Home / Informações / Tiranossauro Rex: Características, Curiosidades e Fotos

Tiranossauro Rex: Características, Curiosidades e Fotos

Quando falamos de dinossauros, qual é a primeira espécie que vem a sua cabeça? O Tiranossauro Rex, obviamente. E isso é algo que devemos agradecer a Hollywood. Lançados na década de 1990, Jurassic Park provavelmente foi o longa que despertou o interesse das pessoas nesses animais e também trouxe mais informações sobre esse bicho que viveu na terra há milhões de anos atrás. Mas, é preciso reforçar algo nesse sentido. Apesar de ser um filme de boa qualidade, um clássico do cinema, nem tudo o que é dito ali é baseado em fatos reais, algo comum na indústria cinematográfica. Lembre-se que o papel de diretor e, acima de tudo, entreter. Mas isso não quer dizer que grande parte do que foi dito pode ser descartado. De qualquer forma, abaixo vamos lhe apresentar um dos caçadores mais ferozes do planeta, o T-Rex. 

Características e comportamento do Tiranossauro Rex

O Tiranossauro rex é um dos maiores carnívoros que já existiu. O animal era muito bem adaptado ao ambiente terrestre, sendo ultrapassado somente pelo Gigantossauro e Carcharodontossauro, que eram considerado os integrantes “mais calmos” dessa família. 

Ele chegava aos 5 metros de altura e cerca de 14 de comprimento. Caminhava numa pose quase vertical, o que quer dizer que ele era bípede como nós, humanos, e também como os primatas. Ele habitava territórios em locais onde hoje fica a América do Norte, no final da era Cretácea, no período Mesozóico, entre 145,5 e 65 milhões de anos atrás. Já foi encontrado na região oeste dos Estados Unidos. 

Inicialmente, ele foi chamado de Dynamosaurus imperiosus, mas este logo foi substituído por um que condizia mais com suas características. 

Tinha uma cabeça enorme, com cerca de 1,20 metros de extensão, além de uma mandíbula poderosíssima que era capaz de engolir uma presa inteira. Para se ter ideia, sua mordida causava uma pressão de 1300 quilos.

Pesquisadores acreditam que ele podia alcançar os 48 quilômetros por hora quando corria, mas existem teorias que ele poderia chegar aos 60 km/h. Isso confirmaria que ele era capaz de perseguir suas presas, apesar de que grande parte dos cientistas acreditam que, na verdade, ele montava armadilhas para pegar sua vítima. Um tipo de caça que seria muito mais eficiente, por assim dizer. 

Tiranossauro Rex
Tiranossauro Rex

Ele exibia dentes curvos que eram de grande ajuda na hora de abocanhar seu alimento. Detinha 50 deles, podendo chegar a 60.  Alguns eram lisos e afiados, outros tinham a borda serrilhada. Os primeiros cortavam a carne, os outros esmagavam ossos. Aliás, sua comida preferida era o hadrossauro. 

Apresentava duas patas nas quais se apoiava. Estas eram grossas e sustentam bem o seu enorme corpo. 

Tinha garras fortes, com três dedos de sustentação, sendo que um deles não tocava o chão. E, sem dúvida nenhuma que uma das características mais chamativas eram seus braços, que divergiam completamente de seu torso grande e robusto. Estes eram super pequeno e exibiam apenas dois dedos. Aliás, até hoje ninguém sabe qual era a serventia desses dois membros minúsculos. Acredita-se que tal fato ocorreu devido a um processo evolutivo da espécie, tendo herdado esse traço de seus antecessores: giganotossauro, carcharodontossauro e o mapussauro. Muitos acreditam que isso contribuiu na sua velocidade na hora de atacar suas presas. 

Alguns estudos em cima de um crânio deteriorada provaram o quanto este indivíduo era violento, coisa que os filmes mostram muito bem. Ele disputava comida com outros T-Rex, inclusive com as fêmeas da espécie.

Acredita-se também que, apesar do comportamento agressivo, ele vivia em comunidades familiares, assim como os elefantes. 

9 curiosidades sobre o T-Rex

  • Seu nome significa “lagarto tirano rei” ou “réptil tirano”. 
  • Ele foi extinto há cerca de 65 milhões de anos atrás, sendo assim, foi um dos últimos sobreviventes da grande extinção. 
  • Atualmente, existem cerca de 50 esqueletos inteiros desses animais. Por causa disso, os cientistas conseguiram descobrir como ele andava, qual era o seu tamanho e até do que sua dieta era composta. 
  • Ele é, sem dúvida alguma, o maior predador terrestre que já existiu. Com uma cabeça podia medir um metro de comprimento, tinha dentes que chegavam aos 30 centímetros facilmente. 
  • Devido a forma do seu crânio, estudiosos acreditam que ele tinha uma visão muito melhor que de outros dinossauros. Ele era capaz de enxergar em todas as direções, assim como nós e os pássaros. Seria algo incomum porque tal característica não é encontrada em animais terrestres. Estes costumam ter um campo de visão mais limitado. Por causa disso, muito se especula sobre como seria suas técnicas de caça. Com certeza esse traço era algo a seu favor, e uma triste notícia para suas presas. 
  • Obviamente que por ser um animal grande e pesado, não era tão veloz quanto é retratado nos filmes, mesmo podendo chegar aos 60 quilômetro por hora. Por isso ainda existem dúvidas sobre a forma como ele caçava. Cientistas apostam em táticas de oportunidade, ou seja, ele perseguia as presas dos dinossauros mais lentos que ele. Uma ótima tática, na verdade. 
Tiranossauro Rex
Tiranossauro Rex
  • Mesmo sendo pequenas, estima-se que as patas dianteiras poderiam levantar um peso de até 200 quilos. É aquela velha história, tamanho não é documento. Estas não eram usadas para caçar. 
  • Apesar de ser apresentado quase como um fato absoluto, o T-Rex não era carnívoro. Na verdade, ele era onívoro. A criatura realmente se alimentava de outros animais, principalmente dinossauros menores que ele. Mas a sua dieta também era composta de plantas. Crê-se também que como a oferta de comida era pouca, ele comia poucas vezes, mas em grandes quantidades. 
  • O maior fóssil do T-Rex foi encontrado em 1990, pela paleontóloga Susan Hendrickson, durante uma escavação na Dakota do Sul. Apelido de Sue, este tem 12,8 metros do focinho até a cauda, quatro da cabeça ao quadril e teria, no mínimo, 65 milhões de anos. Atualmente ele está no museu Field de História Natural de Chicago. O fóssil foi comprado em 1997 por cerca de 8,36 milhões de dólares, e está em exposição por lá desde os anos 2000. Os primeiros ossos desse bicho foram encontrados em 1900, nos Estados Unidos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *