Home / Informações / Características dos Mabecos: Habitat, Alimentação e Reprodução

Características dos Mabecos: Habitat, Alimentação e Reprodução

Mesmo não sendo tão famoso quando o leão, o hipopótamo ou a girafa, o mabeco também faz parte dos animais de origem africana. 

Conhecido cientificamente como lycaon pictus, ele também é chamado de cão-selvagem-africano e cão-caçador-africano. O bicho faz parte da família canidae e vive nas zonas de savana e vegetação esparsa da África. Já foi muito comum por lá, se estendendo por toda áreas Subsaarianas, menos nas regiões de floresta densas ou tropicais e desertas. Porém, hoje sua realidade é outra. Atualmente a população está limitada a parte sul do continente, especialmente no Zimbábue, Zâmbia, Namíbia, Botswana, Tanzânia, sul da África Ocidental e norte de Moçambique. 

Características físicas dos mabecos 

O mabeco é um caçador de porte médio, com uma estatura de 75 a 110 centímetros de comprimento, pesando de 18 a 36 quilogramas. 

Sua pelagem é muito característica e única da espécie, com manchas em  castanho, preto, branco ou laranja. E foi justamente esse traço físico que deu nome ao grupo. Lycaon pictus significa “lobo pintado”. 

Sua cabeça costuma ter uma pelagem mais escura, já a cauda termina com um tufo branco de pelos. 

Exibem orelhas arredondadas e grandes, já as pernas são finas e longas, com patas fortes com quatro dedos, diferente de outros canídeos, que tem cinco. 

Mabecos
Mabecos 

Comportamento 

Um dos fatores mais intrigantes da espécie é o seu comportamento. Ele é um animal extremamente social, passando a maior parte da sua vida em alcateias controlados por um casal alfa, que são os responsáveis pela reprodução do grupo. Basicamente, toda a rotina dos mabecos é feito com outros parceiros. Eles caçam juntos, abatendo grandes presas com seus companheiros. Saem para predar durante a noite e o amanhecer. Sua estratégia foca principalmente na corrida e na resistência física que a criatura apresenta. As presas grandes são mordidas enquanto correm, já as pequenas são puxadas para o chão. 

A comida também é toda dividida entre eles, com os filhotes tendo prioridade na hora de comer. 

E falando em alimento, assim como os pássaros, eles regurgitam a refeição para passar para outros membros, sendo uma das características mais marcantes da espécie. Este hábito está diretamente ligado com as interações sociais da “família”. 

Cada conjunto costume ter de 7 a 15 cães, podendo chegar até 40. A hierarquia entre eles é feita de acordo com sexos e maior número de machos e fêmeas. 

O instinto de comunidade entre eles é tão forte que a criação dos filhotes é uma responsabilidade de todos dentro da alcatéia. Eles também cuidam dos bichos feridos e dos mais velhos. É um instinto de solidariedade que é visto em poucas criaturas do reino animal. O que faz ele ser quase único. 

A espécie é bem pacífica, só ocorrendo confrontos por causa das fêmeas na época da reprodução. 

Status de conservação 

Por ser um bicho tão único, não deveria correr o risco de entrar extinção, mas esse é justamente o status do mabeco. O animal se encontra nesta situação principalmente pela destruição do habitat natural, o que acabou aumentando o conflito deles com seres humanos, em especial com os criadores de gato  – o bicho se viu obrigado a caçar criaturas maiores, como este, o que não deixa os fazendeiros muito felizes mesmo sendo uma questão de sobrevivência para o cão. O indivíduo também é afetado por doenças de pets domésticos, assim como acaba morrendo atropelado nas estradas. 

Em decorrência de tudo isso, seu número é pequeno mesmo nas áreas de conservação. Atualmente, sua população é de 6600 cabeças por toda a África. Sendo apenas 1400 maduros para o acasalamento. 

Alimentação 

A dieta dos mabecos é composta de mamíferos de porte médio, como impalas e gazelas. O cão disputa essa presa disputa com as hienas e leões. Inclusive, é por isso que preferem não ocupar áreas com a presença do rei da selva. 

9 Animais africanos 

O continente africano abriga uma grande diversidade de animais belos e incríveis do mundo. Vamos conhecer alguns deles. 

1 – Guepardo 

Guepardo
Guepardo

O Guepardo ou Chita é encontrado na África – em maior número – e também em algumas regiões do Irã. Devido a sua agilidade, é considerado um dos animais terrestres mais rápidos do mundo. 

Ele é a única espécie existente do gênero Acinonyx. 

2 – Zebra 

Zebra
Zebra

Esse indivíduo lindo de listras pretas e brancas também é uma criatura do continente africano. Provavelmente por causa da sua beleza, é um dos bichos mais conhecidos da África e igualmente adorado pelos amantes da fauna. 

3 – Girafa 

Girafa
Girafa

E não podemos esquecer desse grandão, literalmente. A girafa é a criatura mais alta do planeta. Ela habita as savanas, bosques abertos e pastos.
É caçada pelo leão e cerca de três subespécies correm o risco de entrar em extinção. 

4 – Hiena-malhada 

Hiena-malhada
Hiena-malhada

Quem não lembra delas no filme “O Rei Leão”. São bem comuns por lá e pode ser encontradas em praticamente em toda a África, habitando os mesmos locais que a girafa.
É considerada o maior membro dos hyaenidae. 

5 – Crocodilo do Nilo 

Crocodilo do Nilo
Crocodilo do Nilo

Este morador da África é o segundo maior réptil existente na terra, sendo o maior do continente.
É um exímio predador tanto em rios quanto em pântanos. Ele é responsável por atacar um grande número de pessoas anualmente. 

6 – Leão 

Leão
Leão

Impossível falar deste local sem falar do Leão, o rei da floresta. Esse felino de lindos pelos faz parte da família felidae e encontra-se na África Subsaariana. 

7 – Gazela 

Gazela
Gazela

Segunda criatura mais rápida do mundo, a gazela é uma das espécies mais conhecidas residente das savanas e pastagens de Serengeti. 

8 – Gnu 

Gnu
Gnu

Outro indivíduo encontrado especificamente na África, ele está espalhados em vários bosques, planícies e pastos abertos de diversos países do continente. 

9 – Avestruz 

Avestruz
Avestruz

O avestruz é conhecido por sua velocidade. Enquanto corre, pode alcançar 70 quilômetros por hora. A palavra grande e maior poder descrever a maioria das suas características. Ele é a maior espécie viva de ave, tem o maior olho entre as criaturas terrestres e o mesmo vale para seus ovo. Aliás, reparou que essa palavra representa grande parte da fauna africana?! 

Não esqueça de compartilhar! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *