Home / Informações / Medusa Animal: Curiosidades, Reprodução, Fotos e Nome Científico

Medusa Animal: Curiosidades, Reprodução, Fotos e Nome Científico

As medusas – águas-vivas, são invertebrados que, juntamente com corais, gorgônias e anêmonas, pertencem a um grupo chamado cnidários (knidé = urtiga, do grego). Este grupo de animais possui células pungentes que eles usam para capturar suas presas e como forma de defesa. Essas células contêm uma cápsula com um filamento enrolado e um veneno. Quando um animal (presa) entra em contato com a água-viva, a cápsula se abre e os filamentos são ejetados e grudam na presa, injetando seu veneno.

As águas-vivas são animais pelágicos que vivem em mar aberto das águas tropicais às árticas e, embora possam se impulsionar com movimentos rítmicos de seu guarda-chuva, estão basicamente à mercê das correntes do mar.

Realmente uma água viva

Como seu corpo é 95% de água, eles estão perfeitamente camuflados. O corpo de uma água-viva exibe simetria radial e é dividido em três partes principais: o guarda-chuva, os braços orais (ao redor da boca) e os tentáculos ardentes. Eles têm uma cavidade interna, na qual a digestão é realizada. Esta cavidade tem uma única abertura que funciona tanto na boca quanto no ânus.

Medusa Animal
Medusa Animal

 Comida

A água-viva é carnívora e pode aumentar rapidamente de tamanho e procriar em grande número quando a comida é abundante. No entanto, se a comida é escassa, eles podem se tornar menores. Estes animais, de consistência gelatinosa, possuem uma anatomia pouco sofisticada que é, no entanto, muito eficaz. Alimentam-se principalmente de zooplâncton, pequenos crustáceos e, em alguns casos, pequenos peixes e outras águas-vivas também fazem parte de sua dieta. É uma visão estranha ver as últimas presas da água-viva dentro de seu corpo antes de serem digeridas.

Reprodução

Para se reproduzir, os machos e as águas-vivas liberam esperma e óvulos na água (reprodução sexual). Após a fertilização, eles desenvolvem larvas que dão origem a novas medusas ou pólipos que se depositam no fundo do mar. A partir desses pólipos, por meio da reprodução assexuada, novas medusas de vida livre podem se desenvolver.

Defesas

Os tentáculos, com suas células picadas, servem como defesa e uma arma poderosa para capturar presas. Quando entram em contato com suas vítimas, os nematocistos (células carregadas de veneno) presentes nos tentáculos liberam seus arpões ou filamentos e liberam uma substância tóxica que paralisa a presa. Os braços orais ajudam na captura e ingestão do animal capturado.

Predadores naturais

Entre os predadores da água-viva, foram identificados: peixes-sol oceânicos, peixes-porco-cinzento, tartarugas (especialmente a tartaruga-de-couro), algumas aves marinhas (como as fulmars), o tubarão-baleia, alguns caranguejos (como a flecha e o eremita). caranguejos), algumas baleias (como as jubarte).

Alguns outros cnidários, como anêmonas, certos nudibrânquios (pequenos moluscos sem casca) também se alimentam das medusas. Alguns deles podem até assumir as células pungentes para usar em sua própria defesa.

Curiosidades sobre as medusas: 

1. Medusas podem se clonar

Se uma medusa, por alguma circunstância, é cortada ao meio, as suas partes iguais podem se regenerar rapidamente e criar duas novas medusas. Da mesma maneira, se uma água-viva é machucada, ferida, passa por algum processo de dilaceração, ela tem a capacidade de se clonar e produzir até mesmo centenas de novas versões de si mesma. Isso é que eu chamo de se reinventar!!!

2. Medusas podem brilhar no escuro

Diversas medusas possuem órgãos com bioluminescência, ou seja, que produzem luz. Essa luz emitida pode ajudar esses animais de várias maneiras, como distrair predadores ou atrair suas presas. 

3. Algumas medusas não morrem

Imortalidade. Existem duas etapas da vida de uma medusa: A fase de pólipo estacionário e o processo de medusa móvel. É na segunda fase que nos referimos.

Como isso acontece? A água-viva pode desenvolver  a habilidade de voltar ao estágio inicial, de pólipo, em circunstâncias de alto estresse.

Medusa Animal
Medusa Animal

4. A águas vivas nos ensinam sobre propulsão subaquática

As movimentações das águas vivas com formato de sino, deram aos pesquisadores uma outra visão da propulsão.

Seus corpos semelhantes ao formato de um guarda-chuva possuem muita flexibilidade, e tudo isso em conjunto permitem que esses corpos pulsem para baixo e para cima, sem que haja gasto excessivo de energia.

Com base nisso, alguns pesquisadores estão criando robôs com essas características, que um dia poderão servir de modelo para construção de veículos submarinos mais eficientes.

5. Nem todas as medusas possuem tentáculos

A espécie Scyphomedusa deepstaria é uma que não necessita de tentáculos para prender outro animal.

6. Medusas não possuem cérebro

Onde seria o cérebro das medusas já ligamentos nervosos que percebem mudanças no ambiente e comandam as respostas do animal. 

7. Há uma água-viva gigante chamada de malvada rosa

A nomenclatura científica dessa água-viva é Drymonema larsoni. Por sua picada muito agressiva e por sua coloração ganhou o apelido de “malvada rosa “.

8. Caramelo salgado de medusa

Sabemos que algumas tartarugas se alimentam de água-viva, e medusas maiores podem se alimentar de medusas menores, mas afinal, a medusa é própria para consumo humano?

Alguns estudantes do Japão criaram uma receita de caramelo salgado, onde eles usaram como base da receita água-viva motorizada, que era uma água-viva invasiva.

Se ficou bom, não sabemos, mas é melhor não arriscar pescar uma, não é?

9. Proteínas de medusa para aparelhos médicos

Derivados da fluorescência do corpo das medusas podem ser usados para funcionar dispositivos médicos futuramente.

10. Medusas são ótimas em entupir canos e desligar reatores nucleares

As medusas já foram as responsáveis ​​pelo entupimento de diversos reatores nucleares, que, na maioria das vezes, dependem da circulação da água do oceano. 

Quando estão em muitas, elas podem entupir canos, e fazendo essas instalações pararam o funcionamento.

11. Algumas águas vivas são confundidas com sacos de lixo.

A espécie que mais se parece com sacos de lixo é a Deepstaria enigmatica, e comumente habitam em águas árticas.

12. Água-viva pode ocupar todo o oceano

Você pode ter lido notícias que falavam que as medusas podem tomar conta do oceano, e, realmente, já debates sobre essa possibilidade. Tendo em vista que elas se multiplicam e migram muito dependendo das condições da água.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *