Home / Informações / Pangolim: Características, Espécies e Nome científico

Pangolim: Características, Espécies e Nome científico

Hoje traremos mais um animal da nossa fauna mundial, porém o intuito dessa vez é mostrar e trazer informações desse animal fantástico e também conscientizar sobre o que acontece com ele em todo o mundo. Navegando pela fauna e flora mundial sempre sabemos que nem sempre a realidade de algumas florestas e alguns animais é feliz, e isso é refletido em vários avisos de extinção e de florestas desmatadas.

E hoje, passando um pouco por essa realidade, traremos um apanhado geral de informações sobre o Pangolim, um mamífero muito amável e conhecida em todo o mundo. Se esse assunto te interessa, se você quer saber mais sobre o Pangolim e entender tudo que se passa com esse animal, então esse artigo foi feito para você, vem com a gente!

Pangolim
Pangolim

Características

Como já introduzimos, o Pangolim é um mamífero da família Manidae que habita basicamente o continente asiático e africano. Ele é conhecido também em várias partes por Tamanduá-Escamoso, por conta de sua aparência muito semelhante a dos tamanduás, porém tendo escamas em todo corpo, o que faz eles serem diferenciados facilmente.

Porém essa denominação não se dá apenas pela aparência, eles também são chamados assim por conta do seu tipo de alimentação que é muito similar a dos tamanduás, tendo em sua dieta principalmente cupins e formigas. É importante frisar também que Pangolim é o nomenclatura utilizada para se referir a todas as oitos espécies de Pangolim existente, sendo elas:

  • Chinês

Pangolim Chinês
Pangolim Chinês
  • Malaio

Pangolim Malaio
Pangolim Malaio
  • Do Cabo

Pangolim Do Cabo
Pangolim Do Cabo
  • Filipino

Pangolim Filipino
Pangolim Filipino
  • Da Barriga Branca

Pangolim Da Barriga Branca
Pangolim Da Barriga Branca
  • Indiano

Pangolim Indiano
Pangolim Indiano
  • Gigante Terrestre

Pangolim Gigante Terrestre
Pangolim Gigante Terrestre
  • Barriga Preta

Pangolim de Barriga Preta
Pangolim de Barriga Preta

Vida Do Pangolim

Como já falamos acima, o Pangolim tem uma pele coberta de escamas, que é exatamente o que ele usa para se defender de predadores, fazendo movimento de enrolar e cobrindo grande parte das áreas frágeis de seu corpo. Porém ele não é forte só na defesa, ele também pode utilizar de suas escamas no rabo para atacar, já que nessa área tem uma ponta afiada e propícia para isto.

Eles têm no geral uma vida solitária, se encontrando basicamente para procriação, eles também levam uma vida noturna, onde geralmente se alimentam e se deslocam. Dependendo da espécie de Pangolim ele poderá variar de 1kg até 30kg, tendo distinção de sexo e uma gestação que poderá durar de 3 a 4 meses, o que é possível após atingir a maturidade sexual aproximadamente aos 2 anos de idade.

Caça

Hoje o Pangolim, infelizmente, não é conhecido por seus hábitos ou simplesmente por ser um animal belo ou selvagem, o Pangolim hoje é protagonista de um cenário fortíssimo de caça e crueldade que vem ganhando holofotes em todo o mundo.

O Pangolim hoje é considerado o animal mais traficado do mundo, isso por conta de seu valor medicinal e pela iguaria que é considerada sua carne, o que acaba tornando o animal um grande alvo de caçadores ilegais. Tendo sua carne utilizada para o preparo de pratos exóticos e suas escamas sendo utilizadas para a confecção de medicamentos o animal está sendo bastante ameaçado, podendo chegar até ao ponto de extinção.

Extinção

Como já falamos acima, o Pangolim é o animal mais traficado atualmente, então iremos adentrar mais profundamente dentro desse tema. Primeiramente, antes de falar sobre a caça do animal em si precisamos falar sobre o seu habitat, já que estamos em uma era de grande desenvolvimento e expansão, é necessário ter atenção a esse ponto.

Quando se fala de desenvolvimento sustentável, fala-se de um desenvolvimento em que tanto nós, quando a fauna e a flora se beneficiem, porém por muito tempo isso não foi a realidade, fazendo com que hoje o primeiro ponto favorável a extinção dos Pangolins seja a destruição humana em seu habitat natural. Em relação a caça, já citamos acima que o principal objetivo dos caçadores vem sendo a obtenção das escamas e da carne do animal, que faz ele ser um alvo.

O assunto é tão sério que até o príncipe do Reino Unido, o príncipe William, fez um apelo e trouxe um alerta para o mundo, chamando atenção que por mais que o Pangolim seja o animal mais traficado ele não é um dos mais conhecidos, e deixando claro o risco de que o animal seja extinto sem ao menos a população saber de sua existência. Porém, mesmo com todo esse alerta o animal ainda é alvo fácil nos países onde ele está presente, podendo ser encontrado facilmente com opções e variedades de pratos produzidos com a iguaria.

Curiosidades

  1. Nome, o nome Pangolim é bastante sugestivo ao animal, caso você não saiba, Pangolim vem do Malaio, uma língua austronésia, que quer dizer animal que se enrola, fazendo referência a posição que o animal entra quando se sente ameaçado de alguma forma.
  2. O Pangolim está presente em vários desenhos conhecidos, um deles é Pokémon, onde vem aparecendo recorrentemente em suas temporadas. Os Pokémons que fazem referência ao animal são Sandslash e Sandshrew.
  3. Você deve conhecer muito bem os jogos onlines, principalmente quando o gênero MOBA está em grande ascensão e ganhando espaço como um esporte virtual em todo mundo. E é em um desses MOBAs, Dota 2, que temos um personagem baseado num Pangolim, o Pangolier.
  4. Os Pangolins engolem pedras, isso mesmo, eles engolem pedras! Mas calma, eles não se alimentam disso, acontece que os Pangolins não tem dentes, então para ajudar no seu processo digestivo, eles engolem pedras para que junto com as espinhas presentes no seu estômago a comida seja triturada.

Conclusão

Conhecer o mundo animal também é uma forma de lutar por ele, de saber quem precisa de ajuda e como podemos ajudar, e é por isso que sempre buscamos trazer informações sobre diversos animais da fauna mundial. Dessa vez trouxemos o Pangolim, um pequeno animal que está a beira da extinção e pode correr o risco de sumir sem que muitas pessoas sequer saibam de sua existência. Então aqui trouxemos um apanhado de informações, desde suas características básicas, seus hábitos e curiosidades do animal para que você realmente saiba tudo sobre a vida desse lindo animal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *