Home / Informações / Minhoca: Nome Científico, Reprodução, Ciclo e Tempo de Vida

Minhoca: Nome Científico, Reprodução, Ciclo e Tempo de Vida

A minhoca é um dos animais mais conhecidos pela humanidade nos dias de hoje. Ao escavar a terra, é fácil encontrar alguma minhoca enterrada por lá. As minhocas são sinais de alta fertilidade na terra para plantação, indicando que tudo que se é plantado naquele local, irá nascer e crescer. Também são muito utilizadas como isca em pescas.

As minhocas estão presentes em nosso solo há mais de 500 milhões de anos e ainda possuem mais de 5 mil espécies por todo o mundo. Mesmo assim, ainda há aqueles que não entendem sua real função em nosso planeta.

Com seus corpos alongados de formato cilíndrico formado por diversos anéis, as minhocas são animais invertebrados que vivem enterradas construindo canais de acesso e arejando a terra.

Conheça a seguir mais informações sobre as minhocas, um bichinho tão comum em nossas vidas e importante para o ecossistema.

Minhocas
Minhocas

As Características das Minhocas

Por conta do formato de seu corpo, alongado e segmentado, as minhocas pertencem ao grupo dos anelídeos. Isso dá pelo fato de as minhocas serem invertebrados, ou seja, não possuem uma estrutura esquelética em seus corpos.

Para auxiliar em sua locomoção e movimentação, as minhocas possuem diversos anéis pelo corpo. Estes anéis são muito práticos para facilitar sua movimentação embaixo do solo.

Sua respiração também se dá pela pele. As minhocas são seres hermafroditas (possuem ovários e testículos), mas isso não quer dizer que elas consigam se reproduzir sozinhas. Há a necessidade de haver uma segunda minhoca para que haja a troca de espermatozoides.

Sua faixa etária pode chegar até aos 16 anos com um comprimento médio de 15 cm. As minhocas possuem capacidade de regeneração do seu corpo. Outro fato sobre as minhocas, é que elas não possuem sistema auditivo e nem visual.

Como As Minhocas Se Alimentam

Muitas pessoas se perguntam sobre qual é o tipo de alimento que as minhocas utilizam para sobreviver. A resposta para esta questão é mais simples do que parece: as minhocas utilizam materiais orgânicos que estão em decomposição no solo para sua alimentação.

O tipo de material orgânico que as minhocas utilizam, varia de local para local, pois depende do que há por perto para que haja esses dejetos descartados e absorvidos pelo solo local. A variedade de animais que podem se tornar alimentos para as minhocas são imensas. Vegetais, flores e folhas também viram alimentos para as minhocas quando entram em decomposição.

Estrutura Corporal Das Minhocas

A estrutura corporal das minhocas é outro assunto bem interessante e costuma trazer curiosidade para as pessoas. Sua aparência é bem simples, porém sua estrutura é mais complexa e desenvolvida do que parece.

O sistema nervoso das minhocas é composto por gânglios, item responsável pela transmissão e condução motora das informações tanto sensoriais quanto motoras percebidas e recebidas pelas minhas pelas mais variadas partes de seu corpo.

Em relação ao seu sistema de circulação sanguínea do tipo fechado, também se percebe sua total organização e definição, sendo responsável pela troca de gases com o meio ambiente.

O sistema digestivo das minhocas também é bem completo, sendo composto por estruturas como a boca, intestino e ânus.

A função e a importância da minhoca no meio ambiente

A minhoca, um simples animal de pequeníssimo pertencente ao nosso mundo possui uma série de funções importantes para o meio ambiente e, consequentemente, para nossas vidas. A maioria das pessoas desconhecem sua real importância. Veja a seguir algumas das funções importantes que a minhoca possui em vida.

  • Ventilação do solo

Como as minhocas circulam por baixo do solo, elas acabam realizando diversos túneis que servem como fontes de ventilação para a terra. Isso auxilia na ventilação de raízes de plantas e na penetração das águas de chuvas e regas do homem. Isso ajuda no desenvolvimento das plantas ali cultivadas.

  • Alimentos e cosméticos

Em alguns países, as minhocas também são utilizadas como pratos naturais para a alimentação da população. Em algumas empresas, também são utilizadas para confecção de alguns cosméticos naturais.

  • Auxilio no crescimento e desenvolvimento de plantas

As minhocas são serem detritívoros, ou seja, elas se alimentam de restos de vegetais e animais que se decompõe no solo onde elas vivem.

Depois de se alimentar, seu organismo libera seus resíduos através das fezes. Nessas fezes, pode-se encontrar um tipo de bactéria do tipo decompositora.

Essas bactérias liberam uma substancia de nome húmus, que é responsável pelo crescimento de plantas no solo. No húmus pode-se encontrar diversos nutrientes para plantação, como nitrogênio, fosforo e potássio.

Circulação

Quando se trata da circulação sanguínea das minhocas, consideramos como do tipo fechada. Este tipo de circulação nas minhocas consiste em manter o sangue totalmente canalizado.

As minhocas possuem dois vasos sanguíneos principais em seu organismo: vaso dorsal e vaso ventral. Ambos os vasos são ligados de forma transversal através de cinco vasos contráteis. Cada vaso contrátil é considerado com o um coração dentro da minhoca.

Toda a distribuição de nutrientes concebidos nos alimentos e do gás oxigênio ou carbônico adquirido em sua respiração é de responsabilidade da corrente sanguínea realizar.

Reprodução

Sendo seres hermafroditas incompletos, as minhocas possuem testículos e ovários precisando, assim, de um parceiro para a reprodução já que não são capazes de se reproduzir sozinhas. Este fenômeno de troca de espermatozoides das minhocas é denominado de fecundação cruzada.

Durante o acasalamento, as duas minhocas se unem pelo clitelo. É nesta região que há uma alta concentração de muco, sendo de grande auxilio para a troca dos espermas de ambas as minhocas.

Depois de terminado o acasalamento, as duas minhocas se separam e as duas passam a produzir uma espécie de casulo com vários ovos. Estes ovos são depositados no solo, que após alguns dias quebram e saem filhotes de minhocas do casulo.

A época de reprodução das minhocas não pode ser definida por estações, como com outros animais. A época de reprodução das minhocas é baseada de acordo com a condição climática do local. As minhocas se reproduzem apenas quando a temperatura do solo está totalmente favorável para o ato.

Geralmente a fecundação ocorre no período noturno de dias quentes e úmidos. São em dias como estes que as minhocas procuram por um parceiro para se acasalarem.

Segundo pesquisas, uma única minhoca é capaz de deixar durante seu tempo de vida de 100 a até 140 descentes por ano. Por isso a minhoca é um dos animais mais populares que conseguirmos encontrar em nosso meio ambiente.

Sistema Digestivo

As minhocas possuem um sistema com o tubo digestivo completo. Isso que dizer que que seu tudo digestivo inicia-se em sua boca, finalizando em seu ânus.

Durante todo este percurso, os alimentos ingeridos pelas minhocas passam pela boca até a sua faringe muscular (responsável no auxílio da entrada do alimento e maceração), seguindo até o esôfago, papo (local onde o alimento fica armazenado durante um período até que haja a iniciação da digestão química do alimento), seguindo pela moela para ser triturado. A moela da minhoca, é onde se encontra sua parede muscular mais forte, a fim de separar toda matéria inorgânica da matéria orgânica.

Sistema respiratório

As minhocas não possuem nariz e nem traqueias. Seu sistema respiratório funciona através das partes externas de seu corpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *