Home / Informações / Curiosidades Do Pangolim: Tamanho E Habitat

Curiosidades Do Pangolim: Tamanho E Habitat

Você já ouviu falar no pangolim? Este animal dócil e exótico é o único mamífero que possui escamas pelo seu corpo e tem como característica se enrolar em formato de bola quando ameaçado, tendo como maior ameaça atualmente o sério risco de extinção.

Apesar de ser um animal extraordinário, poucas pessoas já ouviram falar do pangolim. Isso ocorre porque ele é um animal que raramente sobrevive em cativeiro, onde apenas seis zoológicos ao redor do mundo possui um exemplar dessa espécie.

Características

Pertencente à ordem dos Folídotos e classificado entre as espécies de desdentados, este mamífero que possui escamas ao redor do seu corpo feitas de queratina, as quais são verdadeiras armaduras para se protegerem de possíveis ameaças, vive na Ásia, em ilhas do arquipélago malaio, bem como também em boa parte da África, mais ao sul do Deserto do Saara.

Pangolim
Pangolim

Vivem tanto em florestas como savanas, planícies, montanhas, florestas de calcário, bambu, coníferas, pastagens e até mesmo em áreas agrícolas onde levam uma vida solitária cavando seus próprios buracos que servem como alojamento para que possam dormir durante o dia.

Raramente emitem sons exagerados, uma vez que são animais silenciosos. Possuem visão e audição pouco aguçados, o que também ocorre com o olfato, apesar de ser muito importante na hora da procura de alimento.

Com hábitos parecidos com o tamanduá, os pangolins também se alimentam de cupins, formigas e vermes, utilizando a sua enorme língua que chega a ser maior que o próprio corpo. Além da sua língua ser uma importante aliada no momento da sua alimentação, o pangolim também utiliza as suas garras impetuosas para abrir buracos em formigueiros e cupinzeiros.

Pangolim
Pangolim

Os pangolins possuem olhos minúsculos, cabeça pequena, cauda longa, corpo alongado e o focinho em forma de cone. Seus pés possuem 5 dedos com garras fortes e robustas. Suas escamas são espalhadas pelo corpo, no seu focinho, face interna dos membros, ventre e garganta e são ligadas ao corpo como se fossem unhas. A cauda do pangolim pode chegar a ter 49 vértebras, o maior número até então estudado entre os mamíferos. Este animal possui um músculo sob a pele que se estende pela sua espinha dorsal, o que faz com que ele consiga se enrolar como uma bola. Tem como característica salivação abundante, produzida por enormes glândulas, o que é muito importante na captura do seu alimento.

O tamanho de um pangolim normalmente varia de 30 centímetro a 1 metro, porém existem espécies de cauda longa as quais podem chegar até 1,30 metros. As fêmeas geralmente são um pouco maiores que os machos.

No período de reprodução, as fêmeas têm um período de gestação de 5 meses e ao nascer, o filhote mede até 15,24 centímetros de comprimento e pode pesar até 350 gramas. O filhote irá beber o leite materno até os três ou quatro meses de idade e em seguida já irá comer insetos.

Pangolim de cauda longa

Estes amimais possuem a cauda duas vezes maior que o corpo na fase jovem. Possui características bem semelhantes aos pangolins comuns, exceto pela sua cauda longa.

Normalmente possui cor brilhante com toques arruivados. Vivem em casais ou apenas sós e podem ser encontrados na África Ocidental.

Pangolim de cauda longa
Pangolim de cauda longa

Pangolim Indiano

Esta espécie vive na Índia e na Ilha de Ceilão e é bastante raro nessas duas regiões. Assemelha-se com o andar de um crocodilo e a sua couraça é capaz de riscar bronze e ferro, sendo utilizada pelos chineses antigamente como couraças ou escudos.

O seu tamanho pode chegar até 1,30 metros, sendo 45 centímetros só da cauda e possui 30 centímetros de língua.

Antigamente a sua carne era considerada um afrodisíaco para os indígenas.

Pangolim Indiano
Pangolim Indiano

Extinção

Atualmente o pangolim é o mamífero mais traficado do mundo e devido à caça abundante este animal é considerado em extinção.

Cerca de 100 mil pangolins são retirados do seu habitat natural e enviados a países como China e Vietnã. Na China, por exemplo, as suas escamas são utilizadas para fins medicinais, já no Vietnã, a carne do animal é considerada uma iguaria cara. Algumas pessoas também utilizam as suas escamas como ornamentos.

Os pangolins da Ásia já são escassos, dessa forma a caça de pangolins na África já está sendo visada.

Além de ser tão visado pelos caçadores, o pangolim também corre risco de extinção pelo fato de ser um animal muito dócil e solitário, e por conta disso pode se tornar presa fácil

Curiosidades

  • O nome pangolim é originado da palavra malaia “pengguling”, que significa “algo que se enrola sobre si mesmo”;
  • A fêmea dá à luz um ou no máximo dois filhotes por vez, e os mesmos nascem com escamas moles por todo o corpo;
  • O pangolim é um animal noturno;
  • O quilo da carne de pangolim no Vietnã pode chegar a 250 dólares, o equivalente a 1.045 reais e produtos feitos da escama do animal podem chegar a 1.500 dólares, ou seja, 6.270 reais;
  • O pangolim chega a consumir cerca de 7 milhões de formigas e cupins por ano;
  • Carregam os filhotes na sua cauda, e, para protegê-los, enrolam-se em volta deles;
  • Como não possuem dentes, os pangolins possuem pedras no seu estômago, o que ajuda a moer o seu alimento;
Pangolim
Pangolim
  • O único período que os pangolins interagem uns com os outros é na época de reprodução;
  • As crias ficam sob responsabilidade da progenitora durante dois anos;
  • Muitos dizem que se assemelha a uma alcachofra;
  • Foi motivo de apelo por meio do Príncipe William, do Reino Unido, o qual advertiu a população com o seguinte alerta: “O pangolim corre o risco de se tornar extinto antes que muitas pessoas sequer ouçam falar dele.”;
  • Existem pangolins que dormem em buracos construídos por eles mesmos, bem como dormem em árvores;
  • Possui andar lento e desajeitado;
  • Contam com uma glândula perto do ânus, a qual emite um odor bem forte que utiliza para marcar território;
  • A sua cauda é elástica e além de usá-la para se prender em galhos de árvores, utilizam também para capturar as presas que se encontram em buracos mais profundos;
Pangolim
Pangolim
  • Os filhotes de pangolins são chamados de pangopups;
  • Quando não utilizada, a língua é armazenada na caixa torácica do animal;
  • Existem 8 espécies diferentes de pangolim e as 8 estão em extinção;
  • A mãe protege o filhote em tocas com ninhos ao nascer;
  • Quatro espécies de pangolim vivem na África e quatro vivem na Ásia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *