Home / Curiosidades / Que Tipo de Animal é Uma Salamandra?

Que Tipo de Animal é Uma Salamandra?

As salamandras assemelham-se fisicamente às lagartixas, possuem corpo alongado, cauda e possuem os 4 membros. Podem ser encontradas tanto em ambiente terrestre quanto aquático e, no Brasil, existem cinco espécies, todas encontradas na Amazônia.

Quando pensamos em anfíbios normalmente vem o sapo à cabeça, porém sabia que as salamandras também são anfíbios?

Características

As salamandras são do grupo dos urodelos ou caudatas, ou seja, anfíbios que possuem cauda. São animais facilmente confundido com os lagartos, porém diferentemente dos répteis, as salamandras possuem pele fina e sem escamas. O tamanho das salamandras sul americanas pode variar de 4 centímetros a 30 centímetros, porém as do Japão e China podem chegar a ter mais de 1 metro de comprimento.

As salamandras apresentam pele úmida e possuem diferentes tipos de respiração, podendo algumas possuírem respiração cutânea como também pulmonar ou branquial.

Salamandra
Salamandra

A locomoção das salamandras se dá por meio de um padrão locomotor, que foi herdado dos ancestrais dos tetrápodes. Deste modo, elas se locomovem por meio de ondulações nas suas laterais combinadas o movimento das patas.

Sua alimentação apresenta uma dieta carnívora, pois a salamandra se alimenta de pequenos animais como formigas, cupins e besouros.

A reprodução das salamandras se dá por meio de fecundação interna como também externa, pois possuem características diferentes dependendo da espécie. Quando apresentam fecundação interna, não é verificado a presença de algum órgão reprodutor. O que é observado é a transferência do espermatóforo (invólucro que contém os espermatozoides) do macho para a fêmea. A desova é feita por algumas espécies na água ou por outras na terra, podendo colocar de 18 a 30 ovos. Algumas espécies apresentam fase larval já outras não. Vale ressaltar que algumas salamandras são vivíparas, ou seja, o embrião se desenvolve dentro do corpo da mãe. Contudo, ainda que as espécies possuam diferentes tipos de reprodução, uma característica é igual em todas as espécies: as fêmeas exalam um odor bem marcante para atrair os machos para o acasalamento neste período.

Algumas espécies de salamandra apresentam a pedomorfose, que é caracterizada pelo fato de apresentarem alguns aspectos larvais mesmo depois de adultas, como padrões larvais de dentes, ausência de pálpebra e sistema de linha lateral, que é presente em seres vertebrados e serve para detectar vibrações da água, pressão e movimentos.

Tipos de salamandra

Salamandra-de-fogo

Também chamada de salamandra-comum ou salamandra-de-pintas-amarelas, essa espécie de salamandra apresenta o corpo negro com manchas amarelas, com glândulas parótidas localizadas na sua cabeça logo atrás dos olhos.

Essa espécie possui em torno de 20 centímetros, onde a fêmea é levemente maior que o macho. No período de reprodução a fêmea possui o ventre mais robusto enquanto que essa característica é observada na cloaca do macho.

Ela é encontrada na parte da Europa central em regiões montanhosas mais úmidas e com grande incidência de chuva.

Salamandra-de-fogo
Salamandra-de-fogo

Salamandra-gigante-chinesa

Essa espécie é a maior espécie de anfíbio do planeta, podendo chegar até 1,50 metros de comprimento e a pesar 60 quilos. Essa salamandra é encontrada na China em regiões florestais dentro de grandes riachos.

Esta ameaça de extinção devido ao fato de, além de perder espaço ambiental, ser utilizada na culinária e até mesmo para fins medicinais.

Salamandra-gigante-chinesa
Salamandra-gigante-chinesa

Salamandra mexicana

Também denominada Axolote, esta espécie de salamandra é encontrada em lagos na região central do México.

Tem como principal característica as suas brânquias localizadas ao redor da sua cabeça, que servem para trocas gasosas.

Além da sua característica física notável, o axolote tem como principal característica a regeneração de algumas partes do seu corpo, como cauda, membros, espinha e até mesmo a recuperação de nervos e músculos.

Está classificada como criticamente ameaçada na escala de risco de extinção.

Salamandra Mexicana
Salamandra Mexicana

Curiosidades

  • Na Idade Média acreditava-se que as salamandras podiam renascer do fogo, esse mito surgiu devido ao fato de que elas se alojavam em tronco de árvores que quando submetidas ao calor do fogo saiam de forma abrupta e, quando isso ocorria, muitas pessoas buscavam o exorcismo, por achar que eram criaturas diabólicas e precisavam ser libertadas;
  • Foi encontrada na China, uma espécie de salamandra com cerca de 200 anos de idade, com 1,30 m de comprimento e 52 quilos;
  • Existe uma espécie de salamandra chamada salamandra-cega-do-texas, que é cega e vive somente em cavernas, seu corpo é sem pigmentação, possui brânquias externas e possui um focinho achatado o qual permite que a mesma fareje sobre as pedras das cavernas em busca de alimento;
  • São os únicos vertebrados capazes de se regenerar;
  • Possuem hábitos noturnos;
  • Elas podem se alimentar até mesmo de salamandras menores;
  • Existem mais ou menos 600 espécies de salamandras;
  • A grande maioria das espécies é encontrada no Hemisfério Norte;
  • As espécies encontradas na Amazônia são: Bolitoglossa tapajônica, Bolitoglossa altamazonica, Bolitoglossa caldwellae, Bolitoglossa paraenses e Bolitoglossa madeira;
Bolitoglossa tapajônica
Bolitoglossa tapajônica
  • Sua característica de regeneração pode ajudar as salamandras a se desvencilhar de predadores;
  • O tamanho da sua cabeça pode ser um ponto determinante para selecionar as suas presas e isso também pode ser decisivo na competição por comida com outras salamandras;
  • O menor tamanho de salamandra registrado até agora é da espécie Thorius Salamanders, encontrada no México, a qual media 4 centímetros;
  • Encontram o seu alimento com a combinação do uso de visão e olfato, tendo uma visão tricromática;
  • A temperatura do ambiente é determinante para a temperatura do corpo da salamandra;
  • Algumas espécies de salamandra possuem dentes;
  • São animais que vivem sós;
  • Apenas emitem sons quando querem espantar algum predador;
  • Suas cores mais comuns são preta, laranja, amarela e marrom, podendo muitas espécies apresentar a mistura dessas cores no seu corpo;
  • São animais bem antigos no nosso planeta, com fósseis encontrados de aproximadamente 160 milhões de anos;
  • Algumas espécies de salamandra possuem veneno, sendo a mais venenosa a salamandra-de-fogo (Salamandra salamandra).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *