Home / Curiosidades / Tubarão Martelo: Curiosidades, Tamanho, Peso E Fotos

Tubarão Martelo: Curiosidades, Tamanho, Peso E Fotos

O tubarão-martelo é tão diferente fisicamente que chega a ser engraçado. O seu corpo de fato lembra um martelo, se considerarmos toda a sua extensão. Infelizmente este poderoso dos oceanos, está ameaçado de extinção. Vamos conhecer um pouco mais sobre esta espécie?

O Tubarão Martelo

O nome científico desta espécie é bem diferente do nome pelo qual acabou ficando conhecido. A espécie recebe o nome científico de Spyrna spp e está presente em grande parte dos oceanos, principalmente na plataforma continental. A plataforma continental corresponde de maneira singela ao fundo dos oceanos, onde outras espécies de tubarão também habitam. E por falar em outras espécies, o tubarão-martelo pode acabar se alimentando de outros tubarões, mas a sua alimentação é igualmente composta pelo consumo de peixes, raias e cefalópodes. Como os cefalópodes, podemos citar os polvos e as lulas.

Uma característica marcante do seu habitat é as altas temperaturas das águas. Sendo praticamente uma das suas poucas exigências além claro da disponibilidade de alimento. Mas isso depende da subespécie a qual estamos nos referindo.

Tubarão-panã e Mergulhador
Tubarão-panã e Mergulhador

Os tubarões martelo são da família Sphyrnidae na qual existem dez espécies diferentes que recebem este mesmo nome devido a sua peculiar e impressionante aparência. Ainda sobre o seu habitat, estão sempre em mares temperados ou tropicais, algumas subespécies em áreas mais profundas e outras podem ser encontradas na costa.

Como comentamos anteriormente sobre a peculiar aparência do tubarão-martelo, não poderíamos continuar sem comentá-la.

A cabeça do tubarão-martelo é uma particularidade a parte e realmente chama atenção. Possui o formato que nos remete muito a um martelo de fato e isso justificaria o nome pelo qual acabou sendo popularizado.

Com a cabeça neste formato tão particular os olhos desta espécie acabam nas extremidades e ao que tudo indica isso seria resultado do processo evolutivo ao qual a espécie acabou passando ao longo dos milhões de anos.

Esta característica de sua cabeça que favorece a maior distribuição de ampolas de Lorenzini e o poder de sua coluna vertebral são dois pontos importantes que garantem ao tubarão-martelo o posto de predador implacável.

As ampolas de Lorenzini são estruturas que possibilitam com que o animal perceba mudanças sutis na temperatura de seu habitat, além de compostos químicos e a existência de campo elétrico emitido possivelmente por uma presa em potencial.

A estrutura de sua coluna vertebral por sua vez possibilita que o animal tenha uma mobilidade melhor em relação a outras espécies. Como se estas já não fossem ótimas características para manter a sua sobrevivência, a localização dos olhos do tubarão-martelo (os olhos ficam nas extremidades da estrutura que compete a sua cabeça), o fazem conseguir enxergar tanto acima de seu próprio corpo, quanto abaixo, dando uma visão em trezentos e sessenta graus.

Por Falar Em Espécies De Tubarão Martelo

Como anteriormente citado, na família Sphyrnidae, onde encontramos o tubarão-martelo, há dez espécies diferentes com esta característica que marca este animal, o formato de martelo de sua cabeça, e cada uma delas apresenta um tamanho e um peso diferente. E haja diferença entre elas. Os portes variam significativamente entre cada uma das espécies, onde podemos encontrar tubarões martelo de menos de um metro de comprimento a até seis metros. A variação de peso é tão grande quanto. Podemos encontrar um exemplar com pouco mais de três quilos enquanto outro na beira dos quinhentos quilos.

Características Físicas Do Tubarão Martelo E Mais

Apesar da diferença do porte, estes animais apresentam características comuns que nos permitem traçar detalhes de sua estrutura física. Dentre elas, podemos citar: a boca pequena, localizada na parte baixa do crânio, e os dentes similares aos de outras espécies de tubarão, serrilhados, triangulares e altamente potentes.

O dorso desta espécie possui um tom acinzentado e a barriga é esbranquiçada. Ainda compondo o corpo do tubarão-martelo o mesmo possui duas nadadeiras dorsais, uma delas maior do que a primeira.

Diferente de algumas outras espécies de tubarão que são totalmente solitários, o martelo anda sempre em bandos que podem incrivelmente chegar a mais de quinhentos indivíduos. Estes grupos ficam juntos durante todo o dia, mas se separam a noite que é quando o tubarão vai atrás de comida.

O seu prato preferido é a raia e o modo como eles a caçam é curioso. O tubarão-martelo desfere golpes com sua cabeça contra a raia e a morde em suas asas até conseguir imobilizá-la e matá-la.

Quanto aos grupos formados durante o dia, são hierarquizados e a hierarquia ao que tudo indica é estabelecida por meio do porte do tubarão, sua idade e sexo.

Tubarão-panã
Tubarão-panã

Como Se Reproduzem?

Infelizmente não são encontradas muitas informações quanto a reprodução desta espécie e os seus hábitos e costumes para tanto. O que se sabe é que são animais vivíparos e que o número de filhotes que a fêmea dá à luz depende exclusivamente de seu porte. Quanto maior for a fêmea gestante, maior será a sua prole.

O seu período gestacional chega próximo a um ano, ficando entre dez e onze meses até que os filhotes venham ao mundo. Quando nascem, sua cabeça é extremamente mole e os filhotes não recebem qualquer cuidado por parte dos pais. O máximo que acaba acontecendo é permanecerem no grupo que os pais estão até que sejam independentes para migrarem para novos grupos ou mesmo permanecerem.

Estão Ameaçados De Extinção

O tubarão-martelo está atualmente muito ameaçado de desaparecer. Embora não tenha predadores naturais quando adulto, os tubarões em idade juvenil são presas de outras espécies de tubarão, o que pode acabar dificultando a perpetuação da espécie. No caso dos adultos, embora não tenham um predador natural para combatê-lo esta espécie está muito vulnerável a ação do homem na natureza. Os tubarões martelo são muito caçados pela pesca exploratória devido ao seu mercado, onde são aproveitados desde as barbatanas, ao couro e a sua própria carne.

Dentre o uso encontrado, podem ser destinados para a produção de óleo, vitaminas, casacos, sapatos e até sopas na alta gastronomia.

Curiosidade

O tubarão-martelo pode ter um comportamento canibal. Denotamos anteriormente que os tubarões desta espécie podem acabar consumindo outros tubarões, mas o que guardamos para o final é que o tubarão-martelo pode ser canibal e acabar se alimentando de exemplares menores de sua própria espécie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *