Home / Informações / Cação Espinho: Características, Curiosidades E Fotos

Cação Espinho: Características, Curiosidades E Fotos

Certamente você já deve ter ouvido falar do cação, até mesmo já deve ter consumido a carne de cação que é extremamente barata em nosso país. Hoje conheceremos um pouco mais sobre este peixe, com foco em suas características mais pertinentes.

Muitos Nomes Para Este Tal Cação

O cação é um peixe que recebe os mais diversos nomes a depender de onde é encontrado. Aqui em nosso país podem receber dentre outros nomes: Darwen salmão, spinyfish comum, cão azul e squalus. Aqui usaremos apenas a menção cação e cação espinho.

É um peixe de porte médio, podendo atingir cerca de quarenta centímetros. Sendo a média entre vinte oito e quarenta centímetros. Habita apenas águas salgadas, não sendo encontrado em água doce. É um peixe encontrado em regiões costeiras e também a plataforma continental em até novecentos metros de profundidade.

A plataforma continental corresponde a camada mais profunda dos oceanos, habitada principalmente por aqueles animais que não dependem da superfície para sua subexistência.

Características Físicas Do Cação Espinho

O cação como comentamos é um peixe de porte médio e possui uma coloração acinzentada clara em todo o seu dorso. O ventre por sua vez apresenta uma coloração mais clara, em um tom de branco. Seus olhos são esverdeados e apresentam um tamanho mediano em relação a sua cabeça.

Seus dentes são pequenos e similares, tanto na mandíbula inferior quanto superior. Tendo em média vinte e seis dentes em cada uma delas.

Cação Espinho
Cação Espinho 

Hábitos Alimentares E A Má Fama Da Espécie

O cação é muito mal visto pelos pescadores devido ao seu comportamento alimentar tão voraz. Sendo ele o responsável por espantar outros peixes que estes profissionais pescariam na região onde estão, isso justamente por se alimentar destes animais. Desta maneira, o cação é mal visto porque os peixes que acabam não indo embora do mesmo habitat que eles acabam servindo de alimento para o cação. O que para o pescador acaba gerando prejuízo de qualquer forma.

Por falarmos em prejuízo, há relatos em que indivíduos da espécie morderam redes de pesca contendo peixes para se alimentarem e muitos pescados acabaram soltos por conta desta atitude.

Normalmente se alimentam dos mais diversos peixes dentre eles a cavala e o arenque, mas também compõe o seu cardápio, as lulas, os camarões, caranguejos, polvos e água vivas.

Segundo estudos, nos meses de inverno esta espécie acaba não se alimentando, uma vez que fica nas profundezas sem se deslocar muito. Justamente por este comportamento comumente é visto muito magro no início da primavera quando volta ao seu comportamento normal.

Reprodução Do Cação: Comportamento Da Espécie

O cação vive aproximadamente trinta anos e possui uma maturidade sexual tardia, podendo estar apto para o acasalamento a partir dos doze anos. Além de ter uma maturidade sexual muito tardia, o período de gestação é o mais longo entre os vertebrados podendo chegar a vinte e quatro meses.

Para não machucar a mamãe cação durante o parto, os filhotes nascem com bainhas cartilaginosas sobre os espinhos para não feri-las. O cação espinho possui espinhos venenosos localizados em suas barbatanas dorsais. A fêmea dá à luz a filhotes pequenos que se desenvolvem vagarosamente. Sendo considerada uma espécie de desenvolvimento lento.

Infelizmente não é possível determinar o número de indivíduos da espécie no mundo, mas sabe-se que a mesma está a beira de um verdadeiro colapso, isso atrelado a sua demorada gestação, ao início tardio de seu período reprodutivo e também pela pesca excessiva de sua espécie. Para você ter uma ideia uma fêmea dá a luz a em média seis filhotes a cada dois anos, a partir do início de seu período reprodutivo, que tem início aos doze anos. Embora não tenhamos número de indivíduos, segundo a World Conservation Union é uma espécie vulnerável ao risco de extinção.

Um Tubarão Perigoso?

Como colocamos anteriormente, o cação espinho é na verdade um tubarão de porte médio, mas agora você deve estar se perguntando certamente se é uma espécie perigosa para nós seres humanos. Bom, devido principalmente a indústria cinematográfica criou-se a ideia de que os tubarões são animais sanguinários que estão a abater banhistas. Será?

Embora essa ideia de que os tubarões não animais terríveis que comem homens vivos proposta pelo cinema não seja de fato real, a imagem de que são animais tranquilos e pacatos também não é. É preciso ponderarmos aqui que estes animais são capazes de matar e comumente acidentes envolvendo as inúmeras espécies de tubarão acabam culminando em óbito, mas que apesar de ser um risco para nós seres humanos estas espécies desempenham um papel importante na manutenção do ecossistema no qual estão inseridos e sua vida deve ser preservada.

Cação Espinho
Cação Espinho

A Importância Dos Tubarões No Ecossistema

Qual é a importância ecológica do tubarão? Você vai se surpreender com o papel dos tubarões para a vida e o equilíbrio da vida marinha. Estes animais são exímios predadores e constituem o topo da cadeia alimentar, sendo os responsáveis pela manutenção equilibrada deste sistema, impedindo o crescimento irregular das espécies que servem de alimento para eles. Para que você possa visualizar o que estamos falando, nos Estados Unidos, no estado da Virgínia, houve uma acentuada redução dos tubarões o que resultou em um crescimento desenfreado de raias. As raias, por sua vez, acabaram devastando os crustáceos que serviam de uma importante fonte de renda para pescadores locais.

No caso especificamente do cação, eles se alimentam de maneira eficaz, consumindo os peixes menos saudáveis por assim dizem, de um cardume, consumindo aqueles animais que são tidos como presas mais fáceis, normalmente os mais velhos e os doentes. Neste caso, segundo pesquisadores, o cação contribuiria para diminuir as chances de propagação de doenças em cardumes inteiros e mantendo a população de peixes mais saudáveis. O que querendo ou não, reflete diretamente na nossa saúde, visto que consumimos estes peixes.

Viu como o tubarão é um animalzinho para lá de importante?

Nota Importante

Apesar de termos comentado inicialmente que o cação é um peixe extremamente barato em nosso país, ao que tudo indica não é nada saudável, uma vez que como estão no topo da cadeia alimentar acabam consumindo os mais diversos alimentos, gerando o que chamamos de bioacumulação. Além dos peixes e outros animais marinhos que acabam consumindo ingerem metais pesados como selênio e mercúrio que comumente são encontrados abundantemente na carne do cação e que em nós pode causar danos neurológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *