Home / Informações / Características da Ema

Características da Ema

Onde Vivem as Emas

A ema é uma interessante ave típica da América do Sul, pertence à ordem dos Rheiformes, à família Rheidae e à espécie Rhea americana (que significa Grande Pássaro da América do Sul). Sua distribuição geográfica é restrita ao continente sul americano e as maiores populações naturais encontram-se no Brasil, nos Estados do Mato Grosso e Goiás, um habitante típico dos campos e serrados. Também é vista nos Pampas do Paraguai, Argentina e Uruguai. Um das características da ema são suas grandes asas, entretanto, ela é uma ave não voadora, suas asas tem a função de ajuda-la a equilibrar-se durante a corrida e, também, para mudar a direção.

Características da Ema
Características da Ema

Corredora Nata

Outra característica – da – ema muito interessante é a sua aptidão para correr longas distâncias. Esse animal consegue alcançar até 40 km/hora o que lhe confere o segundo lugar de ave mais veloz, perdendo apenas para o Avestruz que alcança até 80 km/hora. A velocidade dessa ave é uma ótima tática para se defender dos predadores, quando perseguida ela pode atravessar rios a nado velozmente. Seu comportamento é, geralmente, mais arredio, contudo, pode ser facilmente criada em cativeiro. Outra característica – da – ema para manter a sua sobrevivência são as suas unhas. Com uma estrutura forte as unhas possibilitam que ela se defenda muito bem quando um predador aparece. Os seus possíveis predadores são: a onça pintada, o lobo guará, gaviões. Os teiús são os maiores predadores dos ovos da ema, e os filhotes são fonte de alimento para os gaviões. Os filhotes também são velozes e qualquer ser humano perderia uma corrida para eles. Essa ave tem uma altura elevada podendo chegar a 1 metro e 70 centímetros, característica da ema lhe dá o título de maior ave brasileira. Seu peso varia, mas geralmente alcança os 35 quilos e seu ciclo de vida encerra-se aos 40 anos, em média.

Plumagem Valiosa

A sua plumagem é castanha acinzentada toda soltinha e tem como única função proteger a sua pele. Essa característica – da – ema é muito valorizada no mercado comercial, suas penas são usadas em decorações, fantasias e bijuterias. Essa valorização comercial contribui para a extinção da espécie que já está ameaçada, além disso, a diminuição dos ecossistemas também é outra ameaça. Um meio de preservar a espécie é a criação em zoológico/cativeiro.

Sua carne é comestível, apesar de mole. Uma ema com peso entre 34 kg produz de 9 a 12 kg de carne. O ovo dela pode ser consumido à semelhança ao da galinha. Aliás, o macho que prepara o ninho para a fêmea, ele faz um círculo e uma cavidade para a ema depositar os ovos. Nessa ação ele perde muitas penas, pois busca deixar o ninho o mais aconchegante possível para o filhote. O macho é o responsável por chocá-los por um período de 38 a 42 dias até o filhote nascer, nesse período de chocar os ovos o macho fica muito agressivo, chegando a ficar semanas sem comer ou beber água, vivendo apenas de gordura corporal armazenada.

Plumagem da Ema
Plumagem da Ema

Procriação

Cada fêmea bota em média de até 15 ovos, este tem uma casca bem dura e pode pesar até 600 gramasEnquanto o macho cuida da incubação dos ovos, as fêmeas praticam poliandria sucessiva, ou seja, acasalam-se com mais de um macho na mesma época reprodutora, podendo formar até três ninhos diferentes em uma mesma temporada. Eles vivem em grupos familiares que podem chegar a ter 6 a 60 indivíduos. O ovo da ema tem uma casca muito dura, ou seja, o filhote faz um esforço tremendo para romper a casca. Os ovos que não são chocados ou ficaram meio de lado apodrecem, esses ovos podres servem de alimento para os filhotes, pois ao apodrecer várias moscas são atraídas e formam ali larvas e os filhotes as comem. Aos seis meses eles já têm quase o tamanho da fêmea adulta. Bem bacana esse ciclo! Os filhotes de ema são chamados de nidífugos. Como assim? Eles já nascem com penas e olhos abertos, acompanham um pouco o pai/macho para alimentar-se, mas torna-se independente rapidamente. Esse acompanhamento seguirá até o início da vida adulta, a maturidade sexual geralmente começa entre um 1 ano e meio a 2 anos de idade.

Procriação da Ema
Procriação da Ema

Alimentação

Outra característica – da – ema muito interessante é a sua alimentação, as emas são onívoras, ou seja, comem de tudo insetos, folhas, sementes, frutas, pequenos mamíferos. Outra coisa meio bizarra que a ema come são as pedras. Isso mesmo, pedras! Mas tem uma explicação lógica para isso, as pedras no estômago a auxiliam na trituração do alimento que ingeriu, portanto, uma tática em prol de uma boa digestão. Por isso, carinhosamente elas recebem, assim como o Avestruz e o Casuar, aves pertencentes à mesma família Ratitas (que não podem voar), leia em Tipos de Animais, o título de “estômago de avestruz”, dado àqueles que possuem um bom estômago, sendo capazes de digerir qualquer tipo de comida sem passar mal. Essa ave passa a maior parte do tempo à procura de alimento.

Ema Alimentação
Ema Alimentação

Dimorfismo sexual

Toda espécie tem diferenças entre o macho e a fêmea e com a ema não seria diferente. As fêmeas são mais pesadas, tem o pescoço negro e pele fácil desprovida de cor azul forte, já os machos têm pele clara azulada na face e no pescoço. A plumagem como mencionado antes é castanha acinzentada e isso se aplicado para ambos. O macho de ema é geralmente maior que a fêmea e sua pluma é mais escura e arrepiada, isso em época de acasalamento. O macho nessa época briga com os rivais e o vencedor pode formar um grupo com até seis fêmeas. Mas para acasalar é necessário cortejá-la e isso não é tão simples assim, ele abaixa as asas, faz uma dança, canta, se exibe, caso a fêmea goste aceitará “namorá-lo”.

Ema Femêa e Macho
Ema Femêa e Macho

Informações Adicionais

A carne da ema possui muitos lipídeos e mostra um valor calórico menor do que as carnes bovina, suína e de frango. Assim tendo em vista seu alto teor proteico, sua cor vermelha característica, e uma boa aceitação pelo consumidor, a carne da ema representa, hoje, uma nova opção de consumo.

Fotos de Ema 

Pois é, essa típica ave da América Latina reserva muitas características interessantes. Gostou desse artigo? Saiba que todos os dias aqui no blog você encontrará conteúdo atualizado sobre o mundo animal. Mas antes de voltar aqui (e chamar os seus amigos para aproveitar o conteúdo, não é mesmo?) dê sua opinião, sugestão ou exponha alguma dúvida logo abaixo, nós com certeza leremos todos os comentários e responderemos. 🙂 Além disso, você pode receber artigos exclusivos no seu e-mail, é só se inscrever em um campo que fica à sua direita na tela.

Aproveite! Até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *