Home / Informações / Cachorro Bull Terrier: Características e Fotos

Cachorro Bull Terrier: Características e Fotos

Dos cães de raça existentes a raça de Cães Bull Terrier é bastante procurada por muitas pessoas que são apaixonadas por cachorro. É uma raça cercada de muitas histórias, mas na verdade essas lendas eram contadas por pessoas que não sabiam cuidar de um cão e os usava para rinhas e brigas para se aproveitarem da valentia do cachorro para ganhar dinheiro fácil.

Cachorro Bull Terrier
Cachorro Bull Terrier

Hoje em dia devido a vários incidentes que vem ocorrendo com os cães da raça Pitt Bull Terrier que todos nós conhecemos como cachorro pitbull os cães Bull terrier vem sendo muito mal falado por pessoas que não conhecem direito a raça do cachorro e saem por ai espalhando historias erronias sobre o cão. Muitas pessoas andam confundindo os dois cães. O cão Bull terrier é um cão com um temperamento completamente diferente, pois é um cachorro muito carinhoso e atencioso com a família é bastante calmo também com as crianças e bastante carente quando fica sem atenção sempre procura chamar a atenção e pula, lambe faz uma grande festa.

É um cão que não precisa de muitos cuidados como outras raças ele pode até ser criado em um apartamento desde que saia todos os dias para passear e fazer longas caminhadas, pois é um cão de musculatura forte e precisa de exercícios diários. São cães inteligentes e não faz sujeiras tem seu pelo bem curto e por isso não espalha pela casa toda, e sua necessidade é feita em apenas um lugar e para isso basta um treino de cães e o adestramento xixi coco no jornal e ele vai respeitar as ordens e fazer apenas no lugar marcado suas necessidades e com isso ajudando muito ao seu dono na limpeza da casa. Na verdade os cães Bull terrier são muito educados e aprendem com muita rapidez o que lhes é ensinado.

A raça de cães Bull terrier não faz muito barulho e não late à toa como os outros cães, pois late apenas para avisar que há estranhos na casas e assim ajudam também a vigiar o quintal, pois quando ele latir pode saber que tem alguém que ele não conhece entrando na casa. O cão não latir a toa é muito bom, pois assim você terá certeza de que está acontecendo alguma coisa, pois algumas raças de cachorro latem o tempo todo e assim não tem como confiar. A alimentação do cão Bull terrier deve ser cuidado com carinho com ração para cachorro para que ele cresça bem saudável e não tenha nenhum problema com obesidade, pois os cães que comem comida comem muito e acabam ficando fora do peso e tendo que fazer mais exercícios do que o normal. Cuidar de seu cachorro é um modo de preveni-lo de doenças de cães e o ter saudável todos os dias para brincar e se divertir com ele.

Características do Bull Terrier

O Bullterrierque conhecemos hoje teve suas características fixadas a mais ou menos um século, sendo que faz parte de sua origem o Bulldog Inglês que foi criado para lutas públicas contra touros. Alguns criadores na busca por um exemplar mais ágil cruzaram o Bulldog com o antigo Terrier Inglês Branco, que na época era muito difundido. Mais tarde cruzando com o Dálmata o Bullterrier tornou-se o Cachorro ágil e forte que hoje conhecemos. Foi usado para caçar ratos e são Cães de Guarda excelentes e ótimo companheiro. É um cão de constituição forte, obediente e tolerante, tem pelagem bastante curta, reluzente e um pouco dura, pode ser: branca pura, tigrada, dourada ou preta. Os cães brancos e tigrados são os mais preferidos. Sua característica mais acentuada é a cabeça em formato de ovo quando vista de frente, é levemente achatada em cima, tem sempre o nariz preto e voltado para baixo, orelhas eretas e pontudas, não existindo um padrão para peso e tamanho. São lindos Cães de Raça.

Cachorro Bull Terrier Características
Cachorro Bull Terrier Características

O Bullterrier tem uma variação miniatura que deve possuir as mesmas características, somente em tamanho e peso menores. É preciso sempre cuidar da Vacinação e Vermifugação. São cães amigáveis e possui excelente humor, sua notável inteligência é proporcional a força física e ambas precisam estar em constante atividade. O Bullterrier pode ser bastante teimoso e por isso não serve para dono de primeiro cão, pois embora a característica da raça seja de ser mansa, não podemos jamais esquecer que este cão foi desenvolvido para a rinha e que por isso não devemos nunca nos descuidarmos uma vez que é sabido que ele pode sempre reagir se for combatido. São muito afetuosos e adoram a companhia do ser humano por isso não é recomendado ficarem muito tempo sem companhia, ocasiões em que podem fazer grandes estragos, não pode se sentir entediado. Devem ser tratados com Ração para Cachorro para serem saudáveis.

Bull Terrier Curiosidades
Bull Terrier Curiosidades

Dizem os estudiosos da raça que são bons para companhia de crianças pois que sua força lhes garante um alto nível de resistência à dor e por isso pode agüentar bem qualquer tipo de brincadeira, mas como qualquer animal de estimação precisa-se tomar cuidado, diante disso entretanto eu diria que eles de maneira alguma servem para conviver com crianças, certos riscos são inadmissíveis. O Bullterrier é um cão sujeito a alergias e doenças de pele que podem ser causadas até por mordidas de insetos, e causa muita coceira, isto pode ser evitado ao se manter o cão afastado desses insetos embora esta exposição seja praticamente inevitável. A pelagem é de fácil manutenção embora cuidados como escovação sejam necessários para deixar a pelagem perfeita. O Bullterrier precisa praticar exercícios, porém não se deve exigir muito do cão na adolescência par evitar problemas no futuro, sendo que esses exercícios devem diminuir conforme vá ficando mais velho.

História Real de Bull Terrier

Uma história real de um Cão Bull Terrier. Logan é um cão Bullterrier com um ano e seis meses de idade. Desde o seu nascimento trouxe expectativas ao seu dono. Muita leitura, muitas opiniões e Logan chegou com quase dois meses. Lindo, pelo curto e lustroso, extremamente amável. Conquistou a todos desde o primeiro momento quando ainda era um Cão Bebê.  Cresceu, cresceu e cresceu. Está um cão adulto e continua lindo. Só alegrias? Pode-se dizer que sim. Precisamos apenas nos referir as pequenas e diárias travessuras de Logan. Chegando em casa do trabalho, de uma festa, lá está ele esperando, amável, gentil, com seus quase 40kg, pula, faz festa como todo Cachorro, pulando com suas patinhas dianteiras,  especialmente no dias de chuva onde o pátio de sua casa na beira das grades, a grama não existe mais, apenas uma estrada de chão batido como se tivesse sido feita por uma lâmina de trator.

A cerca de madeira da varanda de casa tem suas marcas, a mangueira de plástico, de vários metros, usado pela ajudante da limpeza, sua amiga, foi encontrada toda em pedacinhos de mais ou menos 10 cm cada numa tarde. A mangueira da máquina de lavar precisou ser trocada. A bola de couro, hoje em bagaço, é o seu brinquedo predileto. Correr no fundo do pátio e buscá-la na hora que se chega  em casa faz parte do ritual. Ou o carinho dos pulos com as patinhas embarradas ou o convite para jogar bola, quando ele chega e empurra a bola contra as pernas do convidado, solta, pega de novo e sai correndo.

Cachorro Bull Terrier Filhotes
Cachorro Bull Terrier Filhotes

O cão bull terrier…a lenda. Todas as preocupações dos primeiros tempos, a busca de informações sobre o animal que lendariamente ataca o próprio dono foi aos poucos sendo substituída pelo carinho do animal, a recepção desajeitada, mas amorosa de cada dia, a brincadeira com aquilo que não é o melhor brinquedo, a melhor ocupação, o melhor mordedor e o apego ao cachorro que hoje é amado por todos. Claro, percebe-se que não é um bom guarda, faz festa desajeitadamente aos que chegam, mas a sua presença impõe naturalmente o respeito aos que passam ou aos que ainda não o conhecem e crêem que a “lenda viva” pode atacar a qualquer momento. Tem um ouvido espetacular.

Foto de Bull Terrier
Foto de Bull Terrier

Um bom apetite. Come comida caseira. Come Ração para Cachorro. Uma preocupação excessiva com as visitas adora ser o centro das atenções, capaz de bater à porta quando não pode participar das conversas e dos risos do seu dono. Crianças… Há expectativas. Aos poucos observamos sua reação. Sente-se inquieto quando elas chegam, parece querer apenas não ser substituído por elas na atenção da casa. Preocupa sim, seu tamanho, seu peso, seus carinhos exagerados. É observado embora nunca tenha sido agressivo propositadamente. Inquieto sim, quando está só, quando outro cachorro se aproxima ou passeia na rua provocando-o no portão, corre, late, como outro Cão de Raça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *