Home / Informações / Alimentação do Jacaré

Alimentação do Jacaré

Com direito até a papel de vilão em diversos filmes de Hollywood, o jacaré provavelmente é um dos animais que mais aterroriza os humanos. Mas, apesar da fama de “assassino”, ele só ataca quando se sente ameaçado. É um animal que existe a milhões de anos na terra. Sua ordem, a crocodilos, da qual faz parte, está no planeta há mais de 200 milhões de anos.

Infelizmente presa constante dos caçadores, que os matam para utilizar sua pele e sua carne, o jacaré pode ficar longos períodos sem comer. Ele também é do tipo que hiberna e tem uma mordida de dar medo. Sabia que, com uma única dentada ele consegue quebrar o casco de uma tartaruga? Não é a toa que os seres humanos os temem. 

Características do jacaré 

Hoje, é possível encontrar oito tipos diferentes dessa espécie, sendo os mais comuns o jacaré-chinês e o americano. No Brasil, os mais comuns são o jacaré-de-papo-amarelo, jacaretinga, do Pantanal, anão, açu e jacaré-coroa. O americano chega a incríveis 3,4 metros de comprimento e pesa cerca de meia tonelada. Já o chinês é consideravelmente menor, com 1,5 metros de comprimento e pesa 22 quilos. 

Alimentação do Jacaré
Alimentação do Jacaré

Costumam viver em grupos e são ótimos nadadores, ótimos mesmo. A espécie americana consegue se movimentar a 32,18 km/h na água. Também se locomovem muito bem em terra, chegando a correr 17 km/h. Mesmo assim, são do tipo aquáticos e preferem passar a maior parte de seu tempo em pântanos, lagos e rios. E não é a toa que eles estão por aqui a tanto tempo, sua estimativa de vida varia de 80 a 100 anos. 

Sua alimentação 

Como você já deve saber, esse bicho é do tipo carnívoro e costumam comer basicamente tudo o que vêm pela frente, tudo mesmo. De mariscos, a peixes, mamíferos e até répteis. São do tipo impaciente, isso porque ao vez de mastigar a comida, eles engolem sua presa de uma vez. Às vezes comem frutas também, para variar o cardápio. Atacam e mordem sua comida pelas laterais. 

Sua língua é presa e possui um órgão gorduroso dentro de seu abdômen que faz com que o indivíduo consiga ficar muitos dias sem comer. 

Curiosidades sobre o jacaré 

1- Muitos dentes

O jacaré pode trocar a dentição 40 vezes ao longo de sua vida. Assim que perdem um, um novo aparece em seu lugar. No total, eles chegam a ter 3000 dentes durante a vida. 

2 – Poliamor

Na época da reprodução, o macho pode acasalar com várias fêmeas, já está tem um único companheiro por estação.

3 – Definição do sexo 

Achamos essa curiosidade bem interessante. Sabia que o que define o sexo dos bebês é a temperatura do ninho? Pois é, em temperaturas abaixo de 28 graus o mais provável é que a ninhada seja de fêmeas. Agora, se o local se encontrar acima dos 33 graus, é provável que os filhotes sejam machos. E ainda tem o meio termo, com uma temperatura de 31 graus, a ninhada será meio a meio. 

4 – Hibernação

Como já comentamos mais acima, o jacaré hiberna – durante um período de 4 meses -. Nessa época do ano ele não se alimenta e aproveita para tomar bastante sol e se aquecer. 

5 – Filhotes independentes 

Os filhotes dos jacarés se tornam independentes muito rápido, mas, mesmo assim, costumam ficar com as mães até os 2 anos de idade. 

Diferença entre o jacaré e o crocodilo

Provavelmente você não vai saber me dizer quais as diferenças entre um jacaré e um crocodilo, certo? Tranquilo, a maioria das pessoas não sabem e se confundir é bem normal, já que ambos têm detalhes semelhantes. Apesar disso, são justamente suas características físicas que os diferenciam. 

O jacaré, da família alligatoridae – o crocodilo é da crocodylidae –  tem a cabeça mais curta e mais larga que seu primo. Eles também são menos agressivos, apesar disso, não abuse da sorte e mantenha distância deles. 

Outra coisa que os diferem é a coloração. Um tem a coloração mais escura que o outro. O crocodilo tem um corpo cinza esverdeado. Seus maxilares também são diferentes, enquanto no primeiro é possível ver seus dentes superiores quando está com a boca fechada, no outro é podemos ver a dentição superior e inferior. 

O jacaré detém membranas interdigitais nos dedos traseiros. Outra diferença interessante entre os dois é que o segundo tem maior tolerância a águas salgados do que o primeiro, isso porque o crocodilo tem glândulas salinas que permitem que eles eliminem o sal em excesso, coisa que seu primo não consegue fazer. 

Crocodilo
Crocodilo

Hábitos 

Os jacarés são extremamente sociáveis, por este motivo vivem em grupos. Geralmente eles ficam juntos na hora do banho de sol ou dando mergulhos. Costumam mergulhar quando sua temperatura aumenta muito – o calor do corpo do animal varia de acordo com o ambiente. 

Reprodução

O período de reprodução desse bicho acontece no mês de julho. A fêmea cria o ninho com galhos, plantas e lama. Depois de pronto, ela deposita os ovos, que pode variar de 10 a 50 unidade, de uma única vez. Em seguida, eles são cobertos com os materiais usados em sua construção. Enquanto choca, a fêmea fica super alerta e vigia todos os movimentos. Seus filhotes irão nascer no mês de setembro e terão a ajuda da mãe para saírem da casca incubadora. 

Jacaré
Jacaré

Ameaça 

Como de costume, a maior ameaça a esse animal é o homem, que os caçam para pegar sua pele e carne, como dito anteriormente. Sua pele é usada para confecção de bolsas, cintos, sapatos e outros itens de moda. Já sua carne é vendida para ser consumida em restaurantes, inclusive no Brasil. 

Dentro de todas as espécies, o que tem maior status de extinção é o jacaré-chinês. Atualmente ele só pode ser encontrado no vale do rio Yangtze. 

Gostou de saber mais sobre esse morador famoso do Pantanal e estrela dos filmes americanos? No final das contas ele não é tão agressivo assim, mas é sempre bom manter um distância segura, só para prevenir. Se gostou, não esqueça de compartilhar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *