Home / Curiosidades / Qual é o Predador Natural da Onça Pintada?

Qual é o Predador Natural da Onça Pintada?

Você já ouviu falar da onça-pintada, certo? Também conhecida como jaguar, ele é o maior felino das Américas e o terceiro maior de todo o mundo, ficando atrás apenas dos tigres e dos leões.

É também um predador nato, ocupando o topo da cadeia alimentar. Devido a isso, nos perguntamos: será que a onça tem um predador natural? Antes de sabermos se ele existe, vamos conhecer melhor esse bicho. 

Ele é do tipo carnívoro e vertebrado – possui coluna -. Faz parte da família felidae. Cientificamente é conhecido como Panthera onca. 

Este indivíduo é dotado de uma função ecológica muito importante: por ser um predador, auxilia no controle e no equilíbrio das populações dos animais que caça. E, infelizmente, está na lista dos bichos mais ameaçados de extinção. 

Onça Pintada
Onça Pintada 

Qual é o predador natural da onça pintada?

Sendo o maior felino das Américas e o terceiro maior do mundo, que criatura teria coragem de caça-lá? Bom, nenhum de quatro patas, pelo menos. O homem é o principal predador da onça pintada. Isso acontece devido a beleza do bicho, que possui uma pele chamativa. Outro motivo pelo qual ela é caçada pelo ser humano é porque costuma atacar o gado de fazendas e, para defender o rebanho, o fazendeiro acaba executando o indivíduo.

Apesar disso, ela não costuma atacar homens, a não ser quando está protegendo um filhote ou mesmo uma presa. Nestes casos ela irá investir no predador utilizando sua potente mandíbula e suas garras. O desmatamento de fazendeiros para plantações também é uma ameaça ao felino. 

Homem e onça pintada
Homem e onça pintada

Hábitos da onça-pintada 

Como a maioria da sua espécie, este possui hábitos noturnos, normalmente saindo está hora para caçar. O que quer dizer que ele dorme durante o dia, próximo de rios ou nas árvores. Imagina esse “bichinho pequeno” dormindo em cima de um galho?! 

É um exímio nadador e pode passar muitas horas na água. 

Costuma se lamber para limpar seus pelos, por isso é comum vê-lo fazendo o mesmo em outros indivíduos. 

Quando chega na fase adulta, costuma virar um ser solitário. Bem diferente do seu parente de comprimento, o leão. 

É bastante territorial, demarcando seu local com urina, fezes e marcas feitas com sua garra, principalmente, nas árvores. 

Habitat 

Habita geralmente florestas densas. Sendo assim, está espalhada em territórios da América do Sul, Norte e Central. 

Na natureza conseguem chegar aos 15 anos de idade, isso quando não é caçada, é claro. Em cativeiro, esse número aumenta em 10 anos, ou seja, alcança os 25 anos. 

Características do corpo 

A onça-pintada tem dentes fortes e afiados, capazes de triturar alimentos crus – estado que consome suas presas -. Detém também uma mandíbula super potente e alongada. Aliás, sua mordida é considerada uma das mais fortes do reino animal. Em função disso, costuma atacar regiões como a cabeça e o pescoço da sua caça, que morre na hora em decorrência de lesões cerebrais ou sufocamento, tamanho é a força da sua dentição. 

Um bicho de quatro patas – quadrúpede -, tendo o corpo adaptado para realizar grandes saltos, o que facilita na hora de capturar suas presas. Outro fator que a faz ser uma exímia caçadora é a sua velocidade, além de conseguir se aproximar da “comida” em silêncio. Quando localiza a presa, se esconde e vai chegando perto do bicho, até que realiza o ataque. 

É possível observar dimorfismo sexual na espécie, com os machos sendo maiores que as fêmeas. 

O felino possui 4 “dedos” nas patas traseiras e cinco nas dianteiras. Além de garras grandes, retráteis e afiadas, fazendo com que ela agarre a alimento com mais precisão. 

Como é possível observar na grande maioria dos animais carnívoros, ela dispõe de olfato e audição bem desenvolvidos. E, não obstante, enxerga muito bem também, sobretudo, a noite. Permitido que ela cace e se proteja de outros animais no escuro. 

Tem um estômago em formato arredondado e uma grande quantidade de ácido clorídrico, responsável por digerir a carne que come. Apresenta uma língua áspera – como todo felino -, está facilita o consumo da comida que fica grudada no osso. 

Chama atenção devido as pintas, chamadas de rosetas, que cobrem o seu corpo. 

Onça Pintada
Onça Pintada

Alimentação 

Como já dito anteriormente, a onça-pintada é um animal carnívoro, se alimenta de outros bichos, normalmente menores que ela, e menos ágeis também. 

Como capivaras, veados, antas, tatus, jacarés, cobras, macacos, tamanduás, peixes, porco-selvagem e uma variedade de pássaros. 

Por preferir bichos de pequeno e médio-porte, a onça-pintada é considerada uma caçadora oportunista, além de predar qualquer indivíduo que esteja disponível. 

Algumas espécies, além de carnívoras, são também onívoras, ou seja, consome também raízes, frutos, insetos, sementes, entre outras coisas. 

Reprodução 

É um mamífero, com o torso coberto de pelos e realiza respiração pulmonar. As fêmeas começam a acasalar aos dois anos de idade, já os machos iniciam esse processo um ano depois, no terceiro ano de vida. 

O cópula começa com o parceiro encontrando a onça por meio de um odor e por sons que emitem nesta época. Elas podem acasalar o ano todo. 

Sua gestação dura cerca de 90 dias, com cada ninhada proporcionando de um a quatro filhotes. Infelizmente somente um deles chegará a vida adulta. Estes nascem cegos, sendo totalmente dependentes da mãe nos primeiros dias de vida. Eles só começam a enxergar duas semanas após seu nascimento. 

Os bebês mamam por cerca de 3 meses nas mamas da mãe onça. É também com progenitora que eles aprendem a caçar. Quando chegam à fase adulta, vão viver sozinhos, marcando seu território. 

Onça Pintada
Onça Pintada

Algumas curiosidades sobre a onça- pintada

  • Palavra Jaguar (Yaguar) é um termo nativo americano que significa matador. 
  • A onça-pintada pode chegar aos 135 quilos e 76 centímetros de altura. Em comprimentos, chega  a 1,8 metros. 
  • Existe uma espécie chamada de onça-preta e ela é muito rara. Também apresenta as famosas pintas comum no animal, mas por ter um corpo preto, estas ficam escondidas. 
  • Está extinta na região do Pampa. Estando na lista de bichos que estão sumindo junto com a arara azul, mico-leão-dourado, tamanduá-bandeira, lobo-guará e a ariranha. 
  • Sua morte pela caça é considerado um crime ambiental. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *