Home / Informações / Gato Norueguês da Floresta

Gato Norueguês da Floresta

O gato norueguês da floresta, também podendo ser chamado de bosque da Noruega, é um gato que veio das florestas, como o próprio nome já sugere, da Escandinávia, ou, como o nome já diz, dos bosques da Noruega.

São muito comuns por essa região, podendo ser ainda encontrados vivendo de forma selvagem. Até aproximadamente 1980 só existiam na Noruega, depois acabaram se espalhando pelo resto do mundo.

No Brasil, provavelmente chegaram na década de noventa aos pouquinhos. Ou seja, é uma raça bem recente por aqui. A maior população se encontra na Suíça. De origem meio incerta, provavelmente se originaram do cruzamento de gatos diferentes. Foi reconhecida como raça na Noruega no ano de 1930. Ainda é possível encontrar eles vivendo de forma selvagem na Dinamarca, Suécia e Noruega. Como a maioria das raças de gato, também existem algumas lendas a respeito do seu surgimento. Umas delas conta que eles eram aproveitados com caçadores de ratos nas embarcações vikings.

Pelos Repelentes

Uma curiosidade é que pelo seu país de origem, a Escandinávia, ser um país muito frio com queda de neve e vento frio, seu pelo é repelente a água, possuem bastante subpelos justamente para ter essa repelência a água, além da água, adquiriram o pelo grosso e longo para se adaptarem ao frio em geral, principalmente na região do pescoço,

Parece até um cachecol natural de tanto pelo, chegando a lembrar também um leãozinho. Ou seja, um banho de um norueguês quando necessário é bem característico, pois levam um tempinho a mais para secarem pela quantidade e pelo volume de pelo.

Características do Gato Norueguês da Floresta

Lembram muito as raças de gato Maine coon e o gato siberiano, são bem parecidos, também são gatos grandes, com a cauda longa e pelos longos, o que mais os diferenciam é a cabeça.

Tem o perfil mais reto e uma certa triangulação na face. É a terceira maior raça de gato do  mundo. São compridos e elegantes, porte grande, ele pesa de oito a doze quilos. Têm a mandíbula forte e a ossatura robusta.

Uma outra curiosidade é que as patas traseiras do norueguês da floresta são mais altas do que as patas dianteiras. Tendo a característica de serem bons saltadores, um trepador por natureza, característica comum dos gatos, mas essa raça no caso, salta com mais precisão e facilidade.

Outra curiosidade é que eles comumente descem as árvores de cabeça para baixo. Outro gosto bem comum entre os gatos, subir e descer árvores, mas no caso dele mais acentuado, afinal, ele é da floresta.

A expectativa de vida deles é bem longa, até mesmo por não terem doenças genéticas que são mais comuns em outras raças, podendo chegar de quatorze a dezesseis anos.

Cuidados Especiais Com o Seu Gato da Floresta

Apesar de não terem doenças genéticas que são mais comuns em outras raças, eles não precisam de menos cuidado, mas tanto cuidado quanto.

Fora os cuidados comuns com gatos no geral, como alimentação específica de qualidade, higiene periódica, brinquedos, arranhador, atenção, carinho, o que o cuidador deve tomar mais cuidado e ter mais atenção é novamente, o pelo.

Por terem bastante pelo e serem longos, a escovação deve ser feita pelo menos uma vez por semana para evitar bolas de pelo e nós, principalmente nas trocas de pelos. Ainda por conta do pelo, por serem repelentes a água e terem subpelos, é necessário uma secagem bem feita após o banho quando necessário para não ter nenhum tipo de problema de saúde oriundo dessa falta de cuidado.

Mas se para você, um gato que solta muito pelo é problema, pense duas vezes, pois eles soltam muito pelo, ainda mais na troca, caracteristicamente por terem além da quantidade de pelo comum de um gato peludo, o subpelo.

Outra característica específica dessa raça apesar de ser comum em todos os gatos, é a caça. Então se já ficamos com um pezinho atrás se temos além de um gato, uma ave, com ele ficaríamos ainda mais. O cuidado teria que ser redobrado, acostumando-os desde filhotinhos e ainda assim com medo de algum ataque acontecer.

Por terem personalidade caçadora, é recomendável telar janelas, principalmente se você mora em prédio ou apartamento. Lembrando que lugar de gato é em casa, mesmo que você solte o pet para desfrutar do espaço livre às vezes, o que é recomendável inclusive. Se esse lugar for dentro de casa, por terem o instinto selvagem de quem vem dessa liberdade ao ar livre, é comum que essa raça suba em árvores e cace, desta forma, é necessário todo cuidado e proteção para não fugirem ou se perderem.

Como Estes Gatos São?

Por terem vivido de forma selvagem nas florestas e bosques, são muito inteligentes, cautelosos e caçadores. Tem um ar de selvagem, mas se mescla com uma personalidade tranquila e mansa.

Quem tem mais de um gato sabe que uns não são de miar muito, só miam para pedir a comida que o dono está demorando a colocar, mas alguns miam tanto que não tem nem mais motivo possível para tal. Esse felino por exemplo, não é de miar muito, só às vezes quando resolve ter pequenas conversas sobre o seu dia com o seu admirador que bem que gostaria de saber se conseguissem mesmo contar.

Ainda no âmbito de sua personalidade, alguns gatos são mais acanhados que outros, uns, assim que aparece alguém estranho na casa, correm se esconder, antes mesmo que sejam vistos, já outros, correm brincar com o visitante. Esse bichano convive bem com outras pessoas além do dono a quem é mais apegado, assim como convive bem com outros animais, como, cães e até outros gatos, podendo inclusive criar vínculo, simpatizar e brincar, já que também são brincalhões.

Uma ótima opção de animal de estimação para o convívio com crianças, sejam elas calmas ou agitadas. Apesar de afetuoso, é independente. O dono não precisará se preocupar em dar atenção e carinho extra por ser um gato mais independente, em caso de pouco tempo ou ser uma pessoa atarefada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *