Home / Informações / Animais Que Começam Com a Letra S

Animais Que Começam Com a Letra S

Sabiá

Sabiá
Sabiá

Os sabiás são aves que se caracterizam pela cabeça arredondada e pelas longas asas pontiagudas, além do canto melodioso. Habitam diversos habitats em todo o mundo, inclusive áreas urbanas.

Sapo

Sapo
Sapo

Os sapos são anfíbios da ordem Anura. Há cerca de 4.800 espécies no mundo.

A maioria dos sapos vive em ambientes terrestres próximos a fontes de água. A respiração é feita pela pele, pois o pulmão não é completamente eficiente.

Sagui

Sagui
Sagui

O sagui é um primata endêmico do leste e centro-oeste brasileiro. Ele ocorre principalmente na região da Mata Atlântica.

Esse animal mede de 20 a 30 centímetros de comprimento, além dos 35 centímetros de cauda. Seu peso varia entre 100 e 260 gramas. A expectativa de vida está entre 12 e 20 anos.

Saúva

Saúva
Saúva

As saúvas são formigas nativas das Américas e muito abundantes nas regiões tropicais. Há cerca de 200 espécies, cuja expectativa de vida varia entre 20 e 30 anos.

Sardinha

Sardinha
Sardinha

As sardinhas são peixes que medem entre 10 e 15 centímetros de comprimento. Possuem  apenas uma barbatana dorsal e sem espinhos. Não há espinhos também na barbatana anal e a caudal é bifurcada. A boca não possui dentes e a maxila é curta. As escamas ventrais apresenta forma.

Siri

Siri
Siri

Os siris são crustáceos que ocorrem em ambientes marinhos de todo o mundo. Eles possuem uma capacidade maior de locomoção do que seus “primos” caranguejos.

Suricata

Suricata
Suricata

O suricata é um mamífero que pode ser encontrado na África do Sul, na Botsuana, na Namíbia e na Angola. Esses animais medem cerca de 50 centímetros de comprimento, incluindo a cauda. Pesam, em média, 730 gramas. A pelagem é acastanhada.

Surucucu

Surucucu
Surucucu

A surucucu é a maior serpente peçonhenta da América do Sul. Ela habita regiões de florestas densas, principalmente na Amazônia. Podem medir até 3,5 metros de comprimento.

Salmão

Salmão
Salmão

Salmão é o nome dado a vários peixes da família Salmonidae. Sua cor rosácea é devida a um pigmento chamado astaxantina. Na verdade, a carne do salmão é originalmente branca. O seu pigmento provém de algas e outros organismos unicelulares que são ingeridos pelos camarões que, por sua vez, são ingeridos pelos salmões.

Solha

Solha
Solha

As solhas têm uma larga distribuição geográfica. A maioria delas prefere zonas costeiras com até 200 metros de profundidade. Suas barbatanas peitorais são ausentes ou muito reduzidas.

Há 89 espécies de solhas classificadas em 22 gêneros.

Sanguessuga

Sanguessuga
Sanguessuga

A sanguessuga é um anelídeo que se alimenta, geralmente, do sangue de outros animais. Há mais de 500 espécies que podem ser encontradas em todo o mundo.

As sanguessugas podem ingerir uma quantidade de sangue 500 vezes superior ao volume de seu próprio corpo. Para se alimentar, elas secretam um anticoagulante que leva o sangue da sua vítima a circular sem estancar.

Salamandra

Salamandra
Salamandra

Existem cerca de 515 espécies de salamandras. Elas se distribuem, em sua maioria, pelas Américas do Norte e Central.

Tais animais apresentam o corpo alongado, patas curtas e cauda longa. As salamandras se assemelham aos lagartos, mas se distinguem pela ausência de escamas.

Elas conseguem regenerar membros e cauda se estes forem decepados.

Seriema

Seriema
Seriema

As seriemas são pássaros de coloração marrom-acastanhada que habitam Brasil, Paraguai, Bolívia, Uruguai e Argentina.

Elas medem cerca de 90 centímetros de comprimento, com longas pernas, pescoços e caudas. As asas são curtas.

Saí-Verde

Saí-Verde
Saí-Verde

O saí-verde ocorre do México até o norte da América do Sul. Essa ave mede aproximadamente 14 centímetros de comprimento e pesa 17 gramas. Seu bico é largo e com a mandíbula amarela.

Os machos são azuis-esverdeados com uma notável máscara negra. Já as fêmeas são verdes no dorso e pálidas no ventre.

Saicanga

Saicanga
Saicanga

A saicanga encontra-se apenas em águas doce da América do Sul. Seu corpo, alongado e estreito, apresenta coloração verde-prateada. O focinho é longo e a boca é grande com dentes caninos. Esse peixe pode medir 35 centímetros de comprimento.

Salteira

Salteira
Salteira

A salteira é um peixe que pode ser encontrado em todo o litoral brasileiro. Sua pele é lisa e as escamas são bem pequenas. Seu corpo é alongado, estreito e com espinhos anteriores curtos, os quais são mais evidentes em exemplares mais jovens.

Saracura-Sanã

Saracura-Sanã
Saracura-Sanã

A saracura-sanã é uma ave que pode ser encontrada no Brasil, nas Guianas, na Venezuela, no Peru, na Colômbia, na Bolívia, no Paraguai e na Argentina. Ela mede cerca de 30 centímetros de comprimento.

Seu dorso é marrom-oliva. A garganta é branca. As partes inferiores são cinzas. O bico é verde as pernas são vermelhas.

Sanhaço

Sanhaço
Sanhaço

As cerca de nove espécies de sanhaços ocorrem quase que exclusivamente na América Latina. A maioria habita florestas de clima úmido temperado e vive em casais ou em bandos com mais cinquenta indivíduos.

Saracuraçu

Saracuraçu
Saracuraçu

Saracuraçu são aves que habitam Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina. Elas medem aproximadamente 46 centímetros de comprimento. O bico é verde, o pescoço é cinza, o ventre em tons de ferrugem e a cauda é negra.

Sardão

Sardão
Sardão

O sardão é um lagarto da família Lacertidae. Ele pode ser encontrado na Espanha, em Portugal, no sul da França e no norte da Itália.

Esse lagarto mede de 30 a 60 centímetros de comprimento. A cauda pode medir até dois terços do tamanho do seu corpo.

O dorso do sardão normalmente é verde, mas pode apresentar coloração acinzentada e acastanhada.

A expectativa de vida é de 25 anos em cativeiro.

Saripoca

Saripoca
Saripoca

As saripocas são aves nativas de florestas tropicais da América do Sul. De médio porte, elas medem de 33 a 40 centímetros de comprimento. O bico é relativamente grande, colorido, forte e serrilhado.

Saruê

Saruê
Saruê

Saruê é uma espécie de gambá presente no Brasil, na Argentina e no Paraguai. Pode medir de 60 a 90 centímetros de comprimento e pesar até 1,6 kg.

Saudade

Saudade
Saudade

Saudade é uma ave endêmica das montanhas altas da fronteira entre São Paulo e Rio de Janeiro. Mede aproximadamente 27 centímetros.

O macho tem coloração negra e a fêmea é verde com abdômen amarelado.

Saurá

Saurá
Saurá

Saurá é uma ave passeriforme encontrada em parte da Amazônia e no Maranhão. Essa espécie pode medir até 21 centímetros de comprimento. A plumagem dos machos é vermelha. Nas fêmeas, a coloração é esverdeada no dorso e acinzentada na garganta e no peito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *