Home / Informações / Características do Búfalo: Alimentação e Nome Científico

Características do Búfalo: Alimentação e Nome Científico

Você já deve ter visto esse animal em algum documentário na televisão. Principalmente no meio africano. Esses animais pertencem a classe Bovinae. De certo modo, é um tipo de boi de uma espécie diferente.

É um animal de grande porte com chifres enormes e uma cara de mal que assusta se você ficar encarando por muito tempo. Esses animais, no meio selvagem, fazem parte do cardápio dos grandes predadores, não apenas felinos, mas cães selvagens hienas também. No Brasil, esses animais são criados domesticados sendo eles das raças Mediterrâneas, Carabao, Murrah e Jaffarabadi. Quer saber mais sobre esses animais? você veio ao lugar certo, bora conhecer o búfalo?

Búfalo
Búfalo

Conheça o Búfalo Africano

900kg de pura massa muscular e gordura. O búfalo africano, Syncerus Caffer, é um animal de grande porte que pode chegar aos 3 metros de comprimento. Pertencendo a família Bovidae, esses animais não são tão amistosos quanto os bois que conhecemos, embora pareça um.

Em termos de altura, o búfalo africano pode chegar até 1,7 metros, maior que muitos brasileiros por aí. Somente os chifres desse animal pode fazer um homem chorar e sair correndo ao vê-lo atacar. Não consigo pensar em que não sairia correndo ao vê-lo vindo na sua direção. Os chifres são largos e curvos para trás. Ele vive na África, normalmente, na savana e é um dos pratos preferidos de muitos predadores ferozes.

Quando o assunto é uma boa visão, esses animais não se dão bem, mas no quesito força e audição apurada. Ele ganha de muitos bichos. Ele é nativo da África. Diferente de muitos da mesma espécie, o búfalo africano tem a tonalidade negra em seu pelo com manchas nos olhos.

Uma curiosidade interessante é que essa é a única espécie de búfalo que nunca foi domesticado pelo homem. Eles vivem em sociedade, grandes manadas de até 500 membros. Porém, os mais velhos se afastam de toda essa multidão e acaba em grupos menores.

Eles não possuem uma época certa de reprodução, mas, existe uma preferencia por abundancia de alimente, então, a maioria das fêmeas da a luz durante a época onde o pasto e outros alimentos estão em abundância. Se engana quem pensa que os animais não tem instinto protetor. Vai mexer com um filhote de búfalo para ver se não leva chifrada. As mães são super protetoras e mexer com seu filhote é só para quem se garante em uma briga de chifres. O filhote nasce após 340 dias de gestação com nada mais, nada menos, que 40 kg.

Búfalos domésticos

Os Búfalos são criados domesticados são criados em função do leite, das fêmeas, e da carne que produzem. No Brasil, existem 4 raças domesticadas. Como eu já mencionei, o búfalo africano é a uma das únicas espécies que nunca foi domesticado. No entanto, Búfalos de outras regiões como Itália e Índia são domesticados.

No Brasil, o búfalo Mediterrâneo é originário da Itália. São animais de porte médio, nem grandes nem pequenos e são criados apenas por sua carne e leite que fornecem. Da Índia, o Brasil tem a raça Murrah, sendo eles do mesmo tipo que seus parentes italianos.

São animais de porte médio também, com chifres pequenos espiralados. Os criadouros também tem animais maiores, como os da raça Jaffarabadi, ou búfalo do rio, uma raça proveniente da Índia também.

No entanto, essa possui longos e finos chifres e uma tamanho bem maior, sendo caracterizado como um animal de grande porte. Uma raça filipina que reside no nosso país, ou melhor, no ambiente pantanoso do nosso país é o Carabao. Essa raça tem características diferentes como pelos com tons claros e chifres grandes e pontudos.

Além dos habituais produtos que fornece. Esse animal é usado também como músculos. Diferente de seus exemplares africanos, os Búfalos domésticos são animais dóceis e bem sociáveis com os humanos. O que facilita sua criação. Por sua coloração escura, o sol os faz mal, sendo assim, preferem permanecer na sombra em dias ensolarados e quentes.

As subespécies

O búfalo possui 5 subespécies, são elas o Bubalus bubalis, Bubalus arnee, Bubalus depressicornis, Bubalus quarlesi, Bubalus mindorensis. Obviamente, todos os animais dessas subespécies são da família Bovinae.

  • Bubalus bubalis, é o búfalo asiático, originário da Ásia. São animais de grande porte que podem chegar a 3 metros ou mais de comprimento. Seu peso ultrapassa 1 tonelada. Atualmente, a carne, o leite e o couro desses animais são os mais valorizados.
  • Bubalus arnee, é o búfalo asiático selvagem, uma versão não domesticada que vive ao sudeste da Ásia. Esses animais encontram-se protegidos por estarem ameaçados de extinção. Ele está na lista dos maiores Búfalos selvagens, perdendo por pouco do búfalo
  • Bubalus depressicornis, conhecido também como búfalo anão da planície, vive geralmente na Indonésia, mas pode ter exemplares na ilha de Buton. Essa subespécie mete 1,8 metros de comprimento e pesa de 300kg a 600kg. Sua altura é equivale a 85 centímetros.
  • Bubalus quarlesi é o búfalo anão da montanha, um dos menores da espécie Bovinae, sendo ele um animal de porte pequeno comparado a todos os outros. Esse pequeno herbívoro vive em Sulawesi, nas Filipinas e atualmente se encontra em risco de extinção.
  • Bubalus mindorensis outro búfalo de porte pequeno morador da ilha de Mindoro, nas Filipinas, é conhecido também como búfalo anão de mindoro, ou tamaraw.

Um exemplar desse animal pode chegar até os 2,2 metros de comprimento e pesar algo em torno de 300kg. De altura, esse animal tem o equivalente a 120 centímetros. Os Búfalos, independentemente da espécie, são herbívoro e se alimentam de pastos nos lugares onde vivem. Como bois, seu parente próximo.

Conclusão

Búfalos são como bois, animais que vivem tanto como selvagem como domésticos e nos beneficiam com sua carne e leite, e até mesmo couro. Não posso deixar de pensar que esses animais são bastante curiosos, com espécimes diferentes dos maiores aos pequeninos. Desde as pequenas subespécies, o búfalo vai crescendo gradualmente, passando pelas especeis domesticas até o maior de todos que nunca foi domesticado pelo homem, o búfalo africano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.