Home / Informações / Golfinho: Sono, Peso, Tamanho e Fotos

Golfinho: Sono, Peso, Tamanho e Fotos

Os golfinhos são animais bastante conhecidos e carismáticos. Além de serem um dos animais mais inteligentes do mundo, os golfinhos são um dos animais que mais possuem hábitos e costumes semelhantes ao dos humanos.

São várias espécies e características de diferentes dos golfinhos, sendo 37 espécies diferentes já catalogadas. Há até espécies de animais aquáticos que muitos confundem ou não sabem que pertencem a uma das espécies de golfinhos.

Curioso em aprender mais sobre os golfinhos? Conheça no post de hoje informações sobre as características dos golfinhos, seu peso, altura, tamanho, alimentação, predadores e as principais curiosidades sobre esta espécie de animal aquático. Confira!

Golfinho
Golfinho

Características Dos Golfinhos

Da mesma ordem que as baleias Cetacea e pertencente a família Delphinidae, os golfinhos é a maior família desta ordem, possuindo 37 espécies já catalogadas por pesquisadores. São perfeitamente adeptos a viverem nas águas. Há golfinhos de águas salgadas e golfinhos que podem viver em rios. Seu nado pode atingir velocidades de até 40km/h com saltos de até 5 metros de altura para fora das águas. Os golfinhos são animais acrobatas.

Uma das fortes características dos golfinhos, se dá ao fato deles serem animais extremamente sociáveis, principalmente com humanos. Os golfinhos são animais mamíferos aquáticos, com uma dieta baseada em lulas e peixes. O tamanho de um golfinho pode variar de acordo com sua espécie chegando de 1,5 metros a 10 metros. O seu peso pode variar de 50 quilos a 7 toneladas.

Sua estrutura é fina e longa, dando a impressão de que sua cabeça é pontuda. Os golfinhos possuem a testa amassada. Algumas espécies possuem um formato diferente de cabeça, podendo ser mais quadrada ou retangular. É na testa do golfinho que fica armazenado internamente o seu deposito de gordura, denominado de “melão”. Outa característica dos golfinhos também é que as maiorias das espécies de golfinhos possuem barbatanas dorsais. Os golfinhos, assim como os humanos, também praticam sexo apenas por prazer e não somente para reprodução. Vivendo de 25 a 30 anos, os golfinhos dão a luz a apenas um filhote por estação reprodutiva.

São conhecidos por seu alto grau de inteligência. Os golfinhos fazem parte do 2º grupo de animais que possuem a maior diversidade de comportamentos não ligado a alimentação e a reprodução, perdendo apenas para os humanos.

A Alimentação Dos Golfinhos

A dieta dos golfinhos é baseada em lulas e peixes. Os golfinhos são animais caçadores e adoram caçar cardumes de peixes em grupos.

A espécie de golfinho chamada “orca”, além de lulas e peixes, também se alimentam de tubarões, aves, baleias, morsas etc.

Os Predadores Dos Golfinhos

Assim como qualquer ouro animal na cadeia alimentar, os golfinhos possuem seus predadores. Os principais predadores dos golfinhos os tubarões de grande porte, as orcas (que também é uma espécie de golfinho gigante) e, infelizmente o homem.

É sabido que os pescadores de atum procuram os grupos de caça dos golfinhos afim de se beneficiar do momento em que estes animais vão para suas caças atrás de peixes e lulas, inclusive de cardumes de atum. Um dos problemas que pode acontecer durante este aproveitamento, é o golfinho se enroscar, por acidente, na rede dos pescadores e se sufocar enquanto se alimentam dos peixes ali presente.

O Sono Dos Golfinhos

Como os golfinhos são animais mamíferos apresentando respiração pulmonar, estes animais precisam, constantemente, realizar a hematose. Este processo se dá a partir do oxigênio presente em nossa atmosfera. É por conta deste processo de respiração que os golfinhos sobem diversas vezes a superfície das águas.

Diversas outras espécies de animais aquáticos que são mamíferos e possuem respiração pulmonar, também realizam o processo de hematose.

Por conta disso, o processo de sono destes animais, inclusive dos golfinhos, é diferente. Para poderem dormir, o sono dos golfinhos é baseado no principio de alternação dos hemisférios cerebrais.

Neste processo de alternação dos hemisférios cerebrais, um lado do hemisfério cerebral se torna inconsciente, de modo que o outro lado do hemisfério cerebral continue ativo a fim de continuar realizando a captação de oxigênio na superfície.

Espécies E Gêneros De Golfinhos

Vivendo em águas salgadas e outras espécies em águas de rios, os golfinhos possuem 37 espécies diferentes.

Suas características alimentares, reprodutivas e comportamentais se alteram conforme sua espécie.

Aqui no Brasil, em cidades litorâneas, possuímos a cultura de distinção entre golfinho e boto. Esta diferenciação é muito comum, não só nas regiões litorâneas entre as caiçaras, mas também no país todo.

Segundo esta cultura, é dito que quanto mais próximo as praias o animal estiver, eles são chamados de boto. Já os animais que vivem mais distantes, são considerados golfinhos.

Algumas das espécies mais conhecidas de golfinhos são:

  • boto cinza (Sotalia guianensis);
  • boto rosa;
  • golfinho cinzento;
  • delfim comum ou golfinho comum de bico curto (Delphinus delphis);
  • golfinho de bico branco (Lagenorhynchus albirostris);
  • orca, ou ainda conhecida como baleia assassina (Orcinus orca);
  • golfinho comum de bico longo (Delphinus capensis); e
  • tucuxi (Sotalia fluviatilis).

Completando ainda a listagem de espécies de golfinhos, temos os golfinhos que são poucos conhecidos

  • Baleia piloto de peitorais curtas (Globicephala macrorhynchus);
  • Baleia piloto de peitorais longas (Globicephala melas);
  • Golfinho ampulheta (Lagenorhynchus cruciger);
  • Golfinho chileno (Cephalorhynchus eutropia);
  • Golfinho clímene (Stenella clymene);
  • Golfinho comum de bico muito longo (Delphinus tropicalis);
  • Golfinho corcunda do atlântico (Sousa teuszii);
  • Golfinho corcunda do índico (Sousa plúmbea);
  • Golfinho corcunda indopacífico (Sousa chinensis);
  • Golfinho de commerson (Cephalorhynchus commersonii);
  • Golfinho de dentes rugosos (Steno bredanensis);
  • Golfinho de heaviside (Cephalorhynchus heavisidii);
  • Golfinho de hector (Cephalorhynchus hectori);
  • Golfinho de laterais brancas do atlântico (Lagenorhynchus acutus);
  • Golfinho de laterais brancas do pacífico (Lagenorhynchus obliquidens);
  • Golfinho de peale (Lagenorhynchus australis);
  • Golfinho de risso (Grampus griséu);
  • Golfinho do crepúsculo (Lagenorhynchus obscurus);
  • Golfinho flíper comum (Tursiops aduncus);
  • Golfinho listrado (Stenella coeruleoalba);
  • Golfinho pintado do atlântico (Stenella frontalis);
  • Golfinho pintado pantropical (Stenella attenuata);
  • Golfinho roaz ou Golfinho nariz de garrafa (Tursiops truncatus); e
  • Golfinho rotador (Stenella longirostris);

3 Curiosidades Sobre Os Golfinhos

1º Os Golfinhos Amam Conviver Em Grupo

Os golfinhos são animais bem sociáveis, gostando de viver em grupos. Eles podem fazer parte de grupos de até 500 golfinhos

2º Eles Gostam Da Superfície Das Águas

Estes animais aquáticos conseguem mergulhar em profundidades de até 300 metros, ficando até 8 minutos sem respirar debaixo da água, mas o que os golfinhos gostam mesmo é de ficar na superfície das águas acompanhando barcos e navios.

3º São Animais Dóceis

Os golfinhos são animais super dóceis e o mais incrível: os golfinhos adoram a companhia dos humanos. Há casos registrados de pessoas que naufragaram em alto mar e um grupo de golfinhos ficaram ao redor dessas pessoas cuidando delas para que os tubarões que estavam por ali presente não as machucassem até que o resgate chegasse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *