Home / Curiosidades / Tipos De Sardinha

Tipos De Sardinha

Certamente a sardinha ao lado do bacalhau sejam os tipos de peixe mais conhecidos para nós. O bacalhau sempre presente muitas vezes nas comemorações da Sexta-feira Santa e a sardinha em inúmeras receitas diferentes que nos acompanha durante toda a Quaresma.

Mesmo para quem não é assim tão religioso e não se atenta muito ao consumo de peixe nestas épocas em específico, deve saber, apenas após uma visita ao supermercado, que existe tipos diferentes de bacalhau. O bacalhau Zarbo e o português, por exemplo, são diferentes, mas você estaria surpreso se te contássemos que existe assim como no bacalhau, tipos diferentes de sardinha que conhecemos e chamamos apenas genericamente por este pequeno conceito?

É sobre isto que falaremos hoje, os tipos de sardinha. Infelizmente não há muitas informações justamente porque o público em geral acredita que só existe uma única  espécie e tipo. Mas reuniremos aqui outros tipos mesmo que com parcas informações.

Talvez você passe a olhar a sua sardinha de um modo diferente, tentando adivinhar qual é a sua espécie de fato , ou qual poderia ser. Mas deixemos de rodeio e vamos ao que interessa.

Sardinha
Sardinha

Tipos De Sardinha? Eu Só Conheço Um

As sardinhas, também (embora em menor grau) chamadas de manjuas, são peixes desdentados e essa talvez seja a característica mais curiosa deste animal. Apresenta, ou melhor, não apresenta espinhos e são considerados peixes de pequenas dimensões. Podendo ficar em média com dez a vinte e cinco centímetros de comprimento. São espécies com grau de parentesco com os arenques.

Os arenques se configuram como peixes com alto teor de gordura que se concentra em todo o seu corpo, desde a sua pele até a sua carne.

Como não poderíamos fugir da etimologia da palavra, acredita-se que o seu nome seja originado da palavra Sardenha, uma ilha localizada no Mediterrâneo onde igualmente acredita-se que eram abundantemente encontradas.

Como comentamos, há poucas informações sobre tipos diferentes de sardinhas, desta forma, conheceremos estes animais de maneira mais genérica e abrangente, após as devidas e necessárias apresentações conheceremos os tipos diferentes que se é possível conhecer.

Tipos De Sardinha, Comportamento E Outras Informações

São animais que vivem em grandes cardumes, por isso são sempre vistos em grandes bandos. São animais pelágicos ou seja, vivem em oceanos abertos, o que os pesquisadores chamariam de organismos que não dependem ou podemos dizer, não retiram a sua subsistência dos fundos marinhos.

As sardinhas que muitas vezes adicionamos na macarrão dominical, aquelas enlatadas, que compramos nos supermercados podem conter vários tipos de sardinhas diferentes e não recebem por isso uma classificação distinta, ou diversa. Todavia, existem diversos tipos, e as tais sardinhas enlatadas podem ser do tipo sardina que é considerada o tipo de sardinha verdadeira e até mesmo os arenques (os peixes com concentração de gordura que comentamos no início).

MELHOR Sardinha
MELHOR Sardinha

Sobre As Sardinhas Enlatadas 

Uma pequena curiosidade sobre as sardinhas enlatadas, para que a mesma seja considerada de boa qualidade é necessário que as sardinhas sejam enlatadas sem a cabeça bem como sem as suas guelras.

Uma outra característica mas que neste caso podemos chamar de procedimento que deve ser adotado é que as sardinhas a serem enlatadas não podem apresentar alimentos não digeridos bem como não podem apresentar fezes em seu corpo.

A maneira como as mesmas são, “higienizadas” por assim dizer, é da seguinte maneira, são colocadas em grandes reservas de água tempo suficiente para que este processo ocorra. E por falar em alimentos não digeridos as sardinhas se alimentam de plânctons. Certamente você já deve ter ouvido falar, Plâncton, o inimigo do Sr. Sirigueijo que tenta constantemente roubar a fórmula do hambúrguer de siri.

Os plânctons são organismo vivos que podemos dizer não apresentam movimentos para resistir as correntes de água.

A Sardina

A sardina é um tipo que popularmente é chamado de sardinha, principalmente quando jovem. Vamos conhecê-la? Essa sardina também conhecida como sardinha europeia pode atingir quase trinta centímetros de comprimento e vive no nordeste do oceano Atlântico, Mediterrâneo e também no Mar Negro. Pode ser visto desde os dez metros de profundidade até por volta dos cem.

São produzidas cerca de um milhão de toneladas desta espécie anualmente e quem detêm boa parte desta produção e o Marrocos bem como também a Espanha.

Quando já adultas costumam, ao contrário da espécie ainda em idade jovem, ser comercializada como sardas, um tipo de arenque, ou seja, um peixe pequeno e oleoso.

Sardina
Sardina

Sardinella Aurita 

Como comentamos, realmente as informações sobre os tipos de sardinhas são muito escassas, mas depois de uma boa fuçada na internet conseguimos encontrar a chamada sardinella aurita, um tipo de sardinha pertencente à família clupeidae. É uma espécie que ao que tudo indica foi descrita em meados de 1847.  Quando adulta está espécie pode chegar a pesar cerca de cento e trinta gramas.

Como podemos perceber muitas das espécies que são chamadas genericamente de sardinhas são distintas e das mais diversas categorias.

Sardinella Aurita 
Sardinella Aurita

E Por Falar Nisso…

Por falar em espécies distintas ou subespécies que são genericamente consideradas sardinhas temos a família sardinella brasiliensis. E assim como trouxemos em relação a estes animais no início deste post, as sardinella brasiliensis vivem em cardumes expressivos e igualmente se alimentam de plâncton. Os cardumes apenas se dissipam durante o período reprodutivo. Período este em que as fêmeas podem chegar a colocar cerca de sessenta mil ovos de pequeno porte.

Os ovos de sardinha apresentam um aspecto arredondado é costumeiramente podem ser encontrado próximos a Costa. Local onde preferencialmente as sardinhas realizam a desova visto que a temperatura da água nesta região é mais elevada. Logo após a postura retornam para o alto mar. Neste período, o período de reprodução a pesca é estritamente proibida visto que pode prejudicar a reprodução e a manutenção das espécies. Essa é a chamada piracema.

Além de nós seres humanos ainda são tidos como predadores das espécies de sardinhas os peixes maiores e carnívoros e as aves marinhas.

Uma interessante curiosidade sobre as sardinhas diz respeito ao seu nome que faz jus ao seu local de origem. Após terem sido descobertas na Sardenha estes animais, ao que tudo indica, nadaram milhares e milhares de quilômetros se espalhando, desta forma, pelo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *