Home / Informações / Características da Tartaruga Almiscarada: Tamanho e Nome Científico

Características da Tartaruga Almiscarada: Tamanho e Nome Científico

A procura de um animal de estimação? Que tal optar pela tartaruga almiscarada? Já ouviu falar dela? Não?! Pois bem, esse indivíduo faz parte da família Kinosternidae e, ao contrário do que estamos acostumados, ela não só é uma criatura que vive na água, como tem uma estatura menor do que suas parentes. Talvez seja exatamente por essa característica que a almiscarada é um dos pets preferidos entre os amantes de animais aquáticos. 

Residente da parte sul do Canadá e leste da terra do tio Sam (Estados Unidos), esse indivíduo é conhecido cientificamente como Sternotherus odoratus. E este faz uma referência direta a um dos traços físicos da criatura. Na verdade, a nomenclatura poderia ser traduzida ao pé da letra como tartaruga fedorenta, isso porque quando ela é caçada ou agarrada, o indivíduo libera um cheiro bem forte e desagradável. Nada mais que uma forma de se defender de seus predadores. 

Tartaruga Almiscarada
Tartaruga Almiscarada 

Características da tartaruga almiscarada

A espécie adulta apresenta um casco marrom e cinza escuro liso. Ela tem um formato arqueado, alongado e estreito. Já os jovens exibem um certo padrão de manchas escuras. As partes moles, como cabeça, pernas e outros tecidos detém uma cor cinza claro a preto, podendo mudar conforme vão envelhecendo.
A lateral de sua cabeça exibe duas faixas amarelas em tons diferentes, que começam da ponta do nariz, passando acima e abaixo de cada olho e se estendendo até o pescoço. Estas podem aparecer ou sumir em qualquer fase da vida. 

E, como dito, é um bicho de pequena estatura. Ela pode alcançar até os 13,7 centímetros de comprimento, mas a média varia de 7 a 10 cm, com ambos os sexos tendo o mesmo tamanho. A espécie pesa apenas algumas gramas, com um indivíduo sendo encontrado em 2012 com uma massa de uma grama. Ela é tão pequena que cabe dentro de uma tampa de garrafa. A criatura foi achada em Kenmore, Washington. 

No Canadá, podemos encontrá-la ao sul de Ontário e Quebec. Já nos Estados Unidos, ela se localiza no norte e sul da Flórida, oeste do Texas e Wisconsin e ao sul do Maine. 

Tartaruga Almiscarada
Tartaruga Almiscarada

Habitat, comportamento e alimentação

É uma habitante de água doce, podendo residir em lagos, rios, lagoas, pântanos e canais, preferindo especialmente locais com fundos arenosos e com uma correnteza lenta.
Ela também prefere locais rasos, e não tolera água com altos níveis de sal. O indivíduo passa a maior parte do seu tempo dentro desse local, se movimentando no fundo de rios, lagos, etc. Ocasionalmente faz alguns banhos, mas prefere ficar submersa. 

A tartaruga adora tomar sol, e faz isso se acomodando em troncos flutuantes ou áreas emergentes. Tal comportamento é realizado para se aquecer e metabolizar vitamina D e cálcio.
Quando está em terra, gosta de ficar em árvores ou galhos caídos, também para tomar sol. Aliás, a almiscarada tem ótimas habilidades de escalada.

Costuma ser mais ativa durante a noite. 

Sendo um animal de sangue frio, não é muito fã do inverno. Em decorrência disso, elas acabam sumindo nesta estação, com exceção daquelas que vivem ao sul, onde costumam ser mais ativas justamente durante essa época do ano. 

Sua expectativa de vida é longa, como a maioria dos indivíduos dessa espécie. Em cativeiro costuma viver até os 50 anos, com registro de uma criatura que alcançou os 54. Já na natureza a média costuma ser de 20 a 30 anos. 

A dieta da tartaruga almiscarada é composta de insetos aquáticos gafanhoto, grilos e as larvas desses animais -, anfíbios, caracóis, peixes, camarões, moluscos e até carniça. Eventualmente consome plantas flutuantes, assim como minhocas, ovos, girinos e sapos. 

Reprodução 

A reprodução da tartaruga se inicia na primavera, com as fêmeas depositando de dois a nove ovos. Estes eclodem entre o fim do verão e o começo do outono.
Os bebês nascem com menos de uma polegada de largura. 

Animal de estimação 

Um dos motivos pela almiscarada ser escolhida como animal de estimação é porque ela é de fácil manutenção. Pode viver já na idade adulta dentro de um aquário com até 200 litros.
Assim como todas as espécimes, o dono deve disponibilizar locais para ela se esconder. 

É preciso ficar atento também para não encher tanto o tanque, pois ela deve ter um espaço para respirar, ou seja, uma pedaço de superfície disponível. 

Para esses indivíduos que vivem em cativeiro a dieta é composta de partes de animais, como caracóis, amêijoas, peixes, larvas de mosquitos, insetos e até alguns vegetais. 

Tartaruga Almiscarada
Tartaruga Almiscarada

Os menores animais do mundo

E já que estamos no clima de pequenas criaturas, vamos conhecer mais delas. 

1 – Sagui-leãozinho 

Sagui-leãozinho
Sagui-leãozinho

Habitante das florestas tropicais da América do Sul, inclusive na Amazônia, o Sagui-leãozinho é considerado o menor macaco do mundo. Ele tem uma estatura de 16 centímetros de comprimento.
Um fato curioso é que seu rabo é maior que seu corpo, com 20 cm. Este serve para manter o equilíbrio do animal. 

Ele vive em grupos de até 9 criaturas, normalmente esse conjunto é composto de familiares do bicho. 

2 – Musaranho-pigmeu 

Musaranho-pigmeu
Musaranho-pigmeu

O musaranho-pigmeu é o menor mamífero do mundo. Ele é visto na África e nos campos, vales e florestas da Europa mediterrânea. 

Esse pequeno roedor tem 52 milímetros de comprimento e uma cauda que chega aos 30 mm. Ele é tão pequeno que os bebês da espécie nascem do tamanho de uma abelha.
E não vai achando que tamanho é documento, pois o indivíduo é bem valente e agressivo. 

Não pode ficar muito tempo no sol senão morre, por este motivo prefere ficar em pedras, raízes e lugares com sombra. 

3 – Cavalo Einstein

Cavalo Einstein
Cavalo Einstein

Einstein nasceu em 2010 em Nova Hampshire, nos Estados Unidos. Ele é o menor cavalo do planeta. O indivíduo tem 35 centímetros de altura. E ao contrário do que se pensa, ele não é um equino anão, ele simplesmente parou de crescer. 

O bicho não costuma ficar com outros de sua espécie pois poderia levar uma pisada e morrer. 

Gostou? Não esqueça de compartilhar com seus amigos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *