Home / Curiosidades / Significado da Borboleta

Significado da Borboleta

As borboletas são insetos pertencentes à ordem Lepidoptera e estão entre os insetos mais coloridos e mais bem conhecidos do mundo. A ordem Lepidoptera compreende as borboletas e mariposas e possui cerca de 160 mil espécies no mundo. Como todos os insetos, seus representantes apresentam três pares de pernas articuladas, corpo dividido em cabeça, o tórax e abdômen, um par de antenas e um exoesqueleto. Os Lepidoptera apresentam ainda aparelho bucal especial, do tipo sugador, com as mandíbulas vestigiais e maxila acoplada formando uma probóscide tubular e sugadora denominada espirotromba.

Significado da Borboleta
Significado da Borboleta

Os olhos são compostos e bem desenvolvidos e apresentam dois pares de asas grandes membranosas e coloridas. As borboletas distinguem-se das mariposas basicamente em duas características: as antenas são sempre longas e delgadas, terminando em um botão e as asas são tipicamente mantidas juntas acima do corpo e na vertical quando o animal está em repouso. Além disso, as borboletas apresentam hábitos diurnos e uma metamorfose que ocorre dentro de uma crisálida rígida. Menos de 20% das espécies de Lepidoptera são borboletas.

A Diversidade, Distribuição e Habitat da Borboleta 

Dentro de Lepidoptera, as borboletas representam a superfamília Papilionoidea e são compostas por seis famílias: Papilionidae, Pieridae, Nymphalidae, Riodinidae, Lycaenidae e Hesperiidae. Estima-se que existam aproximadamente 14 mil espécies de borboleta no mundo, distribuídas em todos os continentes, exceto na Antártica. A maior diversidade de borboletas ocorre em regiões tropicais, particularmente na região neotropical. Os registros fósseis mais antigos de borboletas datam de cerca de 50 milhões de anos atrás, no período do Eoceno.

Habitat da Borboleta 
Habitat da Borboleta

As borboletas são cosmopolitas e encontradas em todo o mundo e em todos os tipos de ambientes, desde regiões tropicais úmidas, temperadas, desertos, regiões costeiras e montanhosas. No entanto, a maioria das espécies de borboletas é encontrada em áreas tropicais, especialmente em florestas tropicais úmidas. Algumas espécies de borboleta migram para evitar condições ambientais adversas. A maioria das espécies migratórias percorre distâncias relativamente curtas, mas outras, como a borboleta-monarca, que migra do Canadá para o México no inverno, são capazes de migrar distâncias muito longas.

O Desenvolvimento da Borboleta 

Assim como muitos outros insetos, as borboletas são animais holometábolos, ou seja, apresentam ciclo de vida com metamorfose completa, dividido em quatro fases que são ovo, larva (ou lagarta), pupa e adulto. Os ovos são colocados pelas fêmeas normalmente sobre folhas. Em geral, as fêmeas procuram depositar os ovos em um ambiente adequado à sobrevivência das larvas que irão nascer e onde possam encontrar alimento com facilidade. Os ovos eclodem e deles nascem as formas larvais, denominadas lagartas, que passam a fase alimentando-se ativamente de folhas ou flores. As lagartas são bem diferentes dos adultos morfologicamente, apresentando um corpo alongado e dividido em cabeça e alguns segmentos. A lagarta sofre mudas ou ecdises muitas vezes enquanto cresce, e aumentará seu tamanho até cerca de milhares de vezes antes de se transformar em pupa. A alimentação excessiva da lagarta é fundamental para haja estoque suficiente de energia para a próxima fase. Ao final da última ecdise, a larva transforma-se em pupa ou crisálida. O empupamento dá início a uma fase de hibernação, de descanso, na qual o animal não mais se alimenta até que seu corpo adquira a forma adulta. Após alguns dias, um belo adulto voador emerge de dentro da crisálida.

A Alimentação e o Significado Ecológico da Borboleta

Quanto à dieta, as lagartas passam a maior parte do tempo alimentando-se de folhas, sendo, de forma geral, herbívoras vorazes. Algumas espécies de borboleta apresentam fases larvais carnívoras, que se alimentam de outros pequenos insetos, como pulgões. Enquanto adultos, as borboletas apresentam uma dieta exclusivamente líquida, utilizando-se de seu aparelho bucal especialmente sugador.  A probóscide tubular das borboletas desenrola-se ao se alimentar e volta a enrolar-se numa espiral quando não está em uso. A borboleta alimenta-se primariamente de néctar, sendo muitas espécies importantes agentes polinizadores. Poucas espécies são conhecidas por serem hematófagas, alimentando-se de sangue, e outras se alimentam de lágrimas de mamíferos, do líquido de frutos apodrecidos, fluidos animais de carne animal em decomposição ou fluidos corporais de outros insetos como pulgões.

Significado Ecológico da Borboleta
Significado Ecológico da Borboleta

O significado ecológico e a importância das borboletas na natureza estão amplamente associados ao seu papel como polinizadoras, garantindo, juntamente aos demais agentes polinizadores, a diversidade de plantas existentes nas regiões onde habitam. Além disso, as borboletas são importantes indicadores de qualidade ambiental, pois são muito sensíveis a deturpações e interferências em seu habitat e sua presença pode indicar um ambiente saudável.

O Significado Espiritual e Cultural da Borboleta

Culturalmente, as borboletas são bastante populares nas artes visuais e literárias e na simbologia e espiritualismo. Nas diferentes culturas, as borboletas representavam ou ainda representam significados distintos. Na mitologia grega, por exemplo, as borboletas representam a alma, enquanto na China, elas constituem uma expressão de longevidade. Para alguns povos do Oriente Médio, as borboletas também representam a alma e a visita de uma borboleta pode significar uma visita de um ente que faleceu.

Significado Espiritual da Borboleta
Significado Espiritual da Borboleta

Há inúmeros significados atribuídos às borboletas, mas de forma geral a borboleta é considerada o símbolo da transformação e renovação, principalmente devido à sua metamorfose. A transição da lagarta para borboleta é muito significativa, sendo usada para representar as fases do desenvolvimento humano após um trauma, mudanças drásticas ou sofrimento. O animal adulto e belo que sai da pupa após a metamorfose e o “sofrimento” da vida da lagarta constitui um símbolo de ressurreição, expressando a libertação de ciclos e transformação. Assim, a metamorfose representaria uma renovação individual na forma de pensar e agir, uma transformação de atitudes, uma nova fase rica em mudanças.

Significado Cultural da Borboleta
Significado Cultural da Borboleta

Além da metamorfose, as diferentes cores das borboletas representam distintas simbologias, de forma que cada cor está associada a um significado, uma mensagem diferente. Algumas culturas antigas associavam a cor da borboleta com uma mensagem celestial. A borboleta azul pode representar uma mensagem de paz e harmonia, mas também de sorte e de mudanças. A cor azul está associada à metamorfose da borboleta, trazendo sinais de transformação.  As borboletas coloridas trazem mensagens de alegria, felicidade e contentamento. A borboleta preta é considerada uma mensageira de introspecção, mas muitas superstições acompanham as borboletas dessa tonalidade. No Antigo Egito, a borboleta preta representava a alma de alguém que morria e, na Europa, ela representa a alma de uma criança que morreu sem ser batizada. As borboletas amarelas representam uma nova vida, com muitas atividades, sendo mensageiras de um período de intensa vitalidade. A borboleta branca traz o seu significado mais comum: uma mensagem de serenidade, calma, tranquilidade, paz e equilíbrio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.