Home / Informações / Crocodilo: Características e Tamanho

Crocodilo: Características e Tamanho

Em canais de aventura na TV a cabo eles fazem sucesso. São grandes predadores, carnívoros, capazes de assustar até os mais corajosos dos aventureiros. Mas fiquem calmos, eles não habitam os solos brasileiros, ainda que estejam presentes em outros países espalhados pelo mundo todo.

Um gigante ágil

Com tamanho médio em torno de cinco metros, podendo pesar até uma tonelada e expectativa de vida de 80 anos, os crocodilos pertencem à família Crocodylidae, e conseguem habitar tanto rios quanto mares. O maior crocodilo já capturado até hoje media 8,6 metros e foi encontrado na Austrália, era da espécie Crocodilo-de-água-salgada, a maior existente.
Crocodilo
Crocodilo
A cabeça comprida, os dentes à mostra, os olhos compenetrados e a longa cauda demonstram a periculosidade destes, que são os maiores répteis existentes hoje. Suas patas curtas escondem sua agilidade para correr atrás de outros animais, em curtas distâncias, e sua cauda o ajuda a nadar mais rápido, para poder se alimentar de peixes e tartarugas, seus principais alimentos marinhos. Em terra atacam cangurus, gnus, zebras e diversos animais selvagens.
O corpo do réptil é todo adaptado para viver dentro da água. Seus olhos possuem uma película que os protegem, seus ouvidos e narinas se fecham e ainda conseguem respirar mesmo quando a boca se enche de água ou quando está com alimentos. Devido à sua arcada dentária, inclusive, eles não conseguem mastigar suas presas, quebrando-as em partes conforme vão mexendo a cabeça e engolindo tudo.

Animais territoriais

Os ovos de crocodilo, que podem chegar a 50, são postos em buracos na terra e organizados por camadas. A temperatura do solo é determinante para a definição do sexo do réptil: solo frio produz fêmea, solo quente produz macho e temperaturas por volta de 30ºC podem produzir crocodilos de ambos os sexos. Nos três meses em que ficam incubados, as fêmeas são quem protegem o ninho, marcando território e sendo bastante agressivas quando da aproximação de predadores.

Importantes para o equilíbrio do ecossistema

Longe de serem animais encantadores, os crocodilos possuem importante papel nos ecossistemas aos quais estão inseridos, pois se alimentam de peixes, tartarugas, assim como animais terrestres, como cangurus e gnus, dentre outros. Por isso, é importante que estes animais, existentes há milhares de anos, consigam se reproduzir sem a intervenção predatória de humanos.

Espécies de crocodilos

As 14 espécies conhecidas da família Crocodylidae são divididas em três gêneros e habitam partes diferentes do planeta, com tamanhos variados. Os do gênero Crocodylus, com 12 espécies, possuem os maiores tamanhos e ocupam lugares como as Américas do Sul e Central, além da Austrália (Crocodilo –americano, Crocodilo-de-água-salgada, Crocodilo-do-Nilo). Já os Osteolaemus são relativamente pequenos, com pouco mais de um metro e vivem nos pântanos africanos. Na Indonésia e Tailândia é encontrado o crocodilo conhecido como Falso Gavial ou Gavial-da-Malásia, pertence ao gênero Tomistoma.
Esta espécie encontra-se em extinção atualmente, com poucos milhares de répteis. As caçadas e até a miscigenação entre algumas espécies são ameaças aos crocodilos, como acontece com o Crocodilo-americano e o Crocodilo-cubano, que tem sofrido mutação nos últimos anos.
Crocodilo
Crocodilo

Perigo aos seres humanos

Ainda que casos de ataques de crocodilos sejam vistos em vídeos que viralizam na internet, é preciso ter em conta que, como qualquer outro animal, feroz ou não, estes animais só atacam quando se sentem ameaçados ou quando seu ecossistema está desajustado, o que causa falta de alimento, por exemplo. Aos seres humanos é prudente manter distância de locais onde habitam os crocodilos, principalmente por serem animais carnívoros, mas sempre tendo em conta de que, em situações normais, eles não atacam.

Aprenda a diferenciar crocodilo de jacaré

Como no Brasil não existem crocodilos, o que vemos por aqui são sempre jacarés. Eles pertencem a uma família diferente, a dos Alligatoridae mas, para além disso, possuem diferenças físicas que são importantes de diferenciar.
Nos jacarés, somente os dentes de cima são visíveis e sua cabeça é mais arredondada do que nos crocodilos. Seu tamanho é, em média, de dois metros e pesa de 35 a 230 quilos, diferente dos crocodilos, que podem chegar a uma tonelada.
Os jacarés vivem somente em água doce e possuem membranas nas patas traseiras, que auxiliam a nadar. São comuns no Brasil e em outros países das Américas, além do leste da China.  O mais conhecido no Brasil é o Jacaré-de-papo-amarelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *