Home / Curiosidades / Quanto Custa Um Lince Do Deserto? Quanto Tempo Vive?

Quanto Custa Um Lince Do Deserto? Quanto Tempo Vive?

Antes de começarmos este texto resolvemos trazer algumas informações importante logo “de cara”. Não é possível encontrar o caracal caracal (como é verdadeiramente chamado o lince do deserto) em nosso país. O seu habitat natural está muito longe de nós e consequentemente a espécie não é naturalmente encontrada aqui e por se tratar de um animal selvagem não há comércio para exportá-la para o nosso país de maneira legal. Entretanto, apesar destas considerações iniciais, vamos apresentar para você o caracat, um animal que você pode adquirir que é uma derivação do caracal, ou lince do deserto em um cruzamento com o gato abissínio.

Já adiantamos que é uma espécie extremamente cara, mas se você se encantou pelo lince do deserto é o mais próximo que você pode chegar de tê-lo como pet. Mas já destacamos também que é uma espécie rara, com pouco indivíduos atualmente e muito mais cara do que você pode ter inicialmente imaginado.

Lince Do Deserto
Lince Do Deserto 

O Preço De Um Caracat

O mais indicado para quem está procurando um animal de estimação, sem dúvida alguma é adotar um animal que vive em abrigos ou se encontra na rua. O que possibilita a ele a chance de ter uma família e ser verdadeiramente amado. Entretanto, se você não abre mão de ter um pet exótico e de raça, realmente não há outra alternativa se não fazer a compra do bichinho. O caracat é um animal carissímo sendo considerado a mais cara espécie de animal do mundo. Um exemplar de caracat pode custar em torno de oitenta mil reais. Isso mesmo, você não leu errado, o caracat pode custar algo em torno de oitenta mil reais.

O preço elevado deste animal se justifica pela quantidade de espécimes encontrados no mundo. Atualmente há cerca de apenas trinta exemplares de caracat. Sendo a espécie, resultado do cruzamento entre o felino lince do deserto que, na verdade, é o nome como o caracal ficou popularmente conhecido com o gato abissínio.

O cruzamento destes animais começou a ser feito em 2007 após casos em que o lince do deserto, que fora supostamente adquirido como animal de estimação, se tornara agressivo com seus tutores. Buscando a aparência e parte das características do lince do deserto cruzaram-no com outra espécie, o gato abissínio, afim de produzir uma espécie com similaridade com o lince do deserto, mas com personalidade mais amável, por assim dizer.

Histórico Do Caracal

Segundo a história nos conta, os faraós eram embalsamados juntos com seus linces do deserto que eram para eles queridos animais de estimação. Na China, este animal era dado como presente entre pessoas queridas. Entretanto, como comentamos anteriormente estes animais poderiam atacar seus donos e híbridos começaram a ser estudados.

A raça caracat surgiu na Rússia e de lá foi exportada para todo o mundo, sendo atualmente a maior produtora, por assim dizer, da espécie.

Mesmo com o eventual sucesso deste híbrido, o cruzamento entre estas espécies tem gerado uma movimentação por parte dos protetores animais uma vez que como o período de gestação entre ambas as espécies é muito distinto, pode ocorrer dos filhotes virem fatalmente a morrer ainda no útero da mãe. Além disso, o porte entre estes animais é muito discrepante, tendo o caracal praticamente o dobro, se não por vezes o triplo do tamanho do abissínio.

Vale destacarmos aqui, que o caracat é um híbrido, portanto pode desenvolver problemas de saúde ao longo de sua vida, desde problemas simples a quadros clínicos mais complexos.

A Raça De Origem

Como comentamos, o caracat é um híbrido entre o caracal, popularmente conhecido como lince do deserto com o gato abissínio. Vamos então conhecer um pouco sobre as características do lince do deserto?

O lince do deserto é um animal que se encontra atualmente em estado pouco preocupante em relação a sua conservação. É um felino carnívoro natural da África e também de parte da Ásia menor.

Embora sua aparência nos remeta a um lince, como é até mesmo mencionado, está mais próximo do serval do que de fato do lince. São animais de porte médio, podendo chegar a medir noventa centímetros de comprimento e pesar por volta de dezoito quilos. Sua aparência é esguia e exibe um corpo esbelto. Suas pernas são longas e a sua coloração é próximo de um tom de amarelo-queimado, avermelhado, ou ainda em tom de cinza, ou acinzentado.

Quando criado em liberdade de maneira selvagem pode chegar a viver doze anos, em cativeiro a sua expectativa de vida sobe para cerca de dezessete anos.

Mesmo que apresente eventualmente um comportamento agressivo contra seus donos, é um animal considerado de fácil domesticação, salvo alguns acidentes. Na Índia e no Irã inclusive são utilizados para caçar animais para seus donos.

A alimentação do lince do deserto é composta principalmente pelo consumo de roedores, aves e lebres. Mas também pode acabar consumindo gazelas, pequenos antílopes e até mesmo avestruzes em idade juvenil. Curiosamente os linces do deserto possuem a incrível capacidade de abaterem um pássaro em pleno voo apenas com o bater de uma de suas patas.

O Gato Abissínio

Como apresentamos um pouco sobre o lince do deserto nada mais justo do que apresentar o outro lado deste cruzamento, o gato abissínio. Esta espécie é muito particular e apresenta características muito pertinentes.

São de origem egípcia e são de porte pequeno. Pode chegar a pesar sete quilos, mas costumeiramente ficam bem abaixo disso, próximo dos quatro quilos. O seu nome, abissínio, advém do nome de um império onde se creditou o surgimento da espécie. Entretanto, de acordo com estudos, a espécie teria surgido na costa do Egito. O império de Abissínio fica localizado no que hoje conhecemos como a Etiópia.

Em relação as suas características, são animais tidos como tímidos, discretos e donos de um miado extremamente baixo e delicado, que nos remete ao som de um pequeno sino. Em relação às condições físicas, são animais com as orelhas grandes, largas, de pontas arredondadas levemente pontiagudas e bem espaçadas. Seus olhos são grandes e em um particular tom amarronzado. Em relação ao seu comportamento é um gato muito brincalhão e esperto, sendo apegado extremamente ao seu dono. Todavia, esta devoção é apenas destinada a ele. Além disso, são animais que precisam de espaço e atividade física para se manterem saudáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *