Home / Informações / Serpente Marinha Venenosa e Gigante: Onde Vive?

Serpente Marinha Venenosa e Gigante: Onde Vive?

Aparentemente as serpentes estão em todos os lugares da terra. Além das terrestres, as mais conhecidas, também podemos encontrar esse animal rastejante na água. Mas, elas se diferem em vários sentidos daquelas que vivem em terra firme, principalmente por ter um corpo adaptado para a vida marinha. Além dos mais, ela é grande e venenosa. 

A parte “engraçada” é que mesmo com essas características, a serpente marinha é considerada um animal tranquilo, que só ataca quando é perturbada, além de gostar de interagir com os mergulhadores. 

E ela não é apenas venenosa, é a mais peçonhenta de todas as serpentes. 

Habitat

E adivinha qual é um dos habitats desse indivíduo? Isso mesmo, a Austrália. Que surpresa! Ela também é encontrada no Caribe e na costa leste da África. Essa criatura gosta de águas tropicais, preferindo locais quentes e temperadas. E, assim como outros répteis, não gosta de ambientes frios. 

Serpente Marinha Gigante
Serpente Marinha Gigante

Características da serpente marinha 

Ela absorve oxigênio por meio da superfície da sua pele, conseguindo satisfazer sua necessidade de ar por meio desse sistema. Mas isso não quer dizer que ela passe todo o tempo submersa, isso porque apesar de ser marinha, ela tem pulmões, o que quer dizer que a criatura precisa subir até a superfície para pegar oxigênio. Mas algumas espécies conseguem ficar até duas horas sem precisar emergir. 

O bicho ainda tem uma adaptação para lidar com águas salgadas. Ela apresenta glândulas especiais ao redor e sob a língua, que eliminam o excesso de sal do seu corpo. 

Também têm escamas diferentes das terrestres, essas não são projetadas como as que vivem em solo, pelo contrário, elas são lisas. Na verdade, a principal função delas é fornecer um corpo hidrodinâmico ao bicho, facilitando seu nado, além de protegê-la contra os corais pontiagudos. 

Veneno 

Assim como suas parentes terrestres, as marinhas também são venenosas, embora dificilmente ela morda alguém, mas nunca descarte a hipótese. Mas, ao contrário da sua prima distante, esse bicho não costuma injetar uma grande quantidade de toxina quando ataca, e é aí que mora o perigo. Isso porque devido a baixa dose, a pessoa muitas vezes não percebe que foi picada. O que também transforma o ataque indolor e sem sintomas, inicialmente. 

Mas não é só porque ela não “capricha” na dose que essa toxina não é extremamente perigosa. Para se ter ideia, se a vítima não for tratada imediatamente, a morte pode ocorrer nas próximas 8 ou 12 horas. 

Um dos motivos para o seu veneno ser tão poderoso é sua família. Ela faz parte do filo Elapidae, um grupo repleto de serpentes super venenosas, como a coral-verdadeira. A espécie serpente-marinha-comum pode matar até oitos pessoas. Isso que é herança de família, não. 

Outro motivo é sua alimentação. Ela costuma comer peixes ágeis, sendo assim, essa substância precisa fazer efeito rápido para paralisar a vítima e impedir que ela fuja. 

Reprodução 

Além de precisar vir à superfície para respirar, a serpente marinha.  também se reproduz em terra firme, isso porque seus filhotes nascem dos ovos depositados no solo. Porém, isso não vale para todas as espécies, algumas têm os bebês no fundo do mar, com eles saindo direto da sua barriga. Nestes casos, os filhotes precisam nadar logo após que saem da mãe para poderem respirar. 

Alguns já nascem grandes, com a metade do tamanho da mãe. 

Estes viram independentes assim que saem do útero da fêmea, sem a necessidade de cuidados paternos. 

Alimentação 

O bicho se alimenta principalmente de peixes, podendo comê-los inteiro. Sua dieta também inclui enguias e crustáceos, com algumas espécies comendo também ovas de peixes. 

As serpentes mais venenosas do mundo (aquáticas e terrestres)

1 – Serpente marinha de bico 

Serpente marinha de bico
Serpente marinha de bico

E já que o assunto são serpentes marinhas, nada mais justo do que começar essa lista com elas. Também conhecida como Cobra do Mar de Nariz adunco, ela é encontrada principalmente no litoral do Indo-Pacífico, especificamente nas ilhas da Índia. 

Ela é a responsável pela grande parte de mortes causadas por indivíduos marinhos. Consegue mergulhar a uma profundidade de até cem metros e fica cerca de 5 horas submersa. 

2 – Cobra tigre 

Cobra tigre
Cobra tigre

Encontrada na Austrália – qual é o problema desse lugar?! -, o animal costuma achatar seu corpo e levantar a cabeça quando se sente ameaçada. Sua picada causa dores no pescoço e no pé, suor, falta de ar, dormência, formigamento e paralisa. Existem 5 espécies que levam esse nome, sendo a de coloração preta a mais venenosa entre elas. 

Ela é protegida por lei, por isso, se matar ou ferir essa serpente, a pessoa será multada ou irá para a prisão. 

3 – Serpente marinha Chinesa 

Serpente marinha Chinesa
Serpente marinha Chinesa

A Krait do Mar com faixas negras é encontrada a oeste do Oceano Pacífico, nos recifes de corais em Singapura e no Japão. Tem hábitos noturnos e pode ficar submersa por até seis horas. Tem um poderoso veneno, mas só ataca seres humanos se sentir ameaçada. 

4 – Serpente marinha de Perón 

Serpente marinha de Perón
Serpente marinha de Perón

Está é uma das serpentes mais venenosas do mundo. Normalmente é vista na Tailândia, Vietnã, no mar do sul da China, Taiwan e Austrália. Ela é a única espécie marinha que tem espinhos na cabeça, por isso ela também é conhecida por serpente do mar com chifres. Gosta de ficar no fundo do mar e em recifes de corais. 

5 – Barriga amarela 

Barriga amarela
Barriga amarela

Podemos avistá-lo em águas tropicais oceânicas ao redor de todo o mundo, menos no Atlântico. Seu veneno causa paralisia, danos renais e a destruição de músculos. 

6 – Taipan Ocidental 

Taipan Ocidental
Taipan Ocidental

Está é a cobra terrestre mais mortal do planeta. Também moradora da Austrália, seu veneno é extremamente perigoso e uma mordida sua pode matar 100 pessoas. Este causa danos nos tecidos nervosos, hemorragia interna e externa e insuficiência renal. 

7 – Dubois

Dubois
Dubois

Ela é a cobra marinha mais venenosa do mundo. Vive nas costas da Austrália – outra vez -, Papua Nova Guiné e na Nova Caledônia. Encontra-se em profundidades de 80 metros em recifes de corais e em regiões arenosas e argilosas com presença de algas. 

Todas cobras muitos simpáticas, não é mesmo? Não esqueça de compartilhar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *