Home / Informações / Curiosidades e Características da Mula

Curiosidades e Características da Mula

Sinônimo de pouca inteligência, preguiça e teimosia, a mula é um bicho existente há pelo menos três mil anos, citado na Bíblia, inclusive. Seu nome envolve lendas urbanas do Brasil e faz parte do contexto histórico de várias regiões no mundo, pois teve grande importância nos tempos coloniais, antes da invenção dos automóveis, onde burros e mulas salvavam muitas pessoas de carregar quilos de alimentos às costas.

Nos séculos XVIII e XIX os muares, como é chamada a espécie, foram muito utilizados pelos tropeiros que cruzavam o país carregando mercadorias e alimentos a lugares de acesso difícil. Com as mulas, os tropeiros abriam espaço onde não havia estrada, a fim de facilitar esse transporte. Essa foi uma atividade mercantil muito bem vinda até para que menos escravos fossem utilizados para este fim. À época, mulas e burros entravam no Brasil pelo Rio Grande do Sul, onde fazendeiros utilizavam da fronteira com a Argentina e o Uruguai para conseguir seus muares.

Mula Características
Mula Características

Esses animais se parecem com cavalo, parecem com jumento, mas são uma coisa diferente de tudo isso. A mula e o burro são da mesma espécie, os demais não. E hoje você vai conhecer mais sobre esse animal, aprendendo a distinguir dos outros e a se livrar da imagem que o senso comum criou deles.

Cavalos e éguas, jumentos, burros e mulas fazem parte da família Equidae e do gênero Equídeos. Mas só até aí é que são iguais. A partir disso é preciso fazer a separação para entender exatamente as características destes animais, em especial a mula. Os cavalos e éguas são Equinos, o jumento é Asinino e o burro e a mula são da espécie Muares. O cruzamento entre uma égua e um jumento gera um burro (macho) ou uma mula (fêmea). É assim que surgem estes animais.

Uma curiosidade em relação aos muares é que eles são estéreis. Isso se deve ao fato de terem número de cromossomos diferentes entre as éguas (64) e o jumento (62). O resultado é uma mula com 63 cromossomos, o que faz com que a parte reprodutora não funcione como deveria.

Aparência de égua, força de jumento

As mulas possuem uma aparência de égua, pois são fortes e têm as patas finas. A força, no entanto, é muito parecida com a dos jumentos. Esses animais se destacam pela resistência e capacidade de levar cargas em lugares íngremes, inclusive. Em locais de difícil acesso, onde é necessário trilhar caminhos estreitos, fazer subidas, as mulas são muito indicadas.

Elas conseguem controlar a perda de água e sais pela transpiração e possuem cascos extremamente duros. A capacidade de tração de suas patas também é muito grande. Seu tamanho chega a 1,5m, a depender da égua que faz o cruzamento. O peso pode chegar a 450kg. O que a faz diferente dos jumentos são as orelhas menores e o pelo, que é ralo como dos cavalos. A expectativa de vida das mulas, no geral, é de 40 anos. Porém, no Brasil não costumam viver tanto, pois são maltratadas e vistas como sinônimo de atraso, preguiça e lentidão, algo avesso às características verdadeiras delas.

Mula Características
Mula Características

Animais inteligentes e teimosos

A teimosia de mulas e burros fez deles animais socialmente maltratados. Os donos dos muares passavam muito trabalho para domá-los, pois sempre foram conhecidos pela personalidade forte e exigiam muita perseverança e paciência de seus donos. A associação com este comportamento é que pode ter feito com que eles ficassem famosos como animais desprovidos de inteligência, ignorantes. Ao menos na sabedoria popular, é essa a imagem que mulas e burros possuem.

Frases como “empacado como uma mula”, “teimoso como uma mula” ou “mais demorado que parto de mula” são muito conhecidas, além das tradicionais sobre burros, como “trabalhar como um burro” e “teimoso como burro aporreado” são frequentes no cotidiano das pessoas, sobretudo em cidades do interior, onde os muares são mais vistos atualmente. A teimosia da mula, ao empacar em algum lugar e teimar em seguir adiante pode se dar por diversos motivos, dentre eles a sabedoria do animal em saber que era um caminho perigoso, por exemplo.

Ainda assim, há que se saber que os donos desses animais sempre valorizavam o esforço e a resistência empregada por eles em longas viagens. Portanto, ainda que as mulas sejam conhecidas pelo comportamento difícil, são valorizadas pela condição física do animal e sua inteligência cognitiva também. Portanto, ainda que culturalmente sejam animais depreciados, historicamente sempre tiveram um grande valor.

Mula sem cabeça – A Lenda

Conhecida em todo o Brasil, a lenda da Mula em cabeça não tem data de início, mas sabe-se que existe há muitos e muitos anos. Surgiu com o significado de pecado, relacionado aos valores que a Igreja Católica pregava. Reza a lenda que, caso alguma mulher namorasse um Padre, ela se tornaria uma Mula Sem Cabeça. Era preciso ver os padres como santos, não apenas como um homem normal.

Nas noites de lua cheia, de quinta para sexta-feira, a mulher se transformaria neste assustador animal. No lugar da cabeça, a Mula apresenta somente fogo. Seu relincho, alto, pode ser ouvido de longe. Seus coices são capazes até de matar outras pessoas. Para acabar com o encantamento, é preciso arrancar o cabresto que ela possui ou furá-la tirando sangue, com algum objeto cortante.

Os juízos de valor empregados às mulas trazem consigo todo este histórico sociocultural antigo, seja pela imagem carregada na lenda famosa, seja pelo sinônimo empregado ao termo mula e burro. O que se sabe, no entanto, é que são animais inteligentes na verdade, além de muito úteis na lida do campo e no transporte de pessoas, cargas e alimentos de Norte a Sul do Brasil, desde tempos antigos até tempos atuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *