Home / Curiosidades / Tubarão Branco é Perigoso? Ele Ataca Humanos?

Tubarão Branco é Perigoso? Ele Ataca Humanos?

Já viu o filme “Tubarão”? Aposto que sim, esse é um clássico do final dos anos 70, vencendo até de um oscar. Essa obra-prima criada por Steven Spielberg até hoje causa medo em quem assiste quando o assunto é o tubarão-branco. Claro que todo o enredo e a trilha sonora – quesito onde o filme foi premiado – ajudam bastante. 

E é aí que está o problema. Por causa desse longa-metragem foi-se criando um misticismo em torno deste peixe. Ok, ele é realmente um caçador carnívoro voraz, mas, ao contrário do que todo mundo pensa, ele não nos vê como uma grande presa apetitosa que tem braços e pernas. 

Ele é um animal seletivo, o que quer dizer que sua predação é uma questão de sobrevivência, e não de atacar banhistas desavisados. 

Na verdade, muitos desses ataques acontecem por engano. Os cientistas não sabem qual é o critério usado pelo tubarão-branco na hora de caçar, como ele escolhe sua vítima. Eles acreditam que o peixe pega sua presa, normalmente focas e leões-marinhas, arranca um pedaço e decide pelo gosto se irá comer ou não. Sendo assim, o bicho provavelmente nos confunde com uma de suas presas. Por isso é muito comum em ataques do branco a seres humanos ele morder a pessoa e depois largar. Porque ele percebe, pelo paladar, que aquela não é o tipo de carne que ele está acostumado a comer. 

Então ele não é o vilão que foi mostrado no filme. Basta pensar na premissa de que se ele for provocado, ele irá atacar, como qualquer outro individuo. Então o melhor é deixá-lo em paz e evitar as regiões onde ele habita, se assim se sentir mais seguro. 

Tubarão Branco
Tubarão Branco

Sobre o tubarão-branco 

O Carcharodon carcharias pode medir até 7,1 metros de comprimento e pesar 2,5 toneladas. Ele vive nas regiões costeiras de todo o mundo. Sua expectativa de vida é de 30 anos, mas esse número pode variar. 

O tubarão-branco chama atenção não só por seu tamanho, mas também pelo formato do seu corpo, que é fusiforme, ou seja, muito bem adaptado para a locomoção na água. 

Apesar do nome, a única parte branca do animal é sua barriga, na parte de cima ele costuma ser azul ou cinza. Aliás, essa coloração é ótima para o bicho se camuflar na água na hora de caçar suas presas. Essa coloração faz ele parecer parte das escuras águas do oceano ou da luz solar. 

Seu focinho parece um cone, além de ser curto e largo. Tem uma boca enorme e arredondada. Esta tem a forma de um arco. Os dentes também não ficam para trás e são serrados, com uma aparência triangular e largos. 

Na hora de agarrar uma presa, a abertura abre tanto que a cabeça do bicho chega a ficar deformada. 

Ele também tem um olfato muito apurado, sendo capaz de sentir uma gota de sangue a quilômetros de distância. 

O corpo é recoberto de terminações nervosas que guiam a criatura até sua vítima. A visão também é bem desenvolvida. 

Alimentação 

Como dito, é um exímio caçador e carnívoro. Se alimenta de focas, leões-marinhos e peixes menores. 

Reprodução 

A criatura se reproduz em águas temperadas. A fêmea bota de quatro a dez ovos, que ficam dentro do seu útero até eclodirem. É comum nesta espécie o filhote praticar o canibalismo, comendo os irmão dentro do mãe. Os mais fortes se alimentam dos mais fracos. 

Devido a isso, cerca de 3 ou 4 crias conseguem nascer. Estes já saem do local com 1,20 metros de comprimento, com dentes serrados. Após o nascimento, eles se afastam imediatamente da fêmea para não ser devorado por ela. 

Estas alcançam a maturidade sexual apenas quando chegam aos 5 metros de envergadura. 

28 Curiosidades sobre o Tubarão Branco

  1. Sua mordida tem uma força 5 vezes maior que a do homem. 
  2. As fêmeas são maiores que os machos. 
  3. Vive em regiões com pouca profundidade. 
  4. É um indivíduo solitário. 
  5. Torna-se agressivo quando alguém invade seu território. 
  6. Alguns têm a capacidade de aumentar a temperatura do corpo. 
  7. Pode nadar a 40 km/h, fazendo com que ele seja capaz de saltar para fora da água. Mas sua velocidade média costuma ser de 3 km/h. 
  8. Existem registros de que o animal está na terra há mais de 60 milhões de anos. 
  9. Come outros tubarões.
  10.  Alcança a maturidade sexual entre os 10 e 12 anos. 
  11. Possui 5 fileiras de dentes.
  12. Tem um “ouvido” muito sensível, capaz de perceber a movimentação de outros bichos. 
  13. Ele tem sete sentidos. 
  14. Depois da orca, é o maior predador que existe. 
  15. É uma criatura de sangue frio. 
  16. É protegido na Austrália – com 200 indivíduos – e nos Estados Unidos. Existem cerca de 1500 animais na África do Sul. 
  17. Os tubarões não podem parar de nadar, senão morrem. Devido a isso, eles gastam muito energia, o que faz com que eles tenham uma digestão muito rápida e por isso precisam comer com frequência. 
  18. A disposição dos dentes depende da espécie. Eles podem perder até 30 mil destes ao longo da vida, mas estes são substituídos por novos pouco tempo depois. 
  19. Ele come também peixes doentes. 
  20. Só consegue enxergar de perto. 
  21. Existem cerca de 450 espécies de tubarões no mundo. No Brasil, residem 81 delas 
  22. Anualmente, cerca de 50 milhões são pescados e mortos. 
  23. Entre 1987 a 2002, só no oceano Atlântico, a população desses bicho diminuiu em 50% em oito tipos de espécies.
  24. Mundialmente, cerca de 10 espécies correm risco de extinção.
  25. Das 450, apenas 27 já atacaram humanos. São estes o tubarão-branco, tigre e cabeça-chata. 
  26. O ataque desse bicho é tão raro que por ano mil pessoas morrem de picadas de abelhas, enquanto apenas 25 vem a óbito por causa deste indivíduo. 
  27. Seus predadores naturais são a orca e a cachalote. 
  28. Um dos fatores que o faz ser caçado é seu uso na cozinha oriental e na ciência. Nesta segunda, ele é usado para criar uma substância que se mostrou capaz de impedir o crescimento de tumores. Assim como na criação de pele artificial e a córnea é usada para transplantes em seres humanos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *