Home / Informações / 18 Espécies de Focas: Classificações Inferiores

18 Espécies de Focas: Classificações Inferiores

A foca é um dos mamíferos marinhos mais conhecidos pelas pessoas. Seu jeito meigo encanta a todos, sem dúvida alguma. Hoje em dia encontramos fácil na internet em redes sociais vídeos e fotos de focas sendo o centro das atenções, mas você sabia que existem diversas espécies de focas? Ao todos possuímos cerca de 18 espécies diferentes de focas espalhadas ao longo do mundo. Conheça no artigo a seguir, a diferença e classificações de cada uma das espécies de focas existentes.

FOCAS

As focas são animais mamíferos marinhos pertencentes à família dos focídeos. Seu desenvolvimento permite que as focas sejam capazes de sobreviver em tanto em terra quanto em ambiente aquático. Porém as focas ficam a maior parte de seu tempo em habitat aquático.

Às vezes as focas são chamadas, em alguns estudos, de focas rastejantes. São chamadas dessa forma para que elas possam ser diferenciadas dos leões marinhos, lobos marinhos e das morsas.

É possível encontrar as focas em ambos os hemisférios. Apenas as focas monge do Havaí que possuem características tropicais, vivendo apenas em climas polares, subpolares e temperados.

Foca acenando
Foca acenando

CARACTERÍSTICAS DAS FOCAS

As focas são animais pinípedes, mas ao contrário de outros animais, as focas são um grupo de animais pinípedes que não possuem orelhas.

Viventes de diversas regiões costeiras por toda parte do globo (com exceções dos trópicos), as focas possuem corpos fusiformes e alongados. Sua estrutura corporal é perfeita para nadar. Os membros posteriores são fixos para trás, sem opção de retração. Já os membros anteriores são achatados e curtos, característica que auxilia seu nado e deslocamento em solo firme. Algumas espécies conseguem se descolocar em alta velocidade, outras espécies são mais limitadas.

A pelagem das focas são densas e curtas durante sua idade adulta. A proteção térmica destes animais se encontra atrás de uma camada espessa de gordura subcutânea. Essa gordura pode chegar a até um quarto do peso do animal.

ESPÉCIE DE FOCAS

Atualmente existem 18 espécies de focas registradas pelos pesquisadores. Cada espécie com sua particularidade sejam estético, como também climático. Conheça as diferenças entre cada espécie a seguir:

1 – FOCA LEOPARDO

Também chamada de leopardo Marinho, esta espécie de foca é a segunda maior da família dos focídeos. A foca Leopoldo é um mamífero pinípede.

Essa espécie se alimenta principalmente dos pinguins imperadores. São conhecidos como focas solitárias e agressivas.

FOCA LEOPARDO
FOCA LEOPARDO

2 – FOCA MONGE DO HAVAÍ

Esta é a única espécie de foca a tropical existente. Sua aparência é bem diferente das outras espécies de focas. A foca monge do havaí é um mamífero de águas quentes.

FOCA MONGE DO HAVAÍ
FOCA MONGE DO HAVAÍ

3 – FOCA MONGE DO MEDITERRÂNEO

A foca monge do mediterrâneo é uma espécie que está correndo um grande risco de extinção. Antigamente essa espécie ocupava grande parte do mediterrâneo e do atlântico norte africano. Hoje em dia são raras as aparições dessa espécie nestas áreas.

FOCA MONGE DO MEDITERRÂNEO
FOCA MONGE DO MEDITERRÂNEO

4 – FOCA DE CRISTA

Esta espécie de foca possui tonalidade de pelagem um pouco diferente das outras. Também chamadas de capuchinha ou ainda de foca de capuz, a foca de crista possui manchas pretas irregulares espalhadas por todo seu corpo. Seu rosto é completamente negro ou com outra tonalidade bem escura. Seu focinho é grande e de tonalidade prateado e acinzentado.

FOCA DE CRISTA
FOCA DE CRISTA

5 – FOCA MANCHADA

Recebem este nome por conta das manchas que são encontradas em sua pelagem. São chamadas também de focas pintadas, apresentando manchas de formatos irregulares de tonalidade mais escura, enquanto o restante de sua pelagem é de uma tonalidade mais clara.

A foca manchada possui um tamanho médio em relação às outras espécies de focas.

FOCA MANCHADA
FOCA MANCHADA

6 – FOCA LISTRADA

A listrada recebe este nome por conta de sua pelagem que possui listras escuras e claras, formando várias circunferências sobre sua pele. A foca listrada também é chamada de foca ribbon.

Uma das características mais marcantes desta espécie se dá ao fato delas passarem o final do inverno e da primavera nos blocos de gelo. Outra característica desta espécie são elas se tornarem pelágicas durante os meses de verão.

FOCA LISTRADA
FOCA LISTRADA

7 – FOCA BARBUDA

Esta espécie recebe esta denominação por conta de seu bigode abundante e grosso, que ao secar fica todo enrolado. São encontradas nas regiões do oceano ártico. Esta espécie de foca é bastante vulnerável a mudanças no ecossistema.

FOCA BARBUDA
FOCA BARBUDA

8 – FOCA ELEFANTE

A foca elefante é a espécie de foca considerada a maior do mundo. Ela também é chamada de elefante marinho, pertencente a família phocids e dos mamíferos pinípedes.

Geralmente, a espécie de foca elefante é dividida em dois grupos: elefantes marinhos do sul e elefantes marinhos do sul.

FOCA ELEFANTE
FOCA ELEFANTE

9 – FOCA CARANGUEJEIRA

As focas caranguejeiras são encontradas no gelo flutuante que percorre a costa da Antártida, com distribuição de sua espécie de forma circumpolar. Com um porte médio a grande, essas focas possuem pelagem de cor clara.

FOCA CARANGUEJEIRA
FOCA CARANGUEJEIRA

10 – FOCA DE ROSS

Esta espécie de foca é diferente das outras, sua aparência é bem diferente. Elas possuem olhos e cabeças de tamanho consideráveis, mas sua boca é bem pequena. Seu porte por completo é menor que o das outras espécies.

A foca de ross são animais semiaquáticos, evasivas e solitárias. Elas são, ainda, a única espécie do gênero Ommatpophoca.

FOCA DE ROSS
FOCA DE ROSS

11 – FOCA DA GROENLÂNDIA

Esta é uma das focas mais procurada por caçadores. Mesmo sofrendo com isso, as focas da Groenlândia ainda possui um alto numero em nosso ecossistema e chama muito a atenção para sua beleza e valor de pele. Dentre todas as focas, a foca da Groelândia é a que mais se destaca.

FOCA DA GROENLÂNDIA
FOCA DA GROENLÂNDIA

12 – FOCA DE WEDDELL

Seu nome vem por conta do local onde habitam: o mar de weddell na Antártida.  As focas weddell é a espécie de foca mais conhecida, presente até mesmo em desenhos animados e em jogos de vídeo game infantis. Esta espécie é carnívora.

FOCA DE WEDDELL
FOCA DE WEDDELL

13 – FOCA CINZENTA OU CINZA

Classificada como gênero Halichoerus, a foca cinzenta faz parte das focas mais conhecidas. Pode ser facilmente encontrada as margens do oceano atlântico norte.

FOCA CINZA
FOCA CINZA

14 – FOCA DO PORTO

A foca do porto também é chamada de foca pequena, mas não é uma das menores espécies de focas.

FOCA DO PORTO
FOCA DO PORTO

15 – FOCA ANELADA

A foca anela é conhecida como a espécie de focas que possui o hábito de abrir buracos no gelo para conseguir respirar quando estão embaixo da água.

Estas focam habitam as águas costeiras de todo o ártico. Hoje em dia, a foca anelada é mais uma espécie de focas que está em risco de extinção por conta de caçadores e mercado negro.

FOCA ANELADA
FOCA ANELADA

16 – FOCA NERPA

É a única espécie de foca que vive em águas doces. A foca nerpa, também conhecida como foca da Sibéria ou foca de Baikal, é rara de serem encontradas, mas não estão correndo riscos de extinção. A foca nerpa, é uma das maiores espécies do mundo.

FOCA NERPA
FOCA NERPA

17 – FOCA DO CÁSPIO

A foca do cáspio recebe esse nome por conta de onde vivem. Esta espécie vive exclusivamente sob as águas salobras do mar Cáspio. A foca cáspio é gênero Pusa, sendo uma das menores espécies de focas existentes.

FOCA DO CÁSPIO
FOCA DO CÁSPIO

18 – FOCA-MONGE-DO-CARIBE

Esta é uma espécie que infelizmente está extinta. A foca monde do caribe é um mamífero pinipede. Estas focas também eram conhecidas como foca monge das caraíbas.

FOCA-MONGE-DO-CARIBE
FOCA-MONGE-DO-CARIBE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.