Home / Informações / Características do Urutau Grande: Alimentação e Habitat

Características do Urutau Grande: Alimentação e Habitat

Conhecido como urutau ou urutau grande, o Nyctibius grandis faz parte da família Nyctibiidae, e em inglês é chamado de Grey Potoo. No Brasil, é chamado também de mãe-da-lua, urutágua e ave-fantasma. É do tipo territorialista, com cada indivíduo podendo passar anos empoleirado no sua árvore preferida, tudo isso para não abandonar o local. 

Características do urutau 

Na fase adulta esse bicho pode medir até 54 centímetros de comprimento, com um peso de 360 a 600 gramas. É o maior da espécie. Ele pode ser encontrado em dois tons: marrom ou cinza. O animal ficou famoso devido a uma característica física muito interessante. Traço, aliás, que só essa ave possui: a presença de duas fendas em suas pálpebras superiores, que lhe permitem olhar ao redor mesmo quando estão de olhos fechados. Parece magia, mas não é. É evolução. E essa habilidade não é à toa, ela é muito útil durante o dia, principalmente porque a ave possui olhos grandes e amarelos, que acabariam com sua camuflagem durante as horas de luz. Este atributo é chamado de olho mágico, como os encontrados em portas.

Urutau Grande
Urutau Grande

Alimentação

O urutau tem uma dieta composta principalmente de insetos, besouros, em sua maioria. Come também morcegos. Costuma caçar a noite até o amanhecer, pegando esses animais durante o voo com sua boca, que tem uma abertura bem grande, justamente para capturá-las em meio a essa atividade.

Habitat do urutau 

É possível encontrá-lo por quase todo o território da América Latina, ao sul do México, nordeste da Guatemala até a Bolívia e ao sudeste do Brasil. Também costuma morar em diferentes habitats, desde áreas semi abertas da Caatinga e do Cerrado, até florestas bem densas. E, como tem acontecido com diversos animais, existem registros da sua presença em centros urbanos. Mas como é bom em camuflagem, parecendo muito com muita com um galho de árvore, acaba passando despercebido e só é notado sob um olhar mais atento dos curiosos. 

Reprodução

Tem relações monogâmicas. A fêmea irá chocar um ovo de cada vez – por 33 dias – em um ninho um tanto quanto incomum. Os futuros bebês são colocados em galho quebrado, na vertical. Ambos os pais cuidarão do filhote neste local pelos próximos 2 meses. 

O bebê nasce com pelos brancos. 

Canto do Urutau

O urutau também é conhecido por seu canto bem característico. Ele lembra uma pessoa se lamentando. Por causa disso ele ganhou o nome indígena ave-fantasma – tradução de urutau em tupi -. Algumas pessoas chegam a comparar o som com um “úúú”, dando ares assustadores a ave. 

Tipos de urutau 

Urutau-comum: é uma das espécies de urutau. Assim como a grande é encontrada no Brasil, assim como na Costa Rica, Bolívia, Argentina e Uruguai. Entre elas, alguns indivíduos chegam aos 37 centímetros de comprimento. Tem um status de extinção pouco preocupante segundo a IUCN. 

Urutau-comum
Urutau-comum

Mãe-da-lua-parda: A Nyctibius aethereus é encontrada nos países já citados anteriormente, além do Peru, Colômbia, Venezuela e Paraguai. Gosta de habitar locais como florestas úmidas tropicais e subtropicais, preferencialmente de baixa altitude. Segundo a lista da IUCN, seu status é de em perigo de extinção. 

Mãe-da-lua-parda
Mãe-da-lua-parda

Urutau-de-asa-branca: está criticamente em perigo de sumir da natureza. Ela é encontrada no Peru, Guiana e no Brasil. E o motivo de estar quase em extinção é porque essa ave gosta de florestas bem preservadas e extensas. Também aprecia locais úmidos e de baixa altitude. 

Urutau-de-asa-branca
Urutau-de-asa-branca

Urutau-ferrugem: a Nyctibius bracteatus também faz parte da família Nyctibiidae. Presente no Equador e Guiana francesa, além de Guiana, Peru, Brasil, Bolívia e Colômbia. Não corre risco de extinção. 

Urutau-ferrugem
Urutau-ferrugem

Crenças populares

O urutau é quase um animal místico, e por isso está envolvido em diversas crenças populares. 

Por exemplo, ele é considerado uma ave nobre pelos moradores rurais, isso porque ele simboliza força e também pela forma como ele se protege dos seus predadores – por meio de uma camuflagem espetacular -. 

Os sertanejos contam que ela aparece na hora que a lua nasce e que seu canto triste se assemelha a palavra “foi”. 

Outros acreditam que o pássaro é a filha de um cacique que perdeu seu amor. Movido pelo ciúme, o pai usa magia para matar o guerreiro por quem a menina estava apaixonada. Ela entra na floresta para procurá-lo e descobre a verdade. Revoltada, ameaça contar a verdade para toda a comunidade. Para impedir tal feito, o pai transforma a menina em um urutau, que agora passa as noites lamentando a morte de seu amado, por isso o bicho tem o nome de pássaro-fantasma. 

Algumas crenças acreditam que seu canto é um aviso ou presságio de morte de algum familiar. 

Em alguns lugares a pena do animal é considerado uma espécie de proteção de castidade. Por causa disso é comum muitos mães varrerem embaixo da rede de meninas novas com uma vassoura feita deste material. 

Curiosidades sobre urutau grande 

  • Não possui dimorfismo sexual.
  • É comparado a uma estátua, de tão imóvel que a ave consegue ficar. Seus pelos são de grande ajuda neste processo. 
  • Aconchega seus filhotes sob sua pelugem cinza ou marrom 
  • A espécie Nyctibius griseus é a mais comum no Brasil, entre as cinco existentes. 
  • Abaixa a cabeça quando está relaxado. Mas a qualquer sinal de perigo, volta a posição normal: esticando o corpo, apontando o bico para o céu. 
  • Por ter os olhos parecidos com o da coruja, acaba sendo confundido com este animal com frequência.  
  • Usa seu olho mágico na maior parte do dia. 
  • É uma ave rara e cultuada na literatura. Aparece com frequência em lendas e poesias. 
  • Apesar de existir registros, não é muito comum vê-la em centros urbanos.
  • É um bicho antigo. Acredita-se que está na terra há mais de 20 milhões de anos, muito antes do “homo sapiens”. 
  • Tem hábitos noturnos.
  • Come pequenos pássaros. 

Envolvido em lendas, capaz de enxergar com os olhos fechados, habilidades incríveis de camuflagem, este é o urutau grande, animal pertencente a fauna brasileira. Gostou de conhecer mais sobre esse “mito” da América Latina? Não esqueça de compartilhar essas descobertas com seus amigos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *