Home / Informações / Macaco-narigudo: Características, Curiosidades e Fotos

Macaco-narigudo: Características, Curiosidades e Fotos

Animal com origem nas florestas tropicais de Bornéu, no oceano Índico, o macaco narigudo (Nasalis larvatus) pertence a família Cercopitecídeos. Seu nome advém de uma característica física, ele exibe um nariz comprido e saliente. 

Características do macaco narigudo

Este mamífero detém pelos acastanhados. Ele vai se tornando vermelha na parte da cabeça e ombros, e cinza nas pernas, braço e cauda. Alcança até os 70 centímetros de comprimento e pesa cerca de 23 quilogramas, com as fêmeas pesando apenas metade dessa massa. É uma criatura muito arbórea, passando a maior parte do seu dia e da sua vida em cima das árvores. Ele só desce ao solo quando está a procura de comida. 

Costuma viver em áreas rodeadas de rios, pântanos e mangues. 

Macaco-narigudo
Macaco-narigudo 

Um fato muito curioso sobre o indivíduo é que ele é capaz de nadar. Isso é possível graças às membranas presentes nos dedos de suas mãos e pés. Por causa disso, ele – na fase adulta –  consegue ser mais rápido que o crocodilo na água, com este sendo o maior predador da espécie.  

Cada macho dominante pode ter um harém com duas a sete fêmeas, mais suas crias. Os bandos costumam se reunir próximo às margens de rios, manguezais, etc, para dormir. 

Os cientistas acreditam que seu nariz apareceu para dar ao macaco mais habilidade na hora de gritar, ampliando esse ruído. Este ruído é usado para atrair as parceiras e assustar os rivais. Isso acontece graças a uma câmera de eco presente na região. 

Graças a essa característica também conseguem emitir todo o tipo de som para se comunicar com os seus. E somente o macho apresenta esse nariz saliente. As fêmeas têm essa região em um tamanho “normal”, mas a ponta é mais pontuda. 

Alimentação

O macaco-narigudo é onívoro e se alimenta de folhas, sementes, frutos verdes e insetos. Outra fato interessante é que eles não podem comer fruta madura porque o açúcar desta seria fermentado pelas bactérias, fazendo com que o estômago do bicho inchasse, levando a sua morte. E falando neste órgão, este é complexo e recorre a flora intestinal para que seja possível realizar a digestão. 

Reprodução

As fêmeas dão à luz a um filhote por vez. A gestação dura cerca de cinco meses e meio. Quando os bebês nascem, exibem um rosto com pelos azuis, quase pretos. Isso vai mudando conforme ele vai envelhecendo. Este fica com a mãe até ela ter outro filho ou até ele completar um ano de idade. 

A espécie atinge a maturidade sexual por volta dos quatro ou cinco anos de idade, mas as fêmeas chegam a tal fase antes do macho, como acontece com a maioria dos animais. 

Status de conservação 

Cada dia mais o primata vê seu habitat sendo destruído para dar espaço a casas e plantações de óleo de palma. A madeira também é utilizada em outros setores. 

Tudo isso obrigada o animal a passar mais tempo no chão e realizar viagens mais longas para poder encontrar comida. Isso aumenta a chance deles encontrarem predadores terrestres pelo caminho, como jaguares e indígenas, que caçam a criatura para comer sua carne. 

Atualmente, é uma espécie protegida e tanto a sua caça, quando a sua captura é proibida. Tais atitudes foram tomadas para parar o declínio de sua população. 

13 Curiosidades sobre o Macaco Narigudo 

  1. Assim como outros primatas, eles acasalam sem necessariamente precisar procriar. 
  2. As crias costumam nascer durante a noite ou ao nascer do sol.
  3. Segundo algumas crenças da Indonésia, esse macaco tem a missão de iluminar os caminhos da humanidade, dando exemplos de amor aos semelhantes, caráter e iluminação espiritual. Ele também é conhecido como uma espécie de líder espírita, guiando nações para um caminho de luz. 
  4. No caso dessa espécie, tamanho é documento, sim. Os animais com grandes narizes têm uma corpo maior, assim como órgãos sexuais mais avantajados, com cerca de 3 centímetros de largura só de testículos. Isso também interfere na hora de ser escolhido por uma parceira, afastando os machos “menos férteis”. 
  5. Os macacos com características faciais mais delicadas costumam viver em grupos de solteiros. 
  6. Ele tem quatro estômagos.
  7. Sua barriga saliente representa um terço da massa do seu corpo. 
  8. Tem hábitos diurnos. 
  9. Consegue mergulhar até 20 metros de profundidade e percorrer longas distâncias. Mas só o fazem quando necessário, como para para fugir dos predadores ou simplesmente para chegar em algum destino. 
  10. Sua expectativa de vida é de 20 anos.  
  11. Além de serem caçados por sua carne, ele também é morto por seu bezoar. Esta é uma substância em formato de pedra que se forma no estômago dele. Este é usando como remédio para diversas doenças humanas. 
  12. Ele é caçado pelo homem, crocodilo de água doce, leopardo-nebuloso e gavial-da-malásia. 
  13. Acredita-se que a população atual do macaco gire em torno de 7 mil exemplares. 

Os animais de Bornéu

Bornéu é conhecido por abrigar alguns animais peculiares, e o macaco-narigudo é apenas um deles. 

1 – Urso do sol 

Urso do sol
Urso do sol

Este urso é considerado o menor do mundo, com apenas um metro e vinte centímetros de comprimento. É encontrado principalmente nas florestas tropicais do sudeste da Ásia. Apesar do nome, é um bicho de hábitos noturnos. Ele se alimenta de várias plantas e animais. Muitos chineses acreditam que ele possui um poder de cura especial. É endêmico de Bornéu. 

2 – Leopardo Nublado 

Leopardo Nublado
Leopardo Nublado

Criatura de tamanho médio, também habita a região sudeste da Ásia. Atualmente se encontra “vulnerável” na lista da IUCN devido a sua caça por causa da pele e pela destruição do seu habitat. Em algumas regiões do seu local de origem, é considerado uma iguaria na gastronomia. 

3 – Elefante de Bornéu 

Elefante de Bornéu
Elefante de Bornéu

O elefante pigmeu de Bornéu vive apenas na parte nordeste dessa região. Atualmente, acredita-se que exista apenas 1500 indivíduos. Ele é uma subespécie endêmica dos elefantes asiáticos. 

4 – Rinoceronte Bornéu 

Rinoceronte Bornéu
Rinoceronte Bornéu

Este é o menor rinoceronte do mundo e também um dos mais ameaçados. Atualmente, só existem 100 deles. A maior ameaça ao animal são seus chifres, que muitos acreditam ter poderes medicinais, muito maiores do que o do Africano. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *