Home / Informações / Jacaré Do Pantanal: Ficha Técnica e Peso

Jacaré Do Pantanal: Ficha Técnica e Peso

O jacaré do Pantanal é um réptil que pertence à ordem Crocodylia e à família Alligatoridae. É um animal da espécie Caiman yacare com distribuição na América do Sul, mais precisamente nas regiões alagadas do nordeste e leste da Bolívia, centro-oeste do Brasil, no Pantanal brasileiro e afluentes do rio Madeira, no Paraguai e no nordeste da Argentina. O jacaré do Pantanal ocupa uma grande variedade de ambientes aquáticos na região do Pantanal e em alguns outros rios, como o Guaporé, Mamoré, Madeira e Paraguai, mas as maiores densidades populacionais ocorrem no Pantanal, de forma que a espécie é considerada uma das mais emblemáticas do ecossistema, sendo muito procurado por turistas.

Jacaré Do Pantanal
Jacaré Do Pantanal

O jacaré do Pantanal é um animal de tamanho médio, com cerca de dois metros e chegando a comprimentos de mais de três metros. Apresenta coloração escura, variando de preto e marrom a um tom verde-oliva, com faixas transversais amareladas. Sua coloração mais escura permite que o animal absorva mais luz solar e regule suas temperaturas corporais. A temperatura da espécie varia ao longo do ano, de acordo com variações nas temperaturas do ar e da água. De outubro a março, a temperatura dos animais varia entre 28 e 33 graus Celsius, enquanto de abril a setembro, varia entre 17 e 34 graus. Em dias de ausência de fonte externa de calor, os indivíduos da espécie permanecem submersos ou abrigados na vegetação aquática. Esse tipo de comportamento é característico de espécies heliotérmicas ou termoconformadoras. O jacaré do Pantanal possui uma boca muito grande, com cerca de 80 dentes. Quando ainda jovens e de pequeno porte, os indivíduos de jacaré do Pantanal pesam em torno de 150 kg e chegam a dobrar sua massa quando adultos, ultrapassando os 300 kg.

O Habitat Do Jacaré Do Pantanal

O Pantanal é uma das maiores planícies de inundação do planeta , sendo um ecossistema drenado pelo Rio Paraguai e, em função do relevo e da baixa declividade, a inundação sazonal constitui um dos principais fatores que afetam os processos ecológicos. Assim, a região do Pantanal apresenta uma alta diversidade de habitats aquáticos e de espécies e parece que o jacaré do Pantanal representa um importante componente desse sistema. As variações de inundações com os momentos de seca e cheia determinam a produtividade do ecossistema e são fundamentais para o ciclo de vida e para a dinâmica populacional do jacaré do Pantanal. A situação de cheia e seca levou ao desenvolvimento de estratégias de adaptação aos momentos de escassez alimentar.

Habitat Do Jacaré Do Pantanal
Habitat Do Jacaré Do Pantanal

O jacaré do Pantanal apresenta uma alta densidade populacional e pode ser encontrado em uma variedade de tipos de ambientes aquáticos, que incluem zonas úmidas como baías, salinas, corixos, brejos, além de rios e lagos e está frequentemente associado a tapetes flutuantes de vegetação. Normalmente, a espécie é encontrada ativa na água, mas pode também manter atividades nos ambientes terrestres. Na estação seca, de agosto a dezembro, observam-se deslocamentos em grupos que possivelmente estão relacionados a vários fatores, tais como a disponibilidade e busca de alimento e reprodução.

A Alimentação Do Jacaré Do Pantanal

O jacaré do Pantanal apresenta, normalmente, comportamento alimentar passivo, mantendo a boca aberta em um fluxo de água e fechando-a a cada poucos minutos.  A espécie apresenta uma dieta diversificada, incluindo várias ordens de invertebrados e vertebrados. Alimentam-se de insetos, moluscos, caranguejos, peixes pequenos, cobras, anfíbios, pequenas aves e mamíferos. Quando jovens, durante o primeiro ano de vida, a dieta é composta majoritariamente por invertebrados. À medida que acrescem, os indivíduos são capazes de comer presas maiores, mas os peixes são uma importante classe de alimento para todos os tamanhos de jacarés. Quando se alimenta de uma presa pequena, o jacaré simplesmente a engole inteira, mas quando a vítima é maior, ela é segurada pelas mandíbulas, sacudida, sendo despedaçada e posteriormente engolida. As fezes do jacaré do Pantanal são extremamente nutritivas, servindo como alimento a peixes e outros vertebrados e invertebrados aquáticos.

A Reprodução Do Jacaré Do Pantanal

O período de reprodução do jacaré do Pantanal ocorre normalmente ao final da estação seca, com níveis de água mais baixos. Após o acasalamento, o jacaré do Pantanal constrói seus ninhos utilizando restos de folhagens e gravetos dentro da mata, próximos a corpos d’água. A fêmea do jacaré do Pantanal constrói um ninho na mata, no qual geralmente são depositados uma quantidade média de 25 ovos. A deposição dos ovos ocorre então posteriormente, normalmente no meio da estação chuvosa, de janeiro a março. As fêmeas mantêm-se protegendo o ninho durante a incubação, que dura de 70 a 80 dias. A guarda dos ovos é provavelmente influenciada pelos efeitos da pressão de caça, de forma que as fêmeas em áreas de maior pressão de caça são mais cautelosas e tendem a abandonar o ninho depois que os ovos são colocados.  

Jacaré Do Pantanal Filhote
Jacaré Do Pantanal Filhote

A temperatura em que os ovos são incubados determina o sexo do jacaré do Pantanal: altas temperaturas resultam em embriões machos e baixas temperaturas, em fêmeas. A variação das temperaturas dentro dos ninhos e a consequente influência na determinação dos sexos dependem da insolação, da chuva e a temperatura do ar. As fêmeas apresentam cuidado parental, permanecendo ao lado de seus filhotes até que completem um ano de vida. As inundações e a predação dos ninhos têm sido consideradas as principais causas de mortalidade dos ovos do jacaré do pantanal. Os principais predadores de ovos de jacarés incluem lobinhos, quatis e porco-monteiro. O jacaré do Pantanal é capaz de se reproduzir de forma relativamente rápida em comparação com outras espécies de crocodilianos, ajudando a reduzir os efeitos da pressão de caça. O jacaré do Pantanal é considerado pouco ameaçado de extinção, mas a caça predatória ainda constitui uma ameaça para a espécie.

Ficha Técnica Do Jacaré Do Pantanal

  • Nome científico: Caiman yacare
  • Distribuição geográfica: América do Sul, do sul da bacia Amazônica, até a Argentina, incluindo a Bolívia e o Pantanal
  • Habitat: variedade de ambientes aquáticos: baías, salinas, corixos, brejos, rios e lagos; frequentemente associado a tapetes flutuantes de vegetação
  • Alimentação: dieta variada, incluindo invertebrados, como moluscos, insetos e crustáceos, e vertebrados, como peixes, cobras, anfíbios, pequenas aves e mamíferos
  • Tamanho: 2.5 a 3 metros de comprimento
  • Peso: chegam até 300 kg
  • Status de Conservação: pouco ameaçado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.