Home / Informações / A Lagartixa Doméstica Tropical

A Lagartixa Doméstica Tropical

 

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Sauria
Família: Gekkonidae
Subfamília: Gekkoninae
Gênero: Hemidactylus

Nome Científico: Hemidactylus mabouia

Lagartixa Doméstica Tropical
Lagartixa Doméstica Tropical

Ela está presente em quase todos os lares brasileiros. Odiada por muitos, a lagartixa doméstica tropical costuma andar nas paredes das casas, principalmente em períodos chuvosos. Esta espécie é nativa da África, mas pode ser facilmente encontrada em quase toda América. É comum em ambientes urbanos.

Briba, víbora, lapixa, crocodilinho de parede, lambiôia, taruíra, labigó, tiquiri e osga são alguns exemplos dos diversos nomespelos quais a lagartixa é conhecida em diversas regiões do Brasil.

Características

A lagartixa doméstica tropical pode chegar a medir cerca de 17 centímetros. Elas não são animais venenosos e possuem uma capacidade de nadar e escalar muito bem desenvolvida.

A lagartixa é um réptil. Possui respiração estritamente pulmonar e sua circulação é fechada, dupla e completa. O animal possui pele seca e recoberta por escamas. É pecilotérmico (temperatura varia conforme a do ambiente) e o sistema digestivo é completo.

A maioria das espécies de lagartixas possuem hábitos noturnos e, por isso, enxergam muito bem à noite. Elas têm uma lente em cada íris dos olhos que aumenta na escuridão, o que torna seus olhos 350 vezes mais sensíveis à luz do que os olhos humanos.

Outro detalhe sobre a visão das lagartixas: você nunca encontrará uma lagartixa com pálpebras. O que elas têm, na verdade, é uma membrana transparente.

As lagartixas possuem o hábito de lamber os próprios olhos. Especialistas ainda não sabem com certeza se elas podem sentir isso ou se a membrana é insensível o suficiente para elas  lamberem sem sentir nada.

Lagartixa Doméstica Características
Lagartixa Doméstica Características

Nas fezes da lagartixa, é possível identificar uma pontinha branca que ajuda a identificar a presença do animal no domicílio. Essa parte branca, na verdade, representa o acido úrico solidificado, expelido pelo animal junto com as fezes, pois a lagartixa não faz xixi liquido. A urina é solida e vai junto com o cocô.

Alimentação

As lagartixas são répteis que se adaptam facilmente ao nosso ambiente. A dieta deste animal é variada. Elas se alimentam de pequenos insetos, como baratas, mosquitos, traças e até escorpiões. Por esse motivo, as lagartixas devem ser encaradas como aliadas na manutenção e preservação dos nossos lares.

Não há razão alguma para temer as lagartixas. Elas são animais que não transmitem doenças. E por se alimentarem também de mosquitos, elas ajudam no combate a dengue.

Lagartixa Doméstica Comendo
Lagartixa Doméstica Comendo

Reprodução

A lagartixa é um réptil ovíparo, o que significa que elas põem ovos. É possível que cada fêmea tenha mais de uma ninhada por ano, depositando cerca de dois ovos em cada uma delas.

Os ovos das lagartixas têm cascas arredondadas de cor branca, com tamanho médio de um centímetro. Os filhotes nascem após cerca de 42 a 84 dias, podendo até mesmo correr.

Na natureza, elas depositam seus ovos entre cascas de árvores ou na terra. Já em nossas casas, qualquer frestinha um pouco úmida já basta, como pequenas fissuras ou frestas de janelas, além de caixas cantos com acúmulo de objetos. O tempo de vida da lagartixa dura aproximadamente 8 anos.

Lagartixa Doméstica Reprodução
Lagartixa Doméstica Reprodução

Criação

Ok! Você gostou da lagartixa doméstica e resolveu criar uma de estimação. Confira então alguns procedimentos para a criação adequada deste animal em cativeiro.

  • Providencie um aquário com capacidade de 18 a 38 litros. Um viveiro profundo e de paredes altas é ideal para a lagartixa viver sozinha.
  • Use um aquário ou terrário de vidro que possua uma tampa de tela. Assim, a casa do seu réptil estará adequadamente ventilada.
  • Devido ao seu temperamento agressivo, é recomendado não deixar mais de um macho no mesmo aquário.

  • A temperatura do ambiente é o fator fundamental. Se sua lagartixa não tiver acesso ao calor, seu metabolismo ficará cada vez mais lento e ela adoecerá. O mesmo pode acontecer se o calor do ambiente for excessivo. Dessa forma, é preciso criar uma gradação de temperatura no aquário, colocando uma lâmpada aquecedora numa das extremidades.
  • No lado quente do aquário, a temperatura deve ficar entre os 29 ºC e 32 ºC. Já no lado frio, é preciso variar entre 25 ºC e 27 ºC. Essa diferença é importante para que o réptil possa regular a própria temperatura.
  • Coloque algum substrato chão do viveiro, pois este é um material que conserva a umidade e a temperatura ideais para a lagartixa. Jornal, papel-toalha, solo para jardinagem e cascas ou folhas de árvore são algumas opções.
  • Adicione plantas vivas ou artificiais ao ambiente, pois isso servirá como oportunidade para sua lagartixa praticar a escalada. Além disso, é essencial colocar esconderijos para o animal se abrigar ou dormir.
Lagartixa Doméstica Criação
Lagartixa Doméstica Criação
  • Providencie uma tigela pequena e rasa, que deve ser colocada na parte fria do aquário. Preencha o recipiente uma vez por dia com água fresca e sem cloro.
  • A dieta ideal da lagartixa é aquela rica em proteínas, constituída de grilos, bichos-da-farinha, larvas de mariposa, bichos-da-seda e baratas. Para garantir a segurança do animal, nunca ofereça insetos maiores que a largura da cabeça dela.

Curiosidade

As lagartixas possuem uma habilidade bastante peculiar para fugir de seus predadores. Ao se sentirem ameaçadas, elas são capazes de “soltar” a sua cauda, facilitando sua fuga. O rabo, então, fica se debatendo enquanto ela foge de seu predador, distraindo-o. Essa estratégia é chamada de autotomia caudal.

Esse mecanismo de defesa ocorre porque alguns músculos da cauda se contraem em pontos específicos, onde os ligamentos entre as vértebras são mais frouxos. Isso força a ruptura de vértebra, vasos sanguíneos e nervos que acaba por desprender o membro, que cai e deixa o predador confuso e distraído.

Mas nunca faça isso propositalmente com uma lagartixa. Quando o animal solta seu rabo, o mesmo leva algumas semanas para se regenerar e, durante esse tempo, elas ficam sem defesa. Além disso, o rabo nunca mais será o mesmo, pois só terá cartilagem.

Quando uma lagartixa desprende-se de sua cauda, ela costuma voltar ao local para conferir se ele ainda está lá. Se o membro estiver no local, elas o comem. Isso acontece ocorre porque a lagartixa armazena nutrientes em sua cauda para que ela consiga sobreviver em tempos de escassez de alimentos.

Fotos de Lagartixa Doméstica Tropical

Dúvidas dos Leitores – Portal dos Animais Responde:

Onde comprar lagartixas?

Em algumas cidades, geralmente nas capitais, tem alguns pet shops de animais exóticos onde podem ser encontradas lagartixas para a compra. Antes disso, deve ser lido (no próprio texto), como criar lagartixas.

10 comentários

  1. Olá , gostaria muito de ter algumas lagartixas na minha casa, pra eliminar outros bichos que ocasionalmente aparecem por aqui .
    Moro em Curitiba e não sei onde encontrar pra comprar .
    Poderia me ajudar indicando onde posso encontrar lagartixa doméstica?
    Obrigada.

  2. Embaixo do meu quarto tem um porão, a noite escuto barulhos, inicialmente achei que fosse rato porém coloquei diversos venenos que não foram mexidos, será possível lagartixa fazer barulho? Gambá não é, alguém tem alguma idéia.

  3. LIGIA PINHEIRO YAGU

    BOM DIA, REFORMEI A MINHA CASA E AS LAGARTIXAS SUMIRAM. COM ISSO ESTÃO APARECENDO ARANHAS E INSETOS. ONDE POSSO COMPRAR LAGARTIXAS?

  4. Uma curiosidade observei algumas fotos deste site sobre a Lagartixa-doméstica-tropical e percebi que algumas possuem a coloração salmão e escamas pouco visíveis já outras possuem a coloração cinza e escamas mais visíveis poderia me explicar se ao passar da idade sua coloração vai mudando.

  5. As lagartixas tem dentes? Meu amigo diz que não. Desde já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *