Home / Curiosidades / Qual o Perigo da Cobra Caninana? Ela é Venenosa?

Qual o Perigo da Cobra Caninana? Ela é Venenosa?

Ouvir a mera menção da palavra cobra ou serpente ainda causa muita aversão e medo. A sua imagem tem sido deturbada de várias formas e se tornando bem negativa ao longo dos séculos. Não é para menos, existem várias espécies capazes de causar a morte ou debilitar seriamente um ser humano, exemplos disso, são a conhecida cascavel, a jararaca e a cobra-coral verdadeira, entre outras. Estes seres de aspecto pré-histórico, ameaçador e rastejantes também tem grande importância para o meio ambiente e seu equilíbrio, como para a medicina contemporânea.

A cobra chamada popularmente de caninana, também é conhecida por araboia e jacaninã, além de outros nomes, variando bastante dependendo da região. Ela é principalmente temida por ser umas das cobras mais rápidas do mundo, por ser muito ágil e por ter como cardápio composto de animais muito maiores que ela mesma.

Características da Cobra Caninana:

A serpente caninana, da classe Reptilia, de ordem Squamata e família Colubridae, é denominada cientificamente como Spilotes pullatus. De hábito diurno, arborícola e terrestre, a cobra caninana se distribui, em suas várias subespécies, desde a América do Sul até a América central, em regiões de cerrado e Mata atlântica, principalmente, locais estes de clima ameno e com várias possibilidades de esconderijo para ela. Na Venezuela a caninana é conhecida como Tigra cazadora, já na Costa Rica é denominada como Mica e em outros lugares é chamada como Serpiente tigre, Serpiente voladora e/ou Chichicúa.

A cobra caninana é uma das maiores cobras da subfamília Colubridae na América do Sul, possuindo uma coloração por muitos admirada, em tons de preto, com faixas e manchas amarelas, favorável para se misturar ao meio ambiente, de floresta, em que ele se encontra. Ela pode chegar a medir 3 metros de comprimento. Sua alimentação é bastante variada, podendo comer animais até 20 vezes maiores que ela. O seu cardápio consiste de ratos, preás (pequeno roedor), cuícas (pequeno marsupial), aves adultas e seus filhotes (predados nos ninhos), rãs, lagartos, morcegos, cobras menores entre outros vertebrados. No geral, assim como as outras cobras, devora seu alimento ainda inteiro, para em seguida digeri-lo através dos ácidos presentes em seu sistema digestório, preferindo animais ainda vivo e com sangue fresco, mas já foi vista se alimentando de seres mortos e seus restos, eliminando por fim, pelas fezes, o que não foi aproveitado, pela cloaca.

Cobra Caninana
Cobra Caninana

Sua reprodução é ovípara, podendo pôr em média 8 ovos, geralmente na estação da primavera. O período de incubação é em torno de 73 dias e após este período os seus filhotes eclodem de seus ovos para começar suas jornadas, prontos para sua primeira caça. , que acontece durante o verão, estação de bastante chuva. A fêmea não choca seus ovos, apenas escolhe um lugar bem protegido, longe de sua casa, põe os ovos e por fim, segue seu caminho, deixando-os se desenvolver sozinhos, a mercê de todo tipo de situação, inclusive tornando-os presas fáceis para predadores, como outras cobras vivendo na região.

A serpente caninana é conhecida por ser rápida, ágil e bastante agressiva quando se sente ameaçada, tendo como característica própria a capacidade de inflar a região atrás da cabeça, como forma de intimidar seu suposto predador e caso não o mesmo não se afaste, ela arma o bote. A cobra em questão não é considerada peçonhenta, ou seja, apesar de apresentar dentição bem afiada, não possui aparelho inoculador de peçonha, ela é classificada como sendo uma serpente áglifa. Sua mordida, porém, é bastante dolorosa e como qualquer ferimento, causa sangramento, dor, vermelhidão, edema local, e possibilidade de infecção secundária devido as bactérias presentes em sua boca. Ela tem a tendência de que quando, não consegue “fugir da briga”, ao atacar, procura o pescoço para realizar um enforcamento rápido e no geral, é bem precisa. Sua agilidade é impressionante, pois consegue alcançar uma distância de um metro em milésimos de segundos, pulando somente quando tem certeza, lhe proporcionando a habilidade de capturar com precisão absoluta, animais mais rápidos, como aves e roedores.

O perigo que ela trás para os seres humanos e até para os nossos animais de estimação é devido principalmente a sua agressividade e possibilidade de ela armar um bote e causar algum ferimento sério, porém ela prefere passar despercebida, rastejando entre as folhagens e florestas mais densas, e no geral não é encontrada em cidades grandes.

Cobra Caninana Características
Cobra Caninana Características

Portanto, caso veja uma andando por seu jardim, ou gramado é melhor manter bastante distância. E se resolver passear e se aventurar por nossas matas, previna-se! No geral, é importante respeitarmos sua perigosa aparência majestosa e capacidades e deixa-la seguir seu caminho tranquilamente. A cobra caninana é relativamente territorial, preferindo a solidão e tranquilidade, por isso, muitas vezes opta por locais bem protegidos, geralmente vivendo em tocas, longe de aves maiores que ela, tendo a tendência também, a eliminar possíveis concorrentes, como outras cobras, inclusive seus próprios filhotes, escolhendo pô-los em uma área mais distante de sua casa.

Cobras são seres para serem respeitadas, assim como todos os outros animais. Mesmo elas podendo ser consideradas tranquilas e “sociáveis”, o que é bem raro, a não ser que foram socializadas desde filhotes. É preciso tomar cuidado e ter um temor respeitável quanto as suas habilidades naturais. As cobras caninanas, de uma forma ampla, se adaptam facilmente a novos ambientes, tendo a capacidade de se alimentar inclusive de restos de outros animais, se for necessário, sempre se movendo de forma rápida, ágil e rasteira, inclusive quando se sente ameaçada, não recuando e estando a postos para uma possível disputa. Assim como a maioria dos animais, inclusive os nosso animais de companhia, locais de tranquilidade são prioridade para está espécie , portanto evita contato com humanos. E é por este motivo que dificilmente é vista em grandes cidades, sendo encontrada somente em situações particulares, como falta de alimento prioritário, no caso, animais de seu cardápio vivos, destruição de seu hábitat, devido a desmatamento entre outras possíveis causas.

Por fim, o importante para que não se torne um perigo para nos seres humanos é mantermos distância e caso seja atacado, procure sempre uma unidade de saúde para que possa cuidar de seu ferimento da melhor forma, mantendo em mente que não a cobra caninana não é peçonhenta.

Referências:

  1. https://www.rufford.org/files/Guia%20de%20Identi%EF%AC%81ca%C3%A7%C3%A3o%20de%20Serpentes%20do%20Bairro%20Guapiruvu,%20Brasil_0.pdf
  2. https://animais.culturamix.com/informacoes/repteis/serpente-caninana-habitos-alimentacao-e-curiosidades
  3. http://www.vitalbrazil.rj.gov.br/cobras_nao_venenosas.html
  4. http://www.ra-bugio.org.br/ver_especie.php?id=11
  5. https://www.ufrgs.br/faunadigitalrs/caninana-spilotes-pullatus/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *