Home / Informações / Cuidados com Cachorro: Saúde e Higiene

Cuidados com Cachorro: Saúde e Higiene

Muitas pessoas pensam em ter para si um cãozinho. Quando os vemos pequenos e fofinhos nos apaixonamos na hora e muitas vezes os levamos para casa antes mesmo de pensar. No entanto quando se pega um cachorrinho está se tomando para si uma grande responsabilidade. Na verdade passamos a ter sob nossa guarda um ser incapaz de tomar decisões ou solicitar algo. Assim os cuidados são de inteira responsabilidade de qualquer pessoa que os tenha adquirido. Antes de levar para casa um cão, é preciso pensar se você vai ter tempo e paciência para dar a atenção que ele exige. Feito isto, e se você decidir que pode ser responsável por algum animal passe a segunda fase que é a aquisição de informações de cuidados com cães.

Cuidados com Cachorro
Cuidados com Cachorro

Cuidados com Cachorro

Ao comprar certifique-se de que o cachorro esteja vacinado e, portanto, protegido de doenças que atacam e matam filhotes em poucos dias como a parvovirose e a cinomose. Solicite a um médico veterinário que examine o animal em busca de sintomas destas doenças antes mesmo de você levá-lo para casa. No início de seu ciclo estas doenças tem sintomas quase imperceptíveis e que podem ser confundidos com o stress da troca e ambiente. Se você levar para sua casa um animalzinho com uma enfermidade destas, ele pode vir a infectar outros cães que você tenha.

A alimentação dos filhotes também é parte importante dos cuidados com cães e deve ser feita por meio de rações especiais para primeiros meses de vida que são mais completas do que cães adultos. Dê o primeiro banho apenas após os trinta dias de vida e com água morna e sabão neutro. Na hora do banho tome muito cuidado para evitar que entre água nos ouvidos evitando uma otite que dará trabalho e despesas. Sacudir a cabeça frequentemente pode ser sinônimo de dor de ouvido. Procure não usar venenos para pulgas em filhotes já que podem intoxicar um animal pequeno. Animais adultos requerem um pouco menos de cuidado, mas mesmo o mais básico dos cuidados com cães não pode ser ignorado.

Você deve desverminar seu amigo no mínimo a cada 6 meses. Se ele for viver dentro de sua casa, melhor a cada quatro meses. As pulgas devem ser controladas com regularidade para que não causem infestação ou mesmo doenças de pele. Banhos são um dos cuidados com cachorro que se deve tomar a cada quinze dias. Procure sempre ter um tempinho para uma boa escovação. Se o cachorro vai viver em um pátio, procure abrigá-lo de frio ou calor extremos. Ofereça sempre água limpa junto com as refeições e no intervalo destas. Mas o principal cuidado com cães é mesmo carinho e atenção. Na maioria das vezes isto basta para o seu pequeno amigo.

Saúde e Higiene do Cachorro

A saúde e a higiene de seu cachorro são dois pontos fundamentais para um convívio pleno e feliz com os donos. Há várias doenças de cachorro, e muitas só são percebidas em estágios avançados, pois os donos não se dão conta dos sintomas que o cachorro vem apresentado. A higiene é indispensável para a saúde do cachorro, assim como com qualquer animal, inclusive o homem!

A primeira medida a ser tomada quando se compra um cachorro, são a vacinação e a vermifugação. Filhotes são muito suscetíveis a verminoses que podem levar até a morte, principalmente entre as raças menores. Mas são fáceis e de prevenir.

Doenças do Cachorro

Pesquisas realizadas identificaram as cinco Doenças de Cães que são mais comuns. São elas: doenças-infectas contagiosas, doenças alérgicas, doenças do metabolismo, problemas articulares e traumas causados por atropelamentos ou brigas. As doenças infectam contagiosas são muito comuns e altamente transmissíveis. Entre essas Doenças dos Cães que registram maior incidência estão a cinomose, parvovirose e leptospirose, sendo que esta última tem mais incidência em épocas de chuvas. É preciso que a Vacinação e Vermifugação do cachorro esteja sempre em dia.

A cinomose e parvovirose são doenças que atacam cães e é transmitida por vírus, a cinomose é prevenido por meio de vacinas, porém a leptospirose exige internação. Já a leptospirose é transmitida por ratos e camundongos e pode contaminar o ambiente e o dono, exigindo internação para evitar a transmissão. Entre as doenças alérgicas de cães, citamos a picada de pulga que pode ser evitada com o uso de repelentes, mas com orientação do veterinário para evitar intoxicação. O cuidado com os filhotes é essencial.

As Doenças de Cães referentes ao metabolismo são diabetes e obesidade, ambas podem ter componente genético e o tratamento é complicado. Os problemas articulares mais comuns são displasias e artrose, que são Doenças de Cães, geralmente genéticas e agravadas pelo sobrepeso e pela idade do animal, à alguns Cães de Raça que necessitam de exercícios. Já casos de lesões causadas por atropelamentos e brigas são muito comuns entre cães e às vezes requer cirurgia.

Vacinação e Vermifugação

Quando dar Vermífugo?

O esquema ideal de vermifugação inicia-se 2 semanas após o nascimento do cachorro e deve ser repetido com 4, 8 e 12 semanas de idade e aos 4, 5 e 6 meses. Nas primeiras vermifugações, quando o filhote ainda se encontra junto a mãe, deve-se vermifugar a mãe para evitar reinfestações. Os cachorros adultos devem ser vermifugados pelo menos 2 vezes ao ano ou conforme orientação do seu veterinário.O ideal é que quando filhote, o cachorro seja vermifugado 4 vezes por ano, e quando adulto, 2 vezes por ano.

Quando Vacinar?

Inicialmente é importante saber se o seu cachorro bebeu o colostro (leite produzido no começo da lactação) de sua mãe e se ela tinha sido vacinada. O colostro é muito rico em gordura, proteínas e carboidratos, além de anticorpos maternos que protegerão o filhote nas primeiras 8 semanas de vida. Quando filhotes os cachorros devem tomar a vacina ôctupla com 2, 3 e 4 meses de idade e contra raiva aos 4 meses.Quando adultos devem tomar a ôctupla 1 vez por ano e contra raiva também uma vez por ano.

Vale lembrar que algumas raças de cachorro, como o Dobermann e o Rottweiler, são mais sensíveis e exigem um esquema de vacinação específico. Nesses casos também pode ser administrada a primeira dose aos 45 dias de vida e as subseqüentes em intervalos de 30 dias entre as aplicações.

É importante que seu cachorro receba todas as doses quando filhote, pois elas o protegerão de várias doenças ao longo de sua vida. É extremamente recomendável não sair com o cachorro na rua antes dele receber todas as doses.

De qualquer maneira, é recomendado a consulta ao seu veterinário para estabelecer o melhor programa de vacinação e vermifugação para seu cachorro.

Posso medicar meu cachorro por minha conta?

Nunca dê qualquer medicamento ao seu cachorro sem antes consultar o veterinário, pois ele é o único profissional capaz de indicar com precisão o melhor medicamento para seu cachorro. Alguns medicamentos de uso humano podem causar sérios problemas ao seu cachorro, inclusive a morte.

Higiene do Cachorro

Saber quando e como dar banho no cachorro, escovar os dentes, aparar os pêlos e unhas também são pré-requisitos para um dono cuidadoso. Existem muitos produtos específicos para essas ocasiões e, ao contrário do que muita gente pensa, os cachorros não podem usar os produtos desenvolvidos para humanos. Eles podem causar alergias no cachorro e muita dor de cabeça no dono!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *