Home / Curiosidades / Qual O Tamanho De Uma Gaiola Para Porquinho Da Índia?

Qual O Tamanho De Uma Gaiola Para Porquinho Da Índia?

Acabou de ganhar, adotar ou comprar um porquinho da Índia e quer garantir que o animal se sinta totalmente atendido em suas necessidades básicas? Uma das principais dúvidas de tutores de primeira viagem e que acaba sendo um erro cometido por outros mais experientes é quanto a gaiola em que o animal deverá ficar. Qual o tamanho indicado? Como deve ser a sua manutenção? Se você também está com essas e outras dúvidas vêm com a gente que vamos te ajudar a dar tudo o que o seu novo amiguinho precisa para se manter feliz, ativo e saudável.

Gaiola Para Porquinho Da Índia
Gaiola Para Porquinho Da Índia

A Gaiola De Um Porquinho Da Índia

O seu amiguinho acabou de chegar em casa e precisa de um cantinho, não é mesmo? A gaiola de um porquinho da Índia deve ter pelo menos um metro quadrado. Você pode pensar em um primeiro momento que este tamanho é grande uma vez que são animais de pequeno porte, por vezes não chegando nem a trinta centímetros, de fato são animais pequenos, mas precisam de espaço para se locomover e sua gaiola deve conter algumas coisas que te farão entender a necessidade de espaço.

A primeira coisa em sua gaiola deve ser o bebedouro e o comedouro que devem passar por um processo de higienização regular. Além de ambos, o animal deve ter um espaço para que possa entrar e se esconder dos curiosos (isso evita que o animal se sinta estressado com os olhos atentos de curiosos e de outros pets). No caso deste artigo para se esconder pode ser disposto um cano ou uma casinha para o bichinho.

É necessário que o seu porquinho tenha espaço para se exercitar, embora não sejam animais lá muito ativos. Por falarmos em exercício, como bons roedores você precisará dispor em sua gaiola, brinquedos para que ele possa morder e consequentemente desgastar os seus dentes que nunca param de crescer. Viu? Estas coisas não podem ficar amontoadas na gaiola e além da disposição adequada de cada uma dela, o animal ainda precisa de espaço para poder se locomover.

No caso de um cercadinho você pode colocá-lo em uma parte da casa, mas você também pode optar por uma gaiola que atenda a todas as necessidades do seu bichinho. Quanto a forragem a mesma pode ser feita a partir da colocação de serragem ou de jornal velho. Somente atenção quanto a periodicidade de troca. Troque a serragem ou o jornal a cada três dias para evitar acumulo de fezes e mau cheiro.

Os porquinhos da Índia não são animais muito exigentes, mas é preciso respeitar a necessidade de uma gaiola espaçosa, abrigada do calor e do frio excessivo, visto que estes animais não terão autonomia para mudar de local sozinhos como gatos ou cachorros.

Alimentação Para Um Porquinho Da Índia

Caso você seja inexperiente no trato com o porquinho da Índia resolvemos trazer algumas dicas quanto a sua alimentação. Caso você seja já mais experimente mencionamos aqui alimentos que você não deve dar para o seu animal, visto que poderá acarretar sérios problemas em sua saúde.

A alimentação do porquinho da Índia pode ser composta pela administração de ração adequada para a espécie, frutas e verduras frescas assim como feno. A ração deve ser uma opção para quem precisa de um auxílio na elaboração de um cardápio, por assim dizer, que forneça todos os nutrientes de que o animal precisa, atuando como uma base riquíssima para você não se preocupar demasiadamente com o que o seu porquinho está ingerindo. Devido à grande responsabilidade da ração para a saúde do bichinho a escolha deve priorizar a qualidade.

O feno pode ser administrado diariamente em pequenas quantidades e é também excelente para manter o seu pequeno saudável, mas não se esqueça das frutas e vegetais que comentamos anteriormente. Como bons herbívoros, a variedade de frutas e verduras que eles podem consumir é grande, podendo ser dado ao porquinho pepino, beterraba, espinafre, acelga, alface, brócolis, melão, uva, dentre inúmeras opções. Entretanto, apesar de ser algo natural, não recomendamos que você dê milho para o seu pet uma vez que é um alimento muito calórico e que pode causar reações alérgicas. Sim, há porquinhos da Índia que assim como nós seres humanos possuem alergia a alguns alimentos. Além do milho nunca dê, em hipótese alguma, alimentos de origem animal. Estes animais não possuem um sistema digestivo próprio para digerir este tipo de alimentos.

Gaiola De Um Porquinho Da Índia
Gaiola De Um Porquinho Da Índia

Gestação Do Porquinho Da Índia E Informações Curiosas

Uma coisa muito curiosa em relação ao processo reprodutivo desta espécie diz respeito ao cio da fêmea. Após o parto, no qual a fêmea pode dar à luz a em média a dois ou três filhotes, mas que não raramente pode chegar a oito, passam-se apenas seis a oito horas para que a porquinha fêmea volte a entrar no cio. Por isso inclusive, criadores devem separar o casal neste momento para evitar uma gravidez subsequente.

A gestação do porquinho da Índia dura em média sessenta e cinco dias, mas pode ocorrer o nascimento com dois meses de gestação ou por volta do septuagésimo quinto dia. Neste momento em que a fêmea está grávida ela necessita de cuidados especiais por parte de seu tutor. Dentre estes cuidados está a atenção redobrada quanto a oferta de água para o animal que passa a consumi-la ainda mais e a mesma não pode faltar. Outra preocupação é quanto ao fornecimento de cálcio e vitamina C indispensáveis neste período para evitar problemas durante a gestação. Invista em alimentos ricos em ambos os nutrientes como o brócolis e o espinafre, por exemplo.

Não Tem Nada Da Índia

Se você é um apreciador da espécie, mas não é um conhecedor com muito afinco possivelmente não deve imaginar que o nome do porquinho da Índia é, na verdade uma fraude. Nós podemos explicar, e comprovar isso. Estes animais, embora recebam o nome Índia, eles são originários da América do Sul, não tendo nenhuma relação com a Índia. Um segundo ponto que não tem nada a ver com estes animais é o seu primeiro nome “porquinho”. Eles não possuem nenhum parentesco com os porcos que conhecemos sendo parentes dos coelhos e dos hamsters unicamente. Talvez a única semelhança que consigamos estabelecer diz respeito a sujeira que fazem, que não é pouca não aliás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *