Home / Informações / Furão: Tudo Que Você Precisa Saber Antes De Adotar Um

Furão: Tudo Que Você Precisa Saber Antes De Adotar Um

Está pensando em adquirir um furão? A primeira coisa que você precisa saber é que estes animais são carnívoros e precisam de regulamentação para criação no Brasil, mas não se preocupe, fizemos uma seleção de tudo o que você precisa saber antes de adotar o seu animal.

Pensando Em Ter Um Furão? Leia Isso Antes De Qualquer Decisão

Os furões são mamíferos carnívoros da família Mustelidae e seu nome científico é Mustela putorius furo. Sua origem está relatada na região central dos Estados Unidos mas sua distribuição geográfica se estende pelo México, Peru, chegando em parte da região sudeste do Brasil. Nos Estados Unidos, entretanto, é o terceiro animal de estimação mais comercializado ficando atrás somente dos gatos e dos cães respectivamente. Este cenário é o mesmo quando analisamos os dados da França onde o furão é igualmente muito apreciado.

Estes números talvez se justifiquem pelo comportamento extremamente dócil e curioso dos furões assim como pelo apego que podem desenvolver rapidamente para com os seus tutores. Mas se você está pensando em adotar um furão é preciso saber que apesar de apresentar inúmeras características que de fato o tornam atrativos como animais de estimação, eles precisam de cuidados especiais e que é preciso que o seu tutor tenho tempo para o animal.

Adotar Um Furão
Adotar Um Furão

Informações Iniciais, Custos E Mais

Os furões começaram a ser domesticados por volta de mil e quinhentos e segundo os registros mais aceitáveis teria tido início com os europeus após estes identificarem que os egípcios domesticavam felinos para combater a presença de roedores que consumiam seus cereais. Ainda segundo estes registros, o furão doméstico pode ser resultado do tourão (mustela putorius) ou da doninha das estepes (mustela eversmanni). Outros relatos encontrados defende que o furão possivelmente seja resultado do cruzamento híbrido entre estas duas espécies.

Infelizmente não se tem uma vertente mais forte que a outra e o surgindo da espécie é envolta em dúvidas e muitos mistérios.

Se você está pensando em adquirir um furão, é importante saber que além de exigir cuidados especiais e regulamentação, são animais caros que podem chegar a mais de quatro mil reais em nosso país. Isso mesmo, o furão pode custar mais de quatro mil reais no Brasil. E deve ser comprado de lojas de procedência onde sabemos que o animal não foi vítima de tráfico de animais.

Apesar de serem animais carnívoros, o que pode ser um empecilho para alguns tutores, atualmente é possível encontrar rações ricas em proteínas que substituem a administração de animais vivos ou mesmo já congelados para o animal.

Ainda assim é preciso que você leve em consideração, de acordo com a sua realidade que a alimentação destes animais é um tanto quanto cara.

Eles Podem Destruir Tudo

Quanto mais novo for o furão que você está pensando adquirir maior é o seu poder de destruição. Brincadeiras a parte, isso não é nenhum exagero. Se você tem apego com a organização da sua casa e com a saúde de seus objetos é melhor desistir de ter um furão enquanto ainda há tempo. Eles possuem a capacidade de esconderem objetos em locais inimagináveis e que com certeza estarão fora do seu alcance. Além disso, ainda podem simplesmente mastigarem fios e cabos de aparelhos elétricos e eletrodomésticos (temos um tópico mais detalhado em relação a isso logo abaixo). Como se tudo isso já não fosse o bastante, o furão precisa de vigilância constante porque pode facilmente engolir algum objeto pequeno encontrado na casa e isso pode acabar causando danos no sistema gastrointestinal do animal, tão como pode sufoca-lo.

Furão
Furão

Fios E Cabos: Atenção

Sim, o furão pode simplesmente mastigar os fios e cabos da sua casa rapidamente mas voltamos a uma questão interessante aqui. Estes animais precisam de vigilância constante e não é por conta de destruírem o cabeamento de sua residência (o que seria extremamente danoso para o seu bolso, principalmente) mas porque podem acabar morrendo vítimas de um choque elétrico durante essa peripécia, por este e outros motivos, se você não tem tempo para se dedicar ao seu furão, recomendamos que escolha outro animal de estimação. Além da questão do choque elétrico, podem acabar entrando em sofás, camas e similares e acabar sendo esmagados com o uso ou a recolha do mesmo.

Furões são excelente animais de estimação para tutores que tem tempo para dedicar-se a eles uma vez que precisa de atenção e também de vigilância já que são animais que não possuem medo algum. Isso mesmo, os furões não possuem medo e por conta disso podem colocar-se realmente em perigo.

Além disso eles não são animais para gaiolas, como aves ou similares, desta maneira, você deve mesmo estar de olho nele para evitar situações desagradáveis para você e para o próprio animal.

Mais Uma Vez, É Preciso Tempo Para Ter Um Furão

Estamos batendo nesta tecla porque a questão do tempo é crucial se você deseja ter um furão. Estes animais possuem uma energia incrível e precisam se exercitar na parte do dia em que estão acordados.

Os furões dormem profundamente por até dezoito horas por dia, mas quando estão despertos são animais muito ativos e que precisam de atividades para desenvolver-se plenamente e de maneira saudável. Furões mais jovens precisam além de brincadeiras e atividades físicas, de brinquedos para que possam se distrair.

A falta de atividade neste animais pode resultar em problemas de saúde como obesidade e também depressão. No caso da depressão a mesma pode levar o animal a morte em pouquíssimo tempo.

Furão
Furão

Produzem Muito Pelo E Não Cheiram Nada Bem Estes Tais Furões

Os furões possuem uma glândula chamada de glândula peianal localizada próximo a sua cauda que costumeiramente é retirada pelo veterinário nos primeiros meses de vida do animal, ela é a responsável pelo seu mau cheiro. Apesar de retirada, estes animais não cheiram bem como os gatos ou até mesmo como os cachorros e este pode ser um problema para algumas pessoas. A gaiola usada para manter o animal em segurança durante a noite deve ser higienizada regularmente, assim como suas orelhas que produzem muita cera. Estas atitudes ajudam a controlar o cheiro forte e desagradável que estes animais possuem.

Outra coisa que é importante você saiba é que estes animais soltam muito pelo assim como os gatos e estes pelos podem acabar indo parar no sistema gastrointestinal dos furões durante o seu processo de “banho”. Assim como os gato domésticos estes animais realizam a lambeção de seus pelos. Neste caso é indicado escova-lo regularmente para retirar todos os pelos já soltos de seu corpo, evitando que o mesmo os engula.

Um comentário

  1. Eu quero muito um furão para dar amor e carinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *