Home / Informações / Características do Urso Malaio: Tamanho e Habitat

Características do Urso Malaio: Tamanho e Habitat

Características Gerais

O urso malaio é nativo das florestas do Sudeste Asiático, com pêlo preto, focinho cinza a laranja e uma marca amarelo-acastanhada em forma de meia-lua. É a menor espécie de urso e também é chamado de urso de mel e urso malaio do sol. Se agora passou pela sua cabeça alguns ursinhos animados, como o ursinho Puff, embora seja louco por mel, não se trata de um urso malaio. O Puff é um urso fictício e não corresponde a nenhuma espécie de urso existente!

O nome científico do urso malaio é Helarctos Malayanus e é um mamífero que está incluído na família dos Ursídeos. Tem várias denominações em várias línguas, por exemplo, em francês, podemos encontrá-lo como nosso cocotiers, devido à sua preferência pelos cocos, em língua malaia é chamado de basindo nan tenggil (aquele que gosta de se sentar alto) e por último em inglês tem o nome de Sun bear (urso do sol).

Classificação científica

  • Reino: Animalia
  • Filo: Chordata
  • Classe: Mammalia
  • Ordem: Carnivora
  • Família: Ursidae
  • Gênero: Helarctos
  • Espécie: H. malayanus
  • Subespécies:
  • Helarctos Malayanus Malayanus
  • Helarctos Malayanus Euryspilus
Características do Urso Malaio
Características do Urso Malaio

Características Físicas

Os ursos malaios são os menores ursos da família Ursidae. Eles ficam 70 cm no ombro e são 1,2 a 1,5 m da cabeça à cauda. A cauda em si é de 3 a 7 cm. Os machos tem porte maior que as fêmeas, mas apenas de 10 a 20%. Eles têm cabeças curtas, largas e achatadas com orelhas redondas. Sua pele é bastante grossa e o pêlo é totalmente preto, exceto por um remendo em forma de “U” no peito e um focinho cinza a ligeiramente laranja. O tórax amarelado ou branco é altamente variável, em forma de “U” em alguns e completamente ausente em outros. Esta marca pode exagerar nos tamanhos dos ursos durante as lutas. Os jovens nascem com pelagem macia e brilhante. As patas são bastante grandes, com garras em forma de foice e solas nuas, que são úteis para escalar árvores. Estes ursos têm um jeito de caminhar interessante, com todas as quatro pernas viradas enquanto caminham.

Tamanho do urso malaio

Vamos reunir abaixo o top 8 dos maiores ursos do mundo e a classificação do nosso amigo urso malaio neste ranking. As referências abaixo são as maiores medidas e pesos considerando espécimes do gênero masculino e tendo o peso como variável preferencial.

  1. Urso-pardo: até mais de 3 metros, com peso até 800 Kg
  2. Urso-polar: com até 2,5m e 800 Kg
  3. Urso-negro-norte-americano: peso de 280 Kg e 1,80m de altura.
  4. Urso-de-óculos: mede até 1,80m e pesa até 150 Kg
  5. Urso-beiçudo: mede até 1,80m e pesa até 140 Kg
  6. Urso-negro asiático: com 1,60m e 200 Kg
  7. Uso-panda: 1,5m e 100 Kg
  8. Urso-malaio: com até 1,66m e peso de 66 Kg

Nosso amigo urso-malaio fica portanto, na posição de número 8, o que é uma posição respeitável dentro do reino animal, mas dentro da família dos ursos, ele ocupa a última posição.

Comportamento

Os ursos malaios são ativos à noite e são excelentes e ágeis escaladores. Eles dormem e tomam banho de sol em árvores em alturas de 2 a 7 m. Esta espécie não passa por períodos de hibernação, provavelmente porque vivem em áreas tropicais e suas fontes de alimento estão presentes durante todo o ano.

Comunicação e Percepção

Como outras espécies de ursos, os ursos malaios têm um aguçado senso de olfato. Os ursos tendem a usar os sentidos do olfato e do tato para encontrar e manipular alimentos. Eles provavelmente usam dicas olfativas para encontrar potenciais parceiros e usar algumas vocalizações.

Hábitos Alimentares

Os ursos malaios são onívoros oportunistas, com abelhas, cupins e minhocas que compõem a parte principal de sua dieta. Frutas também são comidas quando disponíveis. As primeiras são fontes alimentares mais regulares do que frutas e geralmente não há necessidade de que o H. malayanus cubra grandes distâncias em busca de comida. Estes ursos têm longas línguas que são úteis para obter insetos de árvores, cupins de seus ninhos e mel de colméias. Se a oportunidade se apresentar, os ursos-do-sol comerão pequenos roedores, pássaros e lagartos, além de matar os tigres. Em áreas povoadas por pessoas, sua dieta pode incluir lixo, gado e frutas agrícolas, como bananas.

O urso-malaio tem entre suas preferências alimentares o mel e assim, abelhas e colméias são outras importantes fontes de alimento. Por isso, os ursos malaios ocasionalmente se alimentam de abelhas selvagens, especialmente as abelhas sem ferrão. Os ursos malaios são conhecidos por rasgar árvores com suas garras e dentes afiados em busca de abelhas silvestres e deixar para trás troncos de árvores despedaçados.

Há relatos de que apenas um urso desesperadamente faminto atacaria os vertebrados, como faisões, civetas, gatos e roedores. Fragmentos de ossos, garras, escamas, penas e cascas de ovos encontrados em áreas em que eles habitam e sugerem que os ursos malaios oportunistamente atacam pequenos vertebrados às vezes, quando não obtém outra fonte de alimento.

Urso malaio: Habitat e Distribuição Geográfica

Os ursos malaios habitam as selvas ou florestas tropicais do Sudeste Asiático, onde chove constantemente e a temperatura do ambiente oscila entre 25 a 30 graus. O Helarctos malayanus abrange desde o leste do Himalaia até Sichuan na China, depois em direção ao sul por toda a Birmânia, partes da Indochina e a península malaia. Também podemos encontrá-lo em diferentes países, como Tailândia, Vietnã, Malásia, Indonésia, Laos e Índia. Seu alcance é provavelmente maior do que o que é realmente conhecido. Os ursos-de-sol são encontrados em densas florestas tropicais de planície. Eles geralmente podem ser encontrados escalando em árvores.

Na Ilha de Bornéu podemos encontrar uma subespécie deste animal: o Helarctos Malayanus Euryspilus. Deve-se notar que a expansão de seu habitat dependerá muito de onde sua comida está concentrada. Eles costumam usar muito tempo todos os dias para descansar enquanto dormem ou ficar em seus ninhos à luz do sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *