Home / Curiosidades / Qual Planta Espanta a Mosca Varejeira?

Qual Planta Espanta a Mosca Varejeira?

Com certeza você sabe sobre diversas utilidades das plantas, mas você sabia que elas também podem funcionar como um repelente natural?

Você já pode ter observado que alguns repelentes que estão nas prateleiras dos mercados e farmácias possuem plantas na composição, e adicionando elas a sua horta você pode ter a vantagem de manter os insetos longe da sua casa naturalmente, além de poder usufruir de todos os outros benefícios medicinais das plantas e da beleza que elas trazem para casa.

Gostou da ideia? Então entenda quais são as plantas que você precisa ter para se proteger:

1 – Citronela

Ela está em diversas fórmulas de repelentes que achamos nos mercados. E quando faz parte do seu jardim, ela auxilia no combate a mosquitos, pernilongos, moscas e formigas.

O óleo de citronela é muito conhecido, e é um óleo essencial obtido das folhas e caules de diferentes espécies de Cymbopogon (capim-limão). O óleo é amplamente utilizado como fonte de produtos químicos de perfumaria, como citronelal , citronelol e geraniol . Esses produtos químicos encontram uso extensivo nas indústrias de sabão, velas e incenso , perfumaria, cosméticos e aromas em todo o mundo. A citronela é muito conhecida devido seu poder de repelir insetos. O óleo de citronela é uma espécie de biopesticida com um modo de ação não tóxico.

A citronela também possui fortes propriedades antifúngicas, e é eficaz para desencorajar latidos incômodos em cães quando utilizado como spray. [7]

A forma ideal de plantá-la é posicionando a planta no caminho do vento, para que o aroma seja espalhado e para que a ação da Citronela tenha mais eficácia no jardim e pela casa. Com certeza, é uma planta aliada da saúde. 

Citronela
Citronela

2 – Manjericão

O manjericão é uma erva da família da hortelã. Acrescenta sabor às refeições e seus nutrientes podem proporcionar benefícios à saúde.

O manjericão doce ( Ocimum basilicum ) desempenha um papel importante em muitas cozinhas mediterrâneas e particularmente italianas. Ele forma a base do pesto e adiciona um sabor distinto a saladas, massas, pizzas e outros pratos. Culinária indonésia, tailandesa e vietnamita também apresentam esta erva.

Além de ser um ótimo aliado para receitas e molhos, o manjericão também possui ação repelente. Ele funciona no jardim, na hortinha da cozinha, e também pode virar uma solução líquida. Para isso: Pegue as folhas e prepare um chá com elas, utilizando em média 130 ml de água, e em seguida coe. Após isso, adicione em torno de 130 ml de vodka. Coloque em um borrifador e borrife nas plantas e nos locais desejados. 

Manjericão
Manjericão

3 – Lavanda

Acredita-se que o óleo de lavanda tenha propriedades anti-sépticas e anti-inflamatórias, que podem ajudar a curar pequenas queimaduras e picadas de insetos. Pesquisas sugerem que pode ser útil no tratamento de ansiedade, insônia , depressão e inquietação.

Alguns estudos sugerem que consumir lavanda como chá pode ajudar a problemas digestivos , como vômitos, náuseas, gases intestinais, dores de estômago e inchaço abdominal. Além de ajudar com problemas digestivos, a lavanda é usada para ajudar a aliviar a dor de cabeça , entorse, dor de dente e ferida. Também pode ser usado para evitar queda de cabelo, atenuar sintomas emocionais da tpm, entre outras diversas funções.

A lavanda também é cultivada para a produção de seu óleo essencial, proveniente da destilação dos espigas de flores de certas espécies de lavanda.

É uma planta linda que pode ser utilizada até como decoração. Suas flores são admiradas por muitas pessoas, e além da beleza, do aroma e de todas essas funções, ela pode proteger o seu lar e jardim contra os insetos, pernilongos, moscas varejeiras, mosquitos e afins. Ter uma lavanda em casa aparentemente só trará benefícios.

O óleo essencial de lavanda, em contraste com a forma da planta, é tóxico quando ingerido.

Lavanda
Lavanda

4 – Alecrim

O alecrim é uma erva perene perfumada nativa do Mediterrâneo. É usado como condimento culinário, para fazer perfumes corporais e por seus potenciais benefícios à saúde.

O alecrim é um membro da família Lamiaceae de menta , juntamente com muitas outras ervas, como orégano, tomilho, manjericão e lavanda. A erva é aclamada desde os tempos antigos por suas propriedades medicinais. O alecrim era tradicionalmente usado para ajudar a aliviar a dor muscular, melhorar a memória, aumentar o sistema imunológico e circulatório e promover o crescimento do cabelo

Além de ser mais um componente maravilhoso para as receitas e aventuras gastronômicas, o alecrim também espanta mosquitos, moscas, e pode ser colocado nos lugares onde você não deseja a presença de gatos.

Alecrim
Alecrim

5 – Crisântemo

Os crisântemos pertencem à família Asteraceae (Compositae), que é uma das maiores famílias de plantas com mais de 1.000 gêneros e cerca de 20.000 espécies. O crisântemo foi trazido ao Japão pelos monges budistas em 400 dC. Os imperadores japoneses amavam tanto a flor do crisântemo que sentavam-se nos tronos do crisântemo. Ainda hoje, várias cidades japonesas realizam espetaculares exposições anuais de crisântemo.

O chá com sabor de crisântemo é muito popular e é usado como relaxante.

Essa linda planta repele moscas, mosquitos, e até mesmo baratas e besouros. Uma ótima aliada para manter no seu jardim e essa planta pode, inclusive, ser esfregada na pele, para manter longe os insetos indesejados. 

Piretrinas e piretróides são derivados de flores de crisântemo, e há muitos produtos químicos feitos com o crisântemo para inibir a presença de pragas e insetos indesejados.

Crisântemo
Crisântemo

Enfim, ter uma hortinha em casa é uma ótima ideia, pois você terá os benefícios da decoração, dos temperos, dos aromas, da beleza e da proteção contra moscas varejeiras, pernilongos, e diversos insetos e situações. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *