Home / Informações / Adoção de Yorkshire

Adoção de Yorkshire

Cãezinhos são sempre uma ótima escolha para se ter um animal doméstico, principalmente se for o seu primeiro. Por isso que conhecer a adoção de yorkshire é importante.

Este é um dos cães mais queridos pelas pessoas tanto pela sua beleza, como também pelo seu estilo de vida e/ou porque é uma raça muito famosa.

Se você está interessado em realizar a adoção de yorkshire leia este artigo e entenda melhor sobre o seu futuro cãozinho.

Adoção de Yorkshire
Adoção de Yorkshire

Sobre o Yorkshire

O yorkshire ou Yorkshire Terrier como também é conhecido, é uma raça de cachorro doméstico de pequeno porte.

Esta raça não é totalmente “natural” por assim dizer, o yorkshire que conhecemos hoje é o resultado de muitos cruzamentos entre cães que resultou neste animal de tamanho e beleza incomparáveis.

Toma-se por base, que a origem do yorkshire tenha acontecido na Inglaterra em meados do século X, durante o período feudal. Isto porque os senhores feudais gostavam de criar cães e isto era sinônimo de poder a todos eles, já que eles os acompanhavam durante as caças auxiliando com os seus sentidos mais aguçados.

No entanto, com o passar do tempo, houveram proibições até mesmo aos senhores feudais para a criação de cães, e como requisito eles deveriam medir, até o tamanho de um arco na qual eles deveriam passar por dentro.

Por esse motivo, os senhores começaram a tentar, empiricamente, o cruzamento entre cachorros de várias raças até originar o pequeno yorkshire que conhecemos atualmente.

Tamanho

Como sabemos, o yorkshire é um animal pequeno que possui em média 23 centímetros de altura, o que o torna um dos menores cães que existem hoje em dia.

Seu peso também é pena, variando entre 2 Kg a 3,5 Kg no animal adulto, e o filhote estando entre os 1 Kg e 2Kg de massa corpórea.

Adotar Yorkshire
Adotar Yorkshire

Temperamento do Yorkshire

O pequeno Yorkshire, mesmo com seu tamanho tão pequeno, é um cão desbravador e sua principal característica é sua energia física.

Por ser pequeno ele tende a correr e pular o dia todo, além disso pode latir muito sem cansar por longos períodos.

Mesmo assim, diferente de outros cães que possuam o mesmo porte, como o Pinscher, por exemplo, ele ainda é calmo e consegue se comportar bem perante outras pessoas tanto na rua quanto visitantes em casa.

Isto pode parecer um pouco problemático no começo, principalmente às pessoas que não tem o costume de sair para caminhar com frequência ou de realizar atividades que demandem um pouco mais de energia.

Ao adotar o Yorkshire vai ser essencial que o dono saia com ele para passear com alta frequência ou cotidianamente, isto porque o pequeno possui muita energia e vai precisar testá-la caso não tenha muito a se fazer em casa.

Alimentação

Um dos maiores problemas que alguns donos de yorkshire enfrentam é em relação a sua alimentação, porque, em certos casos, o pequeno cão pode acabar entrando em sobrepeso e dificultando bastante sua rotina no dia a dia.

A alimentação, portanto, do yorkshire deve ser dada de acordo com seu tamanho natural, então não adianta dar altas quantidades de comida para ele que este não é o objetivo.

A qualidade da comida deve ser específica também para que cubra todas as suas necessidades nutricionais e para isso basta conversar com o médico veterinário de seu cão ou com o pessoal do pet shop que eles terão uma recomendação mais adequada para a raça.

Cuidados com a pelagem

A pelagem do yorkshire é diferente da dos outros cachorros por ser um pelo que se assemelha muito ao cabelo humano, tanto em textura quanto em forma.

Para higienizar então o pequeno, deve-se haver uma rotina de banho de preferência a cada semana, a razão disso é que o pelo do yorkshire por ser grande, e como ele tende a correr e fazer estrepolias pode suar, e ficar com mau odor muito facilmente.

Outro cuidado com os pelos deve ser com os produtos, há aqueles que por acharem os pelos do yorkshire muito parecidos com o humano, dão banho com produtos e shampoos humanos, o que é errado, e no pior dos casos, pode provocar uma reação alérgica no pequeno.

Adoção de Yorkshire
Adoção de Yorkshire

Sobre a tosa

Este é um ponto importante também, os pelos do yorkshire são compridos e tendem a fazer nós se não cuidados corretamente.

Para que isso não aconteça é preciso realizar o mesmo procedimento que muitas mulheres fazem de secar o cabelo com secador e enquanto isso escovar para que não se façam nós.

Também, durante a rotina é importante que se escove pelo menos duas a três vezes por semana os pelos do cãozinho.

Outro ponto essencial é que se toma duas partes principais do cãozinho, a região dos olhos e a região perianal.

Isto porque se os pelos crescerem muito na região dos olhos, pode ser que pelos entrem em contato com os olhos e causem irritação, além de impedir que ele possa enxergar da maneira correta e acabe esbarrando pelos cantos da casa e se machucando.

Na região perianal é importante que se tose os pelos porque se o não fizer, as fezes poderão grudar nos pelos e acabar machucando quando ele for defecar novamente.

Adoção é um símbolo de amor

Adotar um Yorkshire pode ser uma tarefa difícil no começo porque não é tão fácil de encontrá-lo por aí, e também porque muitos donos acabam por cruzar o cãozinho com outro da mesma raça para vendê-los depois.

Sendo assim, se estiver disposto a pagar pelo animal, seu valor médio é de R$ 1 mil reais na internet, mas pode-se encontrar mais caro ainda em cidades menores ou de interior.

De qualquer maneira, adotar é um ato nobre e que faz bem, tanto ao animalzinho quanto a nós mesmos que estamos ajudando um pequeno cão a ter um lar e uma família que cuide dele e se preocupe.

Espero que tenha gostado 🙂

 

Fontes:

Perito Animal

Petlove

2 comentários

  1. Eu procuro um filhote fëmea de york shire para adoção… se alguém puder indicar. Moro em Curitiba – Pr.

  2. Rafael Corrêa Gomes

    Procuro um filhote de York Shire p minha família , principalmente p minha filha de 7 anos
    Sao Paulo – capital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *