Home / Informações / Répteis Legalizados Pelo Ibama

Répteis Legalizados Pelo Ibama

Se você pensa em ter um animal de estimação diferente, exótico ou silvestre deve saber que estes animais são protegidos por meio de legislação, sendo, desta forma, proibidos de serem criados sem autorização dos órgãos competentes. Alguns animais, entretanto, embora sejam aparentemente dóceis ou atrativos para a criação doméstica por algum motivo ainda assim não podem ser criados legalmente de maneira domesticada. Se você sempre quis um animal de estimação diferente e teve uma quedinha por répteis hoje você vai conhecer uma pequena lista de espécies que você pode criar em casa de maneira legal.

Répteis para criação
Répteis para criação

Os Répteis São Os Preferidos

Quando pensamos em animais de estimação exóticos e silvestres que as pessoas acabam adquirindo os répteis seguidos dos mamíferos estão entre os mais procurados e consequentemente os preferidos. Não é possível traçar porque isso acontece, mas hoje você vai conhecer um pouco destes animais que se popularizaram e ganharam o coração de uma série de tutores ao redor do Brasil e também do mundo.

Antes que você já conheça a nossa lista e veja os prós e contras de cada uma das espécies aqui presentes vale destacarmos que a criação de um réptil bem como de qualquer animal silvestre começa muito antes do animalzinho chegar a sua casa. Isso porque você deve ter o cuidado de adquiri-lo de uma loja credenciada e legalizada pelo Ibama, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, no caso do Brasil.

É importante que você se atente quanto a isso na hora de comprar o seu bichinho, isso garante que aquele exemplar da espécie não é vítima do tráfico de animais. O problema do tráfico de animais é real e movimenta muito dinheiro anualmente, cerca de trinta e nove bilhões de reais por ano.

Para se ter uma ideia de como o problema é realmente muito sério e nos afeta diretamente, o único relatório que trata da questão dos animais silvestre e do tráfico é datado de 2002 e expõe que cerca de trinta e oito milhões de animais foram retirados da natureza brasileira para serem comercializados ilegalmente. Vale aqui a ressalva que este elevado número não leva em consideração insetos e peixes que surpreendentemente também são vítimas de traficantes. Bom, se você não quer infringir nenhuma legislação mas quer ter um bichinho diferente vamos a nossa lista.

Iguana Verde

A iguana é uma das espécies preferidas entre os criadores de répteis. A iguana é um animal para quem tem espaço para sua criação visto que pode chegar a quase dois metros de comprimento a contar a cabeça a sua cauda. Os machos podem pensar até nove quilos mas costumeiramente ficam abaixo disso por volta dos cinco quilos enquanto as fêmeas atingem os quatro. São animais arborícolas e com uma alimentação majoritariamente herbívora composta por frutas e folhas. Ocasionalmente pode consumir proteína animal advinda de insetos e ovos de outros animais. E por falar em ovos, tanto a carne quanto os ovos da iguana são comestíveis. Vivendo como pets as iguanas vivem aproximadamente cerca de doze anos. Um cuidado que todo o tutor deve ter quanto a criação deste animal diz respeito a sua alta sensibilidade tanto ao calor quanto ao frio. O seu custo médio é de oitocentos reais.

A Cobra Do Milharal

Também conhecida como corn snake ou ainda cobra do milho é uma opção de serpente que pode ser criada em casa caso você não tenha aflição da alimentação que este animal precisa. Fazem parte do seu roll de alimentos pequenos vertebrados, como por exemplo os ratos. Em contrapartida, são alimentadas a cada cinco ou sete dias.

Apesar da sua alimentação diferente é tida como um animal dócil e sossegado. Entretanto, se você está de fato cogitando adquirir uma corn snake ela também precisa de espaço. Estes animais podem chegar a quase um metro de comprimento. Seu preço médio é de cerca de quatrocentos reais e sua expectativa de vida é de em média sete anos.

Teiú, O Seu Forte Não É A Aparência

De fato a aparência do teiú não é o ponto mais forte deste animal, mas quando criado deste filhote pode se tornar extremamente dócil e afetuoso com o seu tutor. De nossa lista á uma das opções mais caras até o momento, podendo chegar a mil e duzentos reais. Sua alimentação é composta por ovos e pequenos vertebrados como os ratos. Seu porte é grande e para cria-lo é preciso espaço. O teiú quando adulto pode atingir até dois metros de comprimento. Sua expectativa de vida é de em média dezesseis anos.

Tartaruga Tigre D’Água

Esta é uma ótima opção para quem busca um animal exótico mas calmo e tranquilo. Em contrapartida, entretanto, para cria-la é necessário dispor de espaço porque embora possam ser adquiridas ainda filhotes e extremamente pequenas a tartaruga tigre pode chegar aos trina centímetros de comprimento. Sua expectativa de vida é alta, por volta de trinta anos. O custo de sua manutenção contrariamente é baixo visto que a tartaruga tigre d’água se alimenta basicamente de ração específica. Ocasionalmente devem ser ofertadas proteínas de origem animal como carne moída, tenébrios e besouros de amendoim. O indicado é que as fontes de proteína animal sejam dadas semanalmente para a sua tartaruga. O custo de um exemplar da espécie fica em torno de trezentos reais.

Cuidados Na Hora De Comprar Animais Silvestres

Além de assegurar que a loja seja credenciada e legalizada pelos órgãos de proteção ambiental, é necessário que você exija a nota fiscal no ato da compra. Este documento garante a você que o animal é legal, foi nascido e criado em cativeiro e que não foi vítima do tráfico de animais, sendo desta maneira subtraído da natureza.

Outro ponto que merece a sua atenção é quanto a chip do animal, todos os animais silvestres legalizados pelo Ibama para criação doméstica são devidamente micro-chipados. Então na hora de adquirir o seu mais novo amigo lembre-se de perguntar sobre o seu chip.

Embora possa parecer burocracia, se você for pego com um animal silvestre sem autorização e devidamente legalizado pelo Ibama você poderá sofrer sanções penais, incidindo em crime ambiental.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *