Home / Informações / Peru Mamute Gigante

Peru Mamute Gigante

O termo peru mamute gigante se refere ao porte que algumas espécies da ave pode atingir tanto vivendo de forma selvagem na natureza quanto vivendo de forma domesticada para a criação, como ornamento, -mas neste caso os mais procurados são os perus menores-, ou com o objetivo do consumo da sua carne por conta própria ou comercialização da mesma, nesse outro caso claro que os perus mais procurados são os maiores, por possuírem mais carne.

Os perus são variados e diversos nas suas espécies, alguns são menores, como os usados para domesticação sem a visão do seu abate, outros maiores, os opostos ao objetivo final do primeiro. Entre o último caso, as espécies de peru que são mais usadas para a criação e consumo da sua carne aqui no Brasil justamente por conta do que os criadores procuram, ou seja, o seu porte, são os mamouth bronzeado, que como seu nome sugere, têm suas bonitas penas brilhantes e bronzeadas e apresentam mais carne em sua fisionomia e o beltsville branco, que não deixam a desejar na sua beleza, com suas penas branquíssimas e cabeças vermelhas e tem a peculiaridade de possuir a carne mais macia e uma reprodução mais ativa que os mais comuns, chamando ainda mais a atenção de criadores.

Outras aves mais usadas mundialmente para a criação para abate são o peru holandês branco, bem parecido com o beltsville branco, sendo difícil a sua identificação entre amadores e quem realmente não conhece suas características e o bourboun vermelho, que igualmente aos outros é belo e tem uma mistura de cores que o deixam muito exótico na sua aparência, uma mistura de marrom chocolate com algumas penas brancas.

Possível Comercialização da Ave Além da Sua Carne

Quando usadas para a comercialização podem ser aproveitadas por inteiro, o que seria o ideal para não haver desperdício. Além da carne, suas penas podem ser usadas na produção de almofadas, travesseiros, colchões e estofados, e até seu esterco pode ser reaproveitado como ótimos adubos para plantações.

Criação das Aves Peru

Outro fator que atrai a sua comercialização, fora o mercado estável e mais procurado em algumas datas festivas e seu total aproveitamento e sua fácil criação. Por ser uma ave natural de clima temperado, se adaptam bem e é bem flexível quanto a espaços e ambientes de criação. Apesar de claro, assim como qualquer outro animal de para criação, requerer alguns cuidados específicos.

Seu ambiente de criação por exemplo deverá ser protegido de sol, calor, mormaço vento, frio, chuva, umidade, especialmente os filhotes que são mais frágeis, os adultos também tem chance de contrair doenças, só que bem menores do que os ainda filhotes.

Alguns criadores chegam a preferir começarem a criar já quando adultos, pois assim não terão que ter o cuidado redobrado que teriam com os filhotes. Outro motivo que chama a atenção de criadores é a sua fácil alimentação a base de grãos e insetos, de onde suas proteínas são retiradas, especialmente na reprodução, em que sua saúde necessita de mais nutrientes para a mãe e para os filhotes.

Falando em reprodução, olha aí mais um fator, a sua abundante reprodução, sua maturidade sexual que o permite reproduzir naturalmente e instintivamente chega aos oito meses e a fêmea chega a ter a capacidade de conseguir reproduzir incríveis quatro vezes ao ano e em cada reprodução gerar um grande número de quinze a vinte filhotes.

A personalidade presente em todas as espécies de perus, calma, tranquila e mansa também faz com que sua criação não exija muito de seu criador em relação ao temperamento da ave. São somente cuidados necessários a qualquer outro animal domesticado, visando acima de tudo sua saúde e bem estar como lindas aves que são.

Cultura e Tradicionalismo do Seu Consumo

Os perus são da ordem galliforme, curiosamente mesma ordem que a galinha, que coincidentemente ou não, já que são aves parecidas em seus atributos físicos, também são consumidas culturalmente como alimento. O peru é consumido mundialmente culturalmente como carne por toda a América, especialmente nos Estados Unidos da América e no Canadá em que o consumo é bem maior comparado a outras regiões do mundo, mas também não deixa de ser muito consumido na Europa e aqui no nosso país.

Nós que somos brasileiros sabemos que tradicionalmente na ceia de natal não pode faltar um peru para quem gosta. Mas apesar dessa valorização da ave aqui no Brasil, não chega nem perto do consumo nos Estados Unidos e no Canadá que é muito maior por conta da mesma tradição que o Brasil na ceia de Natal e da tradição de consumir a ave também no Dia de Ação de Graças. Para sermos mais exatos e claros, nos Estados Unidos esse consumo chega a ser três vezes maior se comparado ao Brasil.

Apesar da ave ser mais consumida culturalmente nesses dois países nessas datas festivas tradicionais, outros países de outras regiões não deixam de terem grande papel na sua valorização. Uma dessas regiões é a América Latina, mais especificamente o México, é por lá que as aves foram inicialmente domesticadas pelos índios, há muitos anos atrás.

Características dos Perus Machos e Fêmeas

Os perus são aves naturalmente de grande porte quando vivendo de forma selvagem, com seu habitat temperado e alimentação a base de grãos e insetos na natureza, o que não implica no seu desenvolvimento quando domesticada para abate, -já que seu porte e produção da carne são objetivos principais- através de alimentação especial, o que pode levar o peru macho a pesar até quinze quilos.

Casal de Peru Mamute Gigante
Casal de Peru Mamute Gigante

Os perus são aves que possuem grande dimorfismo sexual, ou seja, diferenças características por conta do seu sexo, entre macho e fêmea. Essa diferença é tão forte que os machos podem chegar a pesar quase o dobro do máximo que a fêmea pode chegar. As fêmeas podem atingir quase que somente metade do que um macho pode chegar a pesar, até oito quilos. Enquanto o macho, pode chegar aos seus abundantes quinze quilos. Ambos podem chegar a medir seus incríveis um metro e dezessete centímetros de altura.

2 comentários

  1. Boa tarde!
    Tem alguma indicação para aquisição de ovos ou filhotes do mamute gigante?

  2. vc tem ovos para venda do gigante branco e marom e qual o valor da unidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *