Home / Informações / Peru Holandês Branco

Peru Holandês Branco

O peru holandês branco, peru branco da Holanda ou meleagris gallopavo é um peru criado e domesticado para o abate, comercialização e consumo da sua carne.

O Holanda em seu nome é sem razão, já que não é seu país de origem como geralmente é em casos parecidos. Sua origem se deu pelo cruzamento do peru europeu branco com aves oriundas da América do Norte.

Foi reconhecida como uma nova raça de peru em mil oitocentos e setenta e quatro. Sua característica principal é a plumagem toda branca, qualquer cor na mesma que não seja a branca o desqualifica entre os criadores.

Apesar de ser muito comumente domesticado pelos criadores, se encontra em ameaça de extinção nos Estados Unidos da América.

Como A Sua Criação Começou

Após o reconhecimento do peru holandês branco como uma nova raça, em mil novecentos e cinquenta, o cruzaram com o peru bronze, outra raça de domesticação e criação muito comum, que deu origem ao peru de peito largo branco, que atualmente é a raça de peru mais domesticada e criada, ou seja, apesar do peru holandês branco ser muito domesticado e criado, não é o mais, mas deu origem ao mais comum neste ramo e não deu origem a só uma raça, mais duas, também foram cruzados com outras raças de perus, e deram origem ao peru pequeno branco, mais um peru muito criado para domesticação.

Peru Holandês Branco Suas Principais Características

Além de como o nome sugerir, ser totalmente brancos, têm o peito menor mas as pernas maiores comparados a outras raças.

São considerados entre os criadores como aves fortes e resistentes a doenças, ponto importante entre eles, pois os perus são mais suscetíveis a doenças do que outras espécies de galliformes usados para a criação, comercialização e abate para o consumo humano, como a galinha por exemplo.
E por falar em galinha, curiosamente o peru pequeno branco, uma das aves a quem deu origem, é um dos menores entre os perus, podendo ser igualado ao tamanho de uma galinha.

O porte do peru holandês branco é médio, fica no meio termo entre os maiores e os menores perus. O macho chega a pesar doze quilos, enquanto a fêmea, oito.

Peru Holandês Branco - Características
Peru Holandês Branco – Características

Não possuem dimorfismo sexual fora a diferença clara a olho nu de peso, ou seja, machos e fêmeas possuem a mesma aparência com pesos distintos. Ambos os sexos atingem a maturidade aos seis meses de vida.

Tanto o peru holandês branco, como as duas aves a quem deu origem em seu cruzamento com outras aves, são consideradas entre os criadores como muito rentáveis. A carne do peru holandês branco é considerada suave e delicada entre os consumidores. Ele comparado ao peru pequeno branco são parecidos mas são diferentes em suas cores e tamanhos.

Peru Holandês Branco: Comercialização

Perus são criados domesticamente para a sua comercialização e abate para consumo de sua carne em muitos países. São consideradas uma opção de carne branca, assim como outros galliformes, como as galinhas e os frangos, incluindo no Brasil. Todavia muito mais consumidores que nós, está os Estados Unidos da América e o Canadá, que assim como nós têm a cultura de comemorarem a ceia de Natal usando o peru como prato típico, além da data culturalmente específica de Dia de Ação de Graças.

Filhotes de  Peru Branco Holandês
Filhotes de Peru Branco Holandês

Além da sua carne para consumo humano, após o seu abate, suas penas são comercializadas para produção de acolchoados, como estofados. Durante a sua criação, ainda vivos seu esterco é utilizado para cultivo de plantações.

Cuidados Ao Criar O Peru

Antes de começar a criar qualquer animal, temos que nos adaptar a eles e não eles a nós, priorizando a sua saúde e bem estar, o que no caso dos perus, ou outras espécies criadas para o consumo de sua carne, acaba interferindo diretamente na qualidade e sabor da mesma.

O viveiro deve ser construído em um espaço protegido de muito calor, muito frio, chuva, ou vento forte, deve ser um espaço confortável e que circule ar.

Lembrando que aves em geral têm o sistema respiratório mais sensível, se o ambiente em que viverem não estiver obedecendo a suas necessidades básicas, muito possivelmente estarão mais suscetíveis a doenças respiratórios e infecciosas, o que quando não tratado no começo, pode levar a morte do animal.

 

Diante de qualquer anormalidade um cuidado deve ser tomado, como a procura de um veterinário especializado.

O chão deve ser higienizado periodicamente, tirando todo o xixi, fezes e resto de alimento e para tal pode ser protegido com material que absorva os mesmos, como a simples e mais em conta palha de milho.

No período reprodutivo da ave, o cuidado e atenção quanto a temperatura devem ser redobrados, especialmente no inverno, deixando o viveiro com a média de trinta graus celsius, lembrando que se muito abaixo ou muito acima disto, há o risco dos ovos não se desenvolverem para o nascimento do novo peru.

Após a eclosão dos ovos e nascimentos dos filhotes, a alimentação dos mesmos requer mais preparo, o mais recomendado é a chamada farinhada, mistura de alimentos cozidos e triturados como ovo, leite, cereal e verduras como repolho.

No começo, assim como seria na natureza vivendo de forma selvagem, a mãe alimenta o filho na reprodução doméstica, após esta fase, o cuidado da alimentação passa a ser do criador assim como quanto a alimentação do peru adulto.

Ao peru adulto é indicado em média três refeições ao dia, que dentre os alimentos inclui grãos como cereais, milho, trigo, cevada e vegetais, enquanto para o filhote são recomendadas em média oito refeições diárias.

Opções de poleiros devem ser disponibilizadas para o bem estar do animal. A soltura ao ar livre é necessária de tempo em tempo para evitar o tédio da ave e para não acumularem gordura sem a atividade física somada a alimentação e sedentarismo. Quando os perus são cuidados de forma adequada geralmente estão prontos para serem abatidos a partir dos cinco meses de idade, tempo em que atingem a maturidade física.

Após o abate ser finalmente realizado, a desinfetação do local em que o ato foi realizado deve ser feita, desta forma doenças e infecções adquiridos através de falta de higiene também são evitadas. Lembrando que tanto durante a vida quanto no abate o animal deve ser respeitado, evitando ao máximo sua dor e sofrimento.

2 comentários

  1. Gostaria de começar uma criação de peru branco . Gostaria de comprar os filhotes de um criador de confiança.

  2. LUCIANO BANDOLIN CHIARATTO

    Olá Fernanda
    Conseguiu algum Criatorio de raça pura de Peru Branco,
    Também estou procurando se conseguir me passa por favor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *