Home / Informações / Características do Leopardo: Alimentação, Habitat e Reprodução

Características do Leopardo: Alimentação, Habitat e Reprodução

Creio que se você chegou até aqui deve estar querendo saber todas ou pelo menos boa parte das principais características do leopardo.

Pois, fique feliz porque nesse artigo eu separei não apenas as características do leopardo, mas também seu habitat, reprodução e alimentação. Confira!

Descrição do Leopardo

Os leopardos são gatos grandes, com pêlos de cor clara e manchas e rosetas pretas em todo o corpo. As rosetas parecem um pouco com manchas escavadas e são menores que as da onça – pintada .

Os machos das espécies são maiores que as fêmeas e podem suportar até 30 cm de altura no ombro. Eles podem pesar quase 100kg. Embora as fêmeas geralmente pesem muito menos. Leopardos em diferentes regiões podem variar drasticamente em tamanho.

Leopardo
Leopardo

Alguns fatos interessantes sobre o Leopardo

Esses grandes felinos são caçadores impressionantes e criaturas bastante poderosas. Os humanos os respeitam e temem em toda a sua extensão por causa disso. Saiba mais sobre esses gatos interessantes abaixo:

Pantera Negra – panteras negras não são panteras, são na verdade leopardos. Os leopardos pretos são os gatos que chamamos frequentemente de “panteras negras”. Os gatos são pretos por causa de sua genética, e as panteras negras são na verdade relativamente comuns nos leopardos.

Muitos leopardos – Existem oito subespécies diferentes de leopardos, e cada um tem seu próprio alcance e distribuição. Algumas subespécies são mais raras que outras, pois diferentes regiões são mais afetadas pela destruição de habitat e caça furtiva. As oito subespécies são o leopardo africano, indiano, javanês, árabe, anatólio, amur, indochinês e cingalês.

Populações críticas – A IUCN lista três subespécies de leopardos como criticamente ameaçadas. As subespécies de leopardo de Amur, Arábia e Javan estão todas severamente esgotadas. Os cientistas consideram o leopardo de Amur um dos gatos mais raros do planeta.

Armazenamento nas copas das árvores – Os leopardos são poderosos predadores, mas não são páreo para o orgulho de leões famintos ou de um tigre particularmente irritado. Felizmente para esses gatos, eles exibem um comportamento único para proteger suas preciosas refeições de outras bocas famintas. Quando os leopardos matam um animal grande, eles usam suas mandíbulas fortes e membros poderosos para arrastar a matança para as árvores.

Habitat do Leopardo

O habitat preferido desta espécie varia de acordo com a subespécie e localização. Independentemente da localização, a maioria dos leopardos gostam de viver em áreas com árvores para se esconderem.

Seus dois habitats principais são floresta tropical e savana. No entanto, eles também vivem em florestas temperadas, florestas fluviais, bosques, bordas do deserto e muito mais. Alguns leopardos na Índia vivem mais próximos das habitações humanas, no entanto, a maioria deles fica longe das áreas urbanas.

Distribuição do Leopardo

Esses grandes felinos têm a maior distribuição de qualquer gato selvagem. No entanto, isso não significa que eles sejam difundidos e comuns em todos os seus intervalos. A IUCN lista muitas subespécies como ameaçadas.

Existem populações de leopardos na África, Oriente Médio, Índia, Nepal, China, Malásia, Vietnã, Tailândia e partes da Indonésia. Muitas dessas populações têm faixas fragmentadas e números decrescentes.

Alimentação do Leopardo

Os leopardos são predadores impressionantes e são capazes de caçar presas muito maiores que eles. Eles são carnívoros e comem apenas carne. A maior parte de sua caça tem como alvo animais entre 20 e 80kg. Mas eles podem matar presas até 300kg, ou mais!

Esses gatos gigantes se alimentam de um grande número de espécies diferentes. Algumas presas comuns incluem impala , gazela de Thomson , javali , gnu, bushbuck, aardvark , kudu , chital, sambar , gaur e muito mais. Alguns leopardos até caçam e matam gorilas , mas isso é menos comum.

Comedores de homem – A verdade!

Seria tolice supor que um animal tão perigoso não pudesse matar pessoas. Existem muitos casos de leopardos matando e até caçando e comendo humanos. No entanto, esses casos geralmente são raros, e a maioria dos leopardos é bastante tímida e prefere evitar humanos e áreas urbanas. Os leopardos com maior probabilidade de caçar seres humanos são os animais doentes ou feridos e incapazes de capturar outras presas.

Leopardo e interação humana

Comparar lesões humanas com lesões de leopardo na interação humano-leopardo é simplesmente inútil. A ameaça que os humanos representam para os leopardos é muito maior do que a ameaça que os leopardos representam para os seres humanos.

Leopardo
Leopardo

Domesticação

Os humanos não domesticaram leopardos de forma alguma. O Leopardo é um bom animal de estimação. Não, os leopardos não são bons animais de estimação. Isso não precisa de explicações adicionais, mas, os leopardos podem matar pequenas girafas , você faria um lanche fácil se deixasse seu leopardo de estimação com raiva ou irritado.

Nos jardins zoológicos, esses gatos gigantesco prosperam em grandes recintos com uma variedade de oportunidades de escalada e esconderijos. Os zoológicos fornecem aos gatos uma variedade de plataformas, árvores e formações rochosas artificiais para escalar e se esconder.

Os zoológicos também formularam uma dieta de carne moída para grandes carnívoros com vitaminas e nutrientes balanceados. Além dessa carne moída, os tratadores também os alimentam com carcaças de carneiros, ossos, coelhos descongelados e muito mais.

Os tratadores também fornecem uma variedade de brinquedos, alimentos escondidos, alimentadores de quebra-cabeças e muito mais, para manter os gatos estimulados.

Comportamento do Leopardo

A maioria dos leopardos é solitária e ativa à noite, embora existam alguns leopardos ativos também durante o dia. Durante o dia, a maioria dos leopardos passa o tempo cochilando no topo das árvores.

Quando o sol começa a se pôr, os gatos se movem furtivamente pelo território em busca de presas. Eles podem viajar 10 milhas ou mais em uma única noite, e alguns até vagam até 40 milhas ou mais!

Reprodução do leopardo

O acasalamento varia de subespécie para subespécie e região para região. A maioria dos leopardos não tem estação específica para reprodução e pode acasalar durante todo o ano. A leopardo fêmea é receptiva ao acasalamento por cerca de uma semana. Seu período de gestação é de pouco mais de três meses e ela geralmente dá à luz entre dois e quatro filhotes.

Quase metade de todos os filhotes nascidos não sobreviverá ao primeiro ano. A mãe tira o leite do filhote e é auto-suficiente aos um ano de idade, mas geralmente fica com a mãe até os dois anos de idade.

Conclusão

Eu espero que você tenha gostado de todas essas informações a respeito dos leopardos. Não se esqueça de que apesar de lindos e msestrosos os leopardos podem acabar sendo perigosos.

Gostou desse conteúdo? Que tal compartilhar esse artigo com mais pessoas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *