplo. Apesar de não existirem provas científicas de sua existência, Atenas, Zeus, Poseidon, Hades, Ares, Afrodite, todos eles, em suas versões gregas, egípcias ou romanas foram adorados pelos povos antigos. E falando no Egito, como eles tiveram a ideia de construir pirâmides gigantes e belíssimas? O mesmo podemos dizer dos dinossauros. Sabemos que eles viveram na terra há milhões de anos atrás, mas é um passado tão distante que hoje em dia eles provavelmente são mais vistos como protagonistas de uma série de filmes hollywoodianos do que realmente animais que habitaram o planeta Terra. 

Mas, acredite, eles foram bem reais e seus ossos estão aí para provar isso.

Dinossauros
Dinossauros

Sobre os dinossauros 

A história desses grandões – bom, nem todos – começou há milhões de anos atrás. Esse grupo de répteis super crescidos moraram no nosso planeta durante um período que é chamado de Era Mesozóica, tendo seu início há cerca de 252 milhões de anos atrás. A extinção desses bichos aconteceu muitos anos mais tarde, há aproximadamente 65 milhões de anos. 

Com um significado de “lagarto terrível” – do latim Dinosauria -, eles foram os maiores seres que habitaram o mundo. Bom, podemos claramente ver isso por meio do Tiranossauro Rex. Por outro lado, não é regra e alguns podiam ser tão pequenos como as galinhas, como é o caso do Velociraptor. Pois é, ele não era tão grande quanto mostrado no Jurassic Park. Outra detalhe que Steven Spielberg “esqueceu” de acrescentar neste personagem foram suas penas. Essa descoberta foi feita relativamente há pouco tempo, onde cientistas identificam “botões” de penugem em um fóssil, confirmando essa teoria. Ou seja, ele realmente era mais parecido com uma galinha do que imaginávamos. Mas só porque ele tinha apenas alguns centímetros de comprimento não quer dizer que ele não fosse tão perigoso quanto o T-Rex com seus 4 metros de altura e 12 de comprimento. 

Voltando a Era Mesozóica, que também é conhecida como Era dos Dinossauros, esta é dividida em três períodos:

  • Período Triássico

Está fase marca o nascimento dos primeiros dinossauros. Aconteceu entre 245 e 208 milhões atrás. 

  • Período Jurássico

Aqui ocorreu o aparecimento de mais espécies desses animais, bem como o crescimento da diversificação na fauna do planeta. Se passou entre 208 e 146 milhões de anos. Um fato interessante é que podemos acreditar que pelo nome do filme, os dinossauros mostrados no longa, ou pelo menos os personagens principais – T-Rex e Velociraptor – são dessa fase. Mas na verdade, eles são do período Cretáceo, o último da era dos dinossauros. 

  • Período Cretáceo

Durou entre 146 e 65 milhões de anos atrás. Sendo estágio de maior apogeu dos dinossauros. Como dito, o T-Rex é desta fase, em decorrência disso, foi um dos últimos a sumir. Aqui também ocorreu um maior desenvolvimento da fauna e da flora do planeta, com uma variedade de espécies até então nunca vista. 

Como mostrado, as espécies não viveram juntas, todas de uma vez. E também não desapareceram todas ao mesmo tempo. Isso ocorreu de forma progressiva. Antes de todos entrarem em extinção, eles dominaram o mundo por cerca de 150 milhões de anos. Não foi algo que aconteceu da noite para o dia, pelo contrário. Demorou anos e anos para terem seu fim, dando tempo para os próprios animais e o planeta, evoluir. 

Alguns tipos de dinossauros 

Além dos períodos, os dinossauros também foram separados em grupos, mas todos tinham características parecidas. Além de répteis, tinham temperatura corporal variável, pele escamosa e eram ovíparos. Falando neste último traço, ao contrário do que se pensa, os cientistas acreditam que o t-rex era ovíparo e não totalmente carnívoro. Ele comia sim, carne, mas crê-se que a sua dieta também era composta de folhas. 

Cerca de 700 espécies foram descobertas, carnívoras e herbívoras, sendo separadas nos seguintes conjuntos:

  • Terópodes

Estes eram dinossauros bípedes. Eles eram os maiores carnívoros do planeta. Neste grupo, muitos eram considerados onívoros, como o tiranossauro, megalossauro e o giganotossauro. 

Terópodes
Terópodes
  • Saurópodes

Quadrúpedes, encontrava-se entre os saurópodes os maiores animais da Terra. Tinham corpo avantajado com pescoço e cauda longa, já a cabeça era pequena. Destaque-se os brachiosauridae, diplodocidae e titanosauridae. 

Saurópodes
Saurópodes
  • Ceratopsídeos

Do tipo quadrúpedes e herbívoros, este animais apresentavam chifres na cabeça. 

11 curiosidades sobre os dinossauros 

  1. O termo dinossauro não existia até 1842. Este foi criado pelo paleontólogo Richard Owen. 
  2. O primeiro fóssil descoberto foi de um Megalossauro, em 1820.
  3. Pode até parecer estranho, mas o frango seria o parente moderno mais próximo do tiranossauro rex. 
  4. Falando nele, apesar de pensarmos imediatamente em seus braços curtos, os do Carnotauro eram ainda menores. 
  5. O Espinossauro foi o maior carnívoro que já existiu. Os adultos chegavam aos 6 metros de altura e 15 de comprimento. Já o peso era de sete toneladas. Entrei os herbívoros esse lugar é do Argentinossauro, com 45 metros de comprimento, 21 de altura e uma massa de 85 toneladas. 
  6. Acredita-se que o estômago do Saurópode era uma espécie de câmara de fermentação. Ao mesmo tempo que as bactérias ajudavam no processamento da fibrosa, isso causava flatulência no bicho. 
  7. Lembra que comentamos que nem todos eram gigantes? Na verdade, a maioria deles eram bem pequenos, como no caso do Anchiornis huxleyi, que era mais ou menos do tamanho de um pombo. Infelizmente, por ter ossos tão pequenos, eles não conseguiram resistir ao tempo como outros. 
  8. Apesar dos fósseis serem os mais famosos quando o assunto é a descoberta do estilo de vida dos dinossauros, os cientistas também usam suas fezes congeladas. Estas indicam o tipo de alimentação que tinham.
  9.  O cérebro do Estegossauro era do tamanho de uma noz. Já seu corpo tinha 9 metros de comprimento. 
  10. Alguns ovos desses animais eram tão grandes que chegavam ao tamanho de uma bola de basquete. 
  11. A parte sul, sudeste e centro-oeste fazia parte do território dos dinossauros. Na época, estas regiões mais alguns locais da Argentina atual formavam a Pangeia, o único e primitivo continente que fazia parte do superfície terrestre no período Triássico. Naquele estágio, o local era árido e quente – as calotas polares ainda não existiam -, o que teria tido um papel muito importante no desenvolvimento dos dinossauros. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *