Home / Informações / Características do Pavão Animal: Preço, Reprodução e Alimentação

Características do Pavão Animal: Preço, Reprodução e Alimentação

Quando pensamos em pavão logo vem à cabeça a sua plumagem exuberante e cheia de cores, dignas de uma obra de arte. Considerada uma das aves mais belas do mundo, sua plumagem exposta, o que ocorre normalmente no ritual de acasalamento, pode chegar a dois metros de comprimento. Seu peso pode variar em torno de 4 kg e a sua altura pode chegar a 80 cm.

Pertencente à classe das aves da família dos faisões, o pavão é uma ave territorialista, visto que sempre que outro pavão macho ameaça tomar o seu território o mesmo luta até que o oponente desista e abandone o território.

O pavão é uma ave muito amigável com o seu tratador, se afeiçoando facilmente podendo ser mantido solto, porém sob algumas condições no início da sua “hospedagem”: nos primeiros dias, deve-se manter o casal de pavões juntos, passando este período solta-se o macho por mais ou menos quinze dias e após solta-se a fêmea. Feito isso o animal pode permanecer onde o criador desejar.

Pavão
Pavão

Reprodução

Assim como todas as aves, os pavões são ovíparos. O seu ritual de acasalamento é bem peculiar, visto que os machos, possuindo uma quantidade bem maior de penas do que as fêmeas, iniciam um tipo de dança, cortejando as fêmeas com suas penas vibrantes. Além disso, em época de acasalamento, o macho demarca o seu território por meio de brigas, utilizando suas asas e esporas. A plumagem das fêmeas não é muito destacada devido precisar se camuflar dos predadores nos ninhos confeccionados nos topos das árvores para proteção dos seus ovos e crias.

Normalmente um macho pode fecundar até três fêmeas, passando disso não é recomendado visto diminuir a taxa de natalidade.

No Brasil, a época de reprodução é de setembro a janeiro. As fêmeas produzem uma média de 23 ovos neste período e cada um leva até 30 dias para eclodir. No seu início de vida, o ideal é manter os filhotes aquecidos até a sua sexta semana. A maturidade dessas aves leva até dois anos e a partir de então já podem reproduzir. Geralmente, os pavões vivem cerca de 20 a 25 anos, porém isso pode alterar quando vive em cativeiro, alongando mais a sua vida.

Alimentação

Os pavões são seres onívoros, ou seja, se alimentam tanto de matéria vegetal quanto animal. Eles comem desde hortaliças, frutas, pétalas, sementes e folhas até pequenos roedores, como ratos, esquilos, coelhos e até mesmo insetos e pequenos répteis. Ademais, a ração para galináceos também faz parte da sua dieta, consumindo cerca de 100g por dia.

Dimorfismo sexual – Diferença entre macho e fêmea

Existem várias espécies de pavão, diferenciando-se das suas cores e formas. Abaixo segue a listagem dos tipos de pavão e as suas diferenças entre machos e fêmeas:

Pavão-indiano 

Macho: pescoço azul, com penas mais longas na cauda.

Fêmea: pescoço esverdeado, com penugem de cor cinza.

Pavão-indiano 
Pavão-indiano

Pavão-verde 

Macho: possui cauda bem longa.

Fêmea: neste caso a fêmea é igual o macho, exceto pela sua cauda que é bem menor.

Pavão-verde 
Pavão-verde

Pavão-do-Congo 

Macho: é preto e azul e possuem ocelos (aquelas “estampas” em formato de olho na sua plumagem) na ponta da cauda.

Fêmea: possuem cores verde e cinza.

Pavão-do-Congo 
Pavão-do-Congo

Curiosidades

  • Cientificamente o termo correto é pavão macho e pavão fêmea, porém popularmente a fêmea pode ser chamada de pavoa;
  • Podem viver em regiões de até 2.000 metros de altura, sendo florestas úmidas e secas. Ele se adapta a outras regiões também, porém, preferencialmente, a região deve possui grande quantidade de água;
  • O pavão é parente da galinha nativas das regiões asiáticas, tendo sua origem em Burma, Ceilão, Java, Malaia e Congo;
  • Em países orientais, o pavão é visto como uma ave sagrada, porém em países em que não havia essa conotação, era dado de presente e visto como uma fina iguaria;
  • Alguns pavões sofreram um tipo de mutações genéticas, dando origem ao pavão branco, o qual não possui nenhum tipo de pigmentação na sua plumagem;
  • Os pavões normalmente passam a noite no topo das árvores e quando sentem-se ameaçados, recorrem à elas;
  • De noite, costumam gritar, e isso se torna um pouco desagradável em época de acasalamento;
  • Para alçar voo o pavão precisa correr uma determinada distância, e quando o mesmo consegue tal façanha o seu voo é bem desajeitado;
  • A carne do pavão é saborosa, porém, são utilizadas para consumo somente as aves novas, devido à carne adulta se tonar um pouco rígida. Por essa razão, o pavão é criado mundialmente apenas para ornamentação.
  • O pavão deve ser criado isoladamente de outros animais, visto não ser sociável e seus gritos são muito desagradáveis podendo assustar outras espécies que morem ou estejam no mesmo local.

Após todas essas dicas e curiosidades, ficou com vontade adquirir um pavão? O investimento na compra especificamente só do casal de aves está em torno de R$ 300,00, fora os custos com alojamento, instalações, equipamentos e alimentação. Portanto, para investir neste animal, faça uma boa pesquisa de mercado, tenha um bom planejamento, procure um especialista neste ramo e execute a sua criação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *